Projeto Jardim Do Éden

Projeto Jardim Do Éden
A Associação Qabalista Mundial – Gará Kulam Moshav, na voz do seu fundador e presidente Misha´El Yehuda ben Yisrael, lançou, em 2006, o “Projeto Jardim do Éden” cuja intenção era conseguir a doação, empréstimo ou mesmo arrecadar fundos para a compra de um Sitio ou Chácara onde será instalada a sede da sua Comunidade Mística, o Centro Brasileiro de Estudos da Qabalá. Clique na imagem, conheça o projeto e faça uma doação.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quarta-feira, 25 de julho de 2018

A Reencarnação Do Anjo Raziel


25 de julho, 1572 - Ano bissexto, ducentésimo sétimo dia no ano juliano, há 446 anos, se ocultava desse mundo a alma do Rabino Yitzchaq Lúria, conhecido como "Ha'Ari (האר"י)" titulo construído pela roshei teivot (iniciais) de "Ha'Elohêi Rabbi Yitzchaq (O Divino Rabino Yitzchaq)".

O dia 25 de julho naquele ano, foi o 207º dia no ano bissexto 1972. Duzentos e sete contém a gematria (numerologia cabalística) da palavra "Raz (רָז)" e que significa "mistério divino".

Depois do ocultamento da sua alma. o Ari passou a ser chamado de "Ari'z'l (אריז"ל)" tendo as letras "Zayin (ז)" e "Lamed (ל)" acrescidas ao seu título e que são as iniciais de "Zichronô Livrachá" que se traduz "abençoada sua memória" e assim revelando a verdadeira identidade da sua alma divina.

O Ari'z'l, assim como Mohsê, nosso mestre , o pai de todos os profetas, tinha apenas a metade da sua alma humana, a outra metade era parte da alma do Anjo Raziel, o professor de Adam ha'Rishon (o primeiro Adão) no Jardim do Éden e como o próprio Ari'z'l revelou, ele não tinha necessidade alguma de vir ao mundo, mas o fez unicamente para ensinar o Rabino Chaim Vital e esta era a sua única missão. E por que? Porque o Rabino Chaim Vital era uma reencarnação de Adam ha'Rishon, de uma parte da alma de Adão que não havia sido manchada pelo pecado e ele estava destinado a alcançar a consciência espiritual que Adão possuía no Éden e por estava razão, o próprio Anjo Raziel veio para instruí-lo.

Todas as palavras e nomes hebraicos podem ser permutados para revelar os seus segredos. Uma palavra de duas letras pode ser permutava duas vezes, uma de três pode ser permutada seis vezes e uma de quatro pode ser permutada doze vezes.

Quando, por exemplo, a Torah diz "E colocarão meu Nome sobre os Filhos de Israel...(Benção Sacerdotal)" o Zôhar revela que este Nome é o Nome de Doze Letras, em parte devido ao Tetragrammaton ser mencionado três vezes na benção e, como o Nome possui quatro letras, isso resulta em doze, e também porque o Nome pode ser permutado doze vezes.

Estranhamente o título "Ari'z'l (אריז"ל)" só pode ser permutado uma única vez e, quando permutado, ele se transforma em "Raziel (רָזִיאֵל)" o Anjo de Chochmá, o encarregado dos mistérios divinos abaixo de Metatron, o professor de Adão no Jardim do Éden e, portanto, não poderia ser em outro dia no qual, a alma deste anjo sagrado escolhesse para retornar aos céus que não o dia 207 que somente pode ser representado pelas letras "Reish (ר)" e "Zayin (ז)" e que juntas formam a palavra "Raz (רָז)" cujo significado, como já exposto acima, é "Mistério Divino".

Para concluir esta maravilhosa revelação da sabedoria, há, ainda, outro segredo perfeito e que atesta perfeitamente este "satori" divino e que está no sobrenome Lúria (לוּרְיָא). Quando aplicamos a Temurá Avgad na letra "Vav (וּ)" de Lúria, ela é transformada na letra "Zayin (ז)" e então, quando fazemos o Tzeruf de Lúria ele se transforma em Arizal e Raziel.

Nosso mestre, o Rabbi Yitzchaq Lúria, o Ari'z'l, era uma encarnação do Anjo Raziel, o professor de Adam ha'Rishon no Jardim do Éden, abençoada seja sua lembrança.

E quem poderia revelar tais mistério divinos e maravilhosos se não o próprio Ari'z'l, a encarnação do Anjo Raziel e, poderia haver algum outro dia no qual este segredo, novamente, pudesse ser escrito e revelado que não o dia 207? 

Autor
Bën Mähren Qadësh
"Misha'Ël Ha'Levi"

terça-feira, 24 de julho de 2018

Trazendo De Volta A Alma De Jonas


Fazendo Emergir A Alma Do Profeta Jonas 

Então, Chaim Vital, jaz à morte, conseguiu se arrastar daquele túmulo no qual o espírito maligno o havia lançado até a casa do mestre, o Sagrado Leão de Safed e, com o que lhe restava de força, bateu-lhe à porta suspirando por seu auxilio. O Leão o tomou e o colocou na cama e saiu para invocar o Santo, bendito seja Ele. Depois de algum tempo, ele voltou e estendeu-se sobre o corpo de Vital, mãos com mãos, pés com pés e sua boca sobre a boca dele e novamente se levantou e saiu.

Depois de algum tempo dedicado novamente às preces, ele voltou e se estendeu novamente sobre o corpo de Chaim Vital, cuja alma pendia no poço obscuro envolta em trevas e lançada à depressão e, mais uma vez, se levando e saiu com preces emanando de seus lábios sagrados para, depois, novamente e pela última vez, deitar-se sobre o corpo de seu querido aluno que jazia quase morto sobre a cama.

Era manhã quando o Arizal encontrou Vital à sua porta suspirando seus últimos fôlegos de vida. Por volta do meio dia, depois que ele se deitou sobre seu aluno por três vezes, a anima de Vital se libertou do poço profundo onde fora lançada por aquele espírito que o havia possuído e começou a retornar ao seu corpo e, quando seu corpo já havia ganhado alguma força, Vital abriu os lábios e recitou "Baruch atá Adoshem, mechayêh ha'metim (Bendito sejas Tu, ó Altíssimo, que ressuscitas os mortos)".

Isso aconteceu com Vital para que a alma de Jonas, o profeta, que estava anexada à sua alma emergisse como no passado, conforme foi escrito: "Então se estendeu Elias sobre o menino três vezes, e clamou a Adonair, e disse: Ó Adonai meu Elohê, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele (1 Reis 17:21)".

Aquele menino, o filho da mulher de Shunem era Jonas e que, mais tarde se tornaria o Profeta enviado a Nínivêh para conduzi-la à teshuváh (retorno à Torah). Assim, o Arizal, que em seu seio repousava o Profeta Elias, ressuscitou novamente a Jonas, trazendo-o de volta à vida. Era o ano de 1572.

Esta compreensão profunda e este maravilhoso mistério me foram revelados ontem enquanto eu traduzia e estudava os escritos do Rabino Chaim Vital, abençoada seja sua lembrança, e eu sei que foi a alma do meu mestre que soprou esta compreensão aos ouvidos da minha amina. Bendito seja o meu santo professor.

Quando Elias se deitou sobre o menino, o filho da shunamita, os 72 Nomes Sagrados impressos na sua alma saíram e mergulharam pela boca da criança e assim por mais duas vezes somando o total das 216 letras do Nome sagrado que pode retirar do poço das almas as centelhas caídas lá e, por isso, os sábios dizem que este nome é capaz de ressuscitar os mortos, pois a alma de uma pessoa caída no poço das almas está como morta, pois o poço é chamado de morte.

Assim também o Arizal fez com que as 216 letras do Nome Sagrado fluíssem do seu copro vindas da alma de Elias e mergulhassem pela boca de Chaim Vital, quebrando as torrentes da morte e libertando sua alma que é também a alma de Jonas, do poço da morte e o trazendo de volta à vida. 

Autor
Bën Mähren Qadësh
Deepak Sankara Veda​

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Diante Da Sarça Ardente


A marca d'água do deveiqut (aderência total ao divino) é a revelação de profundos mistérios que ainda não haviam sido desvelados. Muitos podem bater no próprio peito se proclamando qabalistas, mas os verdadeiros são os que revelam os mistérios que antes não haviam sido abertos, segredos divinos que lhes foram revelados diretamente pelos lábios do Escriba Divino, o Anjo Metatron através de Raziel, o professor de Adão no Jardim do Éden.

Nesta manha, dia 9 de julho de 2018, eu me encontrei, novamente, diante da Sarça Ardente e ouvindo as palavras destiladas dos lábios angélicos de Metatron e ele me revelou um profundo segredo sobre a própria Sarça Ardente e os nomes dos meus Mestres no mesmo passuq (versículo) do Êxodo capítulo 3, versículo 6:

"Disse mais: Eu sou o Elohei de teu pai, o Elohei de Abraão, o Elohei de Isaque, e o Elohei de Jacó. E Moisés ocultou o seu rosto, porque temeu olhar para Elohim.

וַיֹּאמֶר, אָנֹכִי אֱלֹהֵי אָבִיךָ, אֱלֹהֵי אַבְרָהָם אֱלֹהֵי יִצְחָק, וֵאלֹהֵי יַעֲקֹב; וַיַּסְתֵּר מֹשֶׁה, פָּנָיו, כִּי יָרֵא, מֵהַבִּיט אֶל-הָאֱלֹהִים.

Shemot 3:6

ROSHEI TEIVOT

Primeiramente vou revelar o que me foi dito sobre a própria Sarça Ardente que em hebraico é "Senêh (סְּנֶה). Eis aqui o mistério: As letras de Senêh (סְּנֶה)" são as iniciais de "SOD NISTAR HA'ELOHIM (סוֹד נִסְתָּר הָאֱלֹהִים)" que se traduz como "Segredo Escondido De "D'us" e também "SOD NISTAR HA'TORÁH (סוֹד נִסְתָּר הָתּוֹרָה). Veja abaixo com as letras iniciais marcadas em vermelho.

סוֹד נִסְתָּר הָאֱלֹהִים
סוֹד נִסְתָּר הָתּוֹרָה

Nosso mestre Moshê encontrou o Anjo Metatron, o Sar ha'Panim (Anjo da Face) no meio do Arbusto em chamas, uma visão da Árvore das Vidas e o Príncipe da Face lhe revelou mistérios. Nós sabemos que Moshê nosso mestre era metade divino, metade humano. A metade divina na alma de Moisés era o Anjo Raziel, o Príncipe dos Mistérios Divinos. Este segredo se encontra no Zôhar mas, nem todos podem lê-lo.

A torá está repleta de Roshei Teivos (ראשי תיבות) que são os acrônimos que são palavras derivadas das letras iniciais em um nome ou frase, e, também, de Sofei Teivos (סוֹפִי תֵּיבוֹת) que são os bacrônimos ou também chamado de "acrônimo reverso" que é formando pelas letras finais em um nome ou frase.

No século XVI, o meu amado professor, o Rabi Yitzchaq Lúria - Ari - revelou ao seu amado discípulo Chaim Vital que ele era uma reencarnação de Moshê nosso mestre e que sua alma tinha raiz na alma de Moshê. Enquanto eu estava estudando este passuq de Shemot capítulo 6, as palavras e letras se iluminaram diante dos meus olhos e eu contemplei o segredo. Abaixo, as palavras em caixa alta e marcadas com a cor vermelha e azul são o segredo que o Anjo da Face me revelou nesta manhã:

וַיֹּאמֶר, אָנֹכִי אֱלֹהֵי אָבִיךָ, אֱלֹהֵי אַבְרָהָם אֱלֹהֵי יִצְחָק, וֵאלֹהֵי יַעֲקֹב; וַיַּסְתֵּר מֹשֶׁה, פָּנָיו, כִּי יָרֵא, מֵהַבִּיט אֶל-הָאֱלֹהִים.

Primeiramente, em vermelho as Sofei Teivos (Letras Finais) de "Elohei Yaaqov va'yastér (וֵאלֹהֵי יַעֲקֹב; וַיַּסְתֵּר)" no sentido da esquerda para a direita formam o título "RABI (רַבִּי)" e na cor preta em caixa alta no sentido usual correto do hebraico nos temos "Elohei Yitzchaq (אֱלֹהֵי יִצְחָק)" e que junto com RABBI revelam "Elohei Rabbi Yitzchaq ( אֱלֹהֵי רַבִּי יִצְחָק)" cujas Roshei Teivot (Letras Iniciais) formam o acrônimo pelo qual meu mestre é conhecido - ARI - e que também está no passuq grafado da esquerda para a direita e que demonstro aqui (יָרֵא) e que está no termo "yarê (temeu)". Além desse mistério há ainda outro, que é "séter rabbi (סְתֵּר רַבִּי)" que significa "o mestre oculto/escondido".

Finalmente, nós temos o nome do amado e mais proeminente aluno do Rabino Yitzchaq Lúria, o Rabino Chaim Vital que esta codificado nas Sofei Teivos (Letras Finais) das palavras "fanaiv ki yarê mehabit ël (פָּנָיו, כִּי יָרֵא, מֵהַבִּיט אֶל) - sua face, pois temeu olhar para Elohim". As letras marcadas em verde formam, por temurá (permutação qabalística) o nome Vital (ויטאל) e que junto com o acrônimo RABBI escrevem Rabbi Vital. Agora, o nome "Chaim (חיים)" está também no versículo? Sim, por gematria mispar siduri que é 52 e que é a mesma de Eliahu (אֱלִיָּהוּ) - Elias o profeta. A palavra "ve'Elohei (וֵאלֹהֵי )" tem as mesmas letras, por temurá, de Eliahu e sua gematria mispar siduri é a mesma de Chaim e, então além do profeta Elias sobre quem foi dito dormiu no seio do Rabino Yitzchaq Lúria, nós temos Chaim Vital.

וַיֹּאמֶר, אָנֹכִי אֱלֹהֵי אָבִיךָ, אֱלֹהֵי אַבְרָהָם אֱלֹהֵי יִצְחָק, וֵאלֹהֵי יַעֲקֹב; וַיַּסְתֵּר מֹשֶׁה, פָּנָיו, כִּי יָרֵא, מֵהַבִּיט אֶל-הָאֱלֹהִים.


O DESPERTAR DE MOISÉS
3 DE MAIO DE 2020

Venha, veja e compreenda, está escrito "... e viu, e eis que a Sarça ardia no fogo, e a Sarça não se consumia..." - Torá Shemot 3:2

No hebraico, lemos "... va'yarê, ve'hinêh ha'senêh boër ba'êsh, ve'ha'senêh eineinu ucal (וַיַּרְא, וְהִנֵּה הַסְּנֶה בֹּעֵר בָּאֵשׁ, וְהַסְּנֶה, אֵינֶנּוּ אֻכָּל)".

O que aconteceu? Moisés despertou! Por isso está escrito "bo'ër ba'êsh (בֹּעֵר בָּאֵשׁ)" que compreendemos como "no Despertar de "Ël Shada'i" ou seja "be'ër be'Ël Shadda'i (ב'ער ב'אל שד"י)" que é o Ajno Metatron. E como Moisés alcançou o Despertar? Estudando a Torá Escondida e, por isso está escrito "ha'senêh (הַסְּנֶה)" que possui as letras de "Ha'Sodot Nistar Ha'Torah (הסודות נסתר התורה)". E com quem ele estava estudando? Com o Anjo Zagzagel (Raziel) e por isso foi escrito "va'yarê (וַיַּרְא)..."

Abençoado seja o Divino que revela os mistérios àqueles que lhe aprazem. Tristeza aos rabinos do ódio e da destruição, que cultivam a ira e a segregação na alma, os procriadores do rancor e que rejeitaram as reencarnações dos mestres da Torá nesta geração perpetuando o prejuízo a Israel. Que o Santo, abençoado seja, tenha misericórdia deles.

Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas
Misha'Ël Ha'Levi

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Gematria: Segredos Da Numerologia Cabalística


GEMATRIA:- É o cálculo do valor numérico atribuído às letras hebraicas e é aplicada com intuito de revelar os segredos internos das palavras e suas conexões assim como suas relatividades.

São muitos os tipos de GEMATRI'OT (plural) como, mispar gadol, mispar siduri, mispar katan, mispar perati, Mispar Milui, Mispar Musafi, Atba'sh, Albam, Revu'a, Kidmi, Ne'elam (Nistar), Ha'klali, Meshulash, Ha'Akhor, Mispari, Katan Mispari, Kolel, AchBi, AtBach, Ayak Bakar, Ofanim, Achas Beta, AvGad, AvGad Reversa. Há também a Gematria Sod Ha'Niqud'Ot. Atba'sh, Atbach, Ofanim e AvGad são métodos de Temurá (Permutação).

Somente a GEMATRIA pode revelar os segredos da alma das palavras e das pessoas e seus nomes. Aqui vou demostrar como a Gematria é única.

EDWARD SNOWDEN

Claro que a grande maioria já ouvir falar em Edward Snowden, ex-funcionário da CIA (Agencia Central de Inteligência) que copiou e vazou informações classificadas (secretas) da NSA (National Security Agency) em 2013 sem autorização. Suas revelações desvelaram numerosos programas de vigilância global , muitos administrados pela NSA e pela Five Eyes Intelligence Alliance com a cooperação de empresas de telecomunicações e governos europeus.



Para demonstrar aqui a abrangência da GEMATRIA, vou usar apenas o sobrenome Snowden (סנודן) transliterado para o hebraico (nomes não se traduzem, apenas se transliteram) . A  GEMATRIA Hechrachi (standart) de Snowden (סנודן) é igual a 170 e este valor é o mesmo da expressão "Yhiêh Sód (יהיה סוד)" que se traduz "Haverá um segredo". Este valor (170) se desdobra para revelar a frase "Hinêh Snowden Hodiáh Code (הִנֵּה סנודן הודיעה קוד) - Eis que Snowden anunciou o Código". A GEMATRIA 170 é também a mesma da expressão "Be'chaim hu chai sód (בחיים הוא חי סוד)" que se traduz "Em vida ele vive em segredo".

A GEMATRIA Milui de Snowden é 788 que é a mesma de "Chochmá Nistará (חכמה נסתרה) - Sabedoria Escondida" e do termo hebraico "She'patach (שפתח)" que se traduz como "Que ele abriu".

A GEMATRIA Achas Beta de Snowden é 661 que é o valor da palavra "Esatér (אֶסָּתֵר)" que significa "Escondido" e foi o termo usado por Kayin quando expulso do Paraíso. Kayin disse "u'mifaneicha esatér (וּמִפָּנֶיךָ, אֶסָּתֵר) - escondido da Tua face...". Snowden está agora escondido na Rússia.

A GEMATRIA AvGad de Snowden é 202 e esta é a mesma da palavra "Rav (רב)" que significa "Grande" e que junto com "Esatér" constrói a expressão "Rav Esatér (רב אסתר)" que pode ser compreendida como "Grande Segredo".

CONCLUSÃO

Juntando todas as GEMATRI'OT nós temos "Haverá um segredo e eis que Snowden anunciou o Código da Sabedoria escondida (secreta) que ele abriu, um grande segredo. Em vida, ele vive em segredo, escondido".

Isso demonstra como a GEMATRIA é única e enormemente abrangente e que somente ela pode revelar segredos há muito escondidos.

TABELAS DE GEMATRI'OT




Autor
Dipankara Vedas
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi​

O Artesão Da Luz