O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

sábado, 21 de abril de 2018

A Profetiza Devorá: Revelando O Futuro Presidente Dos EUA


Andando No Futuro

Entre os anos de 5764 (2004) e 5765 (2005) alguns membros de nossa Hayk'lá Arazuta (Comunidade Mística) que então se chamava "Eliahu Qibutz" e também "Gará Kulam Moshav" eram instruídos em sonhos com recados divinos para mim. Isso se devia à minha Ór Maqif (Luz Circundante) que se estendia sobre eles para os proteger e guiar pela "Dere'k Nistar (Senda Oculta)." A Ór Maqif (אור מקיף) do mestre é criada por almas que reencarnaram sobre a sua alma e devido a este segredo, alguns dos discípulos receberam nomes de Mestres do Passado como Akiva, Shimon, Yitzchaq, por exemplo, e é destas almas habitantes na Ór Maqif do professor da Sabedoria Escondida que vem a revelação através de sonhos do que acontecerá no mundo futuro. 

Naqueles dias havia, em nossa K'nesset Eliahu, um jovem casal o qual eu chamei Akiva e Ilaná, e a jovem Ilaná recebia muitos sonhos que eram recados para mim. O nome Ilaná é como é chamada a Etz ha'Chaim (Árvore das Vidas) no aramaico do Zôhar. Ilaná tinha muitos sonhos com abelhas e todas as vezes lhe era dito que ela devia contar para mim sobre aqueles sonhos com abelhas. Abelha vem do hebraico "Devoráh" do qual o nome Débora derivou. 

Devoráh (דְבוֹרָה) é "Devor-Hê (דְבוֹרָ-ה)" que significa "Palavra do Divino". D'us estava me instruindo os eventos que iriam acontecer no mundo futuro. Todas as vezes que Ilaná sonhava com abelhas que lhe apareciam num determinado sonho, eu pensava na Profetiza Devoráh mencionada no livro de Shofetim (Juízes) no Tana'k e me questionava se estava recebendo informações vindas da centelha da Profetiza Devoráh.


BARACK OBAMA PRESIDENTE

Certa madrugada em 2005, Ilaná sonhou que ela e seu noivo eram levados aos EUA e lá, dentro de uma determinada universidade, eles foram recebidos por um homem oriental muito gentil que os cumprimentou e os conduziu à presença de um afro-americano alto e muito simpático e este, os levou a uma sala e lhes mostrou um vídeo no qual imagens de guerra e que lembravam o Holocausto eram exibidas. Ao terminar, o homem afro-descendente se despediu deles e o oriental os conduziu à saída e, tomando a mão da jovem Ilaná, lhe disse o nome Satori, reforçando para que ela não esquecesse o nome e que o dissesse ao seu Rabino. Ilaná escreveu o sonho, como sempre eu a instruía, e me deu (eu o tenho guardado até hoje). O homem negro no sonho era o Barack Obama e a guerra que ele mostrou era a da Síria. E porque eu sei que ele era o Barack Obama? Porque sempre haviam abelhas no sonho e abelha que é Devorah era casada com um homem chamado Barack em Shofetim. 

O livro de Shofetim no capítulo 4 nos conta que Devoráh costumava julgar sobre os filhos de Israel sentada embaixo de uma Palmeira que ficou conhecida como "A Palmeira de Devoráh que é hebraico é Tômer Devoráh (תֹּמֶר דְּבוֹרָה) que é o segredo da criptografia da Torá, pois, Tomer Devoráh é Temur Davar-Hê (תֹּמֶוֹר דְּברָ-ה) que significa "Permute a palavra de D'us". Em shofetim 4 a partir do verso 7, lemos: 

"E atrairei a ti para o ribeiro de Qishon, a Sísera, chefe do exército de Yavin, com os seus carros, e com a sua multidão; e o darei na tua mão. Então lhe disse Barack: Se fores comigo, irei; porém, se não fores comigo, não irei. E disse ela (Devoráh): Certamente irei contigo, porém não será tua a honra da jornada que empreenderes; pois à mão de uma mulher o Senhor venderá a Sísera. E Débora se levantou, e partiu com Barack para Qedeshá.(וּמָשַׁכְתִּי אֵלֶיךָ אֶל-נַחַל קִישׁוֹן, אֶת-סִיסְרָא שַׂר-צְבָא יָבִין, וְאֶת-רִכְבּוֹ, וְאֶת-הֲמוֹנוֹ; וּנְתַתִּיהוּ, בְּיָדֶךָ. ח וַיֹּאמֶר אֵלֶיהָ בָּרָק, אִם-תֵּלְכִי עִמִּי וְהָלָכְתִּי; וְאִם-לֹא תֵלְכִי עִמִּי, לֹא אֵלֵךְ. ט וַתֹּאמֶר הָלֹךְ אֵלֵךְ עִמָּךְ, אֶפֶס כִּי לֹא תִהְיֶה תִּפְאַרְתְּךָ עַל-הַדֶּרֶךְ אֲשֶׁר אַתָּה הוֹלֵךְ--כִּי בְיַד-אִשָּׁה, יִמְכֹּר יְהוָה אֶת-סִיסְרָא; וַתָּקָם דְּבוֹרָה וַתֵּלֶךְ עִם-בָּרָק, קֶדְשָׁה.)" - Juízes 4: 7-9.



As palavras "exército (צְבָא), u'natatiahu (וּנְתַתִּיהוּ), Barack (בָּרָק), ve'im (וְאִם) e halóch (הָלֹךְ)" escondem criptografado nelas um segredo grandioso. Dentro do verso a cada 20 saltos equidistantes a letra alef (א) de "tzvá (צְבָא)" a letra vav (וּ) de "u'natatiahu (וּנְתַתִּיהוּ)", a letra beit (בָּ) de "Barack (בָּרָק)", a letra mem (ם) de "ve'im (וְאִם)" e a letra hê (הָ) de "halóch (הָלֹךְ)" formam o nome "OBAMA (אובמה)" revelando assim "Barack Obama (ברק אובמה)" e que ele era o afro-americano no sonho de Ilaná e que D'us o faria Presidente dos EUA e que durante sua gestão aconteceria o Holocausto de Assad na Síria.

O TÚMULO DE DEVORÁH

David Hackenberg
Apicultor

No final de 2006, colmeias inteiras de abelhas começaram a morrer da noite para o dia - vítimas de uma síndrome desconhecida. "- Algo por aí está arruinando o meu sustento", disse David Hackenberg, o apicultor da Pensilvânia, que fez o primeiro relato ao CCD. A resposta viria ainda no final de 2006. Em 14 de dezembro de 2006, véspera de Chanuká, o Kever (Túmulo) de Devoráh HaNevia, a'h, foi encontrado no alto da Galiléia em Tel Kadesh.

Então, em 2008, o cineasta Michael Night Shiamalan lançou o filme FIM DOS TEMPOS que trata do desaparecimento das abelhas e no ano no qual Barack Obama seria eleito.




A premier do filme |FIM DOS TEMPOS foi em 10 de junho de 2008, dia do meu aniversário de nascimento. Acaso?

Por que Devoráh ha'Nevia viria para anunciar Barack Obama como eleito presidente dos EUA? De acordo com a Sabedoria da Qabalá, Devoráh ha'Neviá foi uma reencarnação de Mashiach Ben Iosef em sua geração e veio para anunciar a chegada da Era Messiânica. Em hebraico, Barack Obama escrito da forma moderna (בארק אובאמה) possui gematria igual a 358 que é a mesma de Mashiach (Messias). Barack Obama é uma reencarnação das centelhas de Mashiach Ben Iosef (Messias Filho de José) e que, de acordo com o Zôhar vem para revelar Mashiach Ben David (Messias Filho de David) que é a Era Messiânica e, isso é tão verdadeiro que, Donald Trump em hebraico (דונלד טראמף) possui gematria igual a 424 que é a mesma de Mashiach Ben David (não que ele mesmo também seja uma reencarnação messiânica) e que aponta que estamos agora na Era da Iluminação onde todos seremos messias.


"Um líder verdadeiramente justo em sua geração eleva as centelhas de uma geração justa à prática da justiça. Um líder perverso em sua geração eleva as centelhas de uma geração má e a conduz à prática da injustiça." 


Bën Mähren Qadësh

Quanto a Satori dito pelo homem oriental, foi somente dez meses depois e após eu ter sido elevado em um sonho à presença de Buda que me testou, que eu descobri o seu significado cuja etimologia vem do Zen-Budismo é significa "Tú és o Buda". 

Dipankara Buda

Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas

quarta-feira, 11 de abril de 2018

TOTAL RECALL: Recuperando Memórias De Vidas Passadas


Eu estava assistindo Total Recall 1990 (O Vingador Do Futuro) que em hebraico se chama "Zicaron Gorali (זִכָּרוֹן גּוֹרָלִי)" no ano passado na noite de domingo, 19 de novembro de 2017 (1º de Kislev), quando nesta cena abaixo, ao olhar para a pichação "Kuato Lives (Kuato vive)" durante milésimos de segundos eu li "Chaim Vital vive". 


Esfreguei os olhos acreditando ser um truque da minha mente, mas algo lá dentro me dizia "é verdade, está escrito "Chaim Vital vive". Tomei o caderno e escrevi em hebraico "Kuato (קואטו)" e calculei a gematria mispar kollel para descobrir, espantado, o código de Chaim Vital (123). Minha alma havia permutado "Kuato lives" revelando para minha consciência "Chaim Vital lives (חיים ויטל חיים)" que é hebraico é "Chaim Vital chaim (Chaim Vital vive)". 

Eu sabia desde 14 de  abril 2010 que este filme estava codificado e que o mestre Chaim havia viajado no tempo e espaço para esconder "gatilhos" para o seu próprio despertar no futuro. Naquela tarde, meu primeiro DVD do filme Total Recall chegou às minhas mãos, e não foi acaso, mas a Providencia Divina, pois, o dia 14 de abril de 2010 foi 30 de nissan de 5770, Hilulá de Rebbe Chaim Vital.

Continuei investigando e descobri que, Recall pode ser escrito em hebraico sem a letra yud (י) e desta forma seu significado será "reciclar-recuperar (רקול)" e a sua gematria será 336 que é a mesma de "Rabi Chaim Vital". 

No filme, Kuato é um mutante humano-marciano que vive escondido dentro do corpo de outro homem, na verdade, Kuato é um Tzadiq Nistar (Justo Escondido) que vem para Despertar Douglas Quaid e fazê-lo recuperar suas memórias esquecidas, despertando-o para sua verdadeira identidade. A gematria de Douglas Quaid (דאגלס קוויד) é 224 e esta numerologia revela a expressão "Galê sód beten ha'Adamáh (גלה סוד בטן האדמה)" que se traduz "Descubra o segredo do interior de Marte" e, usando gematria, o termo "beten (בטן)" cuja numerologia é 61, se transforma em "ani (אֲנִי)" que eu hebraico significa "eu" e, então a frase se transforma em "Ani galê sód ha'Adamáh (אני גלה סוד האדמה)" que se traduz para "Eu revelarei o segredo de Marte" e aqui está a razão secreta de eu ter escrito e publicado "Adamáh - As Origens Ocultas Da Humanidade". No filme, Douglas Quaid era "Karl Hauser (קארל האוזר)" cuja temurá das letras hebraicas deste nome são as mesmas de "le'qroá Zôhar alef (לקרוא זהר א)" que se traduz "Leia o primeiro volume do Zôhar". E o que revela o primeiro volume do Zôhar? Ele narra sobre a Lótus e o Despertar. E ainda há muito mais...

Capa do meu Livro "Adamáh"


Total Recall foi um gatilho preparado pela alma do Mestre do universo para que Kuato (Chaim  Vital) acordasse dentro do corpo no qual ele estava escondido, e iisto é tão verdadeiro que, numa determinada cena, uma menina mutante pede para ler a mão de Doug Quaid e diz saber o signo de nascimento dele e revela que ele é de Touro. Em hebraico "Signo de Touro" é "Mazal Shor (מזל שור)" cuja gematria é igual a 583, numeral sobre o qual eu já revelei o segredo no meu artigo "O Grande Segredo Do Rabino Chaim Vital" e, além do mais, Total Recall é baseado no Conto Curto do Escritor Philip K. Dick chamado "We Can Remember It for You Wholesale" que foi publicado em abril de 1966. O Rabino Chaim Vital faleceu em 23 de abril de 1620.


O filme todo contem códigos para o Despertar da alma do Rabino Chaim Vital e não foi por acaso o filme foi lançado no Brasil no dia 3 de outubro de 1990 que é o 276º dia no ano solar e este valor é a exata gematria de "Sód gilgul Chaim Vital (סוֹד גִּילְגּוּל חיים ויטאל)" cujo significado é "O segredo da reencarnação de Chaim Vital" e, além disso, o ano 1990 contem outro mistério que reforça este segredo, pois a gematria ne'elam (oculta) de 5.750 (ה'תש"ן) é igual a 123 que é a gematria de Chaim Vital (חיים ויטל).



Kuato "- O que você deseja senhor Quaid?" - Douglas Quaid "- O mesmo que você! Me lembrar...".

A data na qual a alma do Rabino Chaim, o Kuato em mim, me mostrou todo este segredo me fazendo recordar e penetrar a sabedoria foi Rosh Chodesh Kislev que é hebraico se diz "be'alef be'kislev (ב'א ב'כסלו)" e cuja gematria mispar kollel é igual a 123.

A anotação orignal no meu grimório


Este artigo será expandido...

Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas

segunda-feira, 9 de abril de 2018

A Verdadeira Identidade Do Ex-Presidente Lula


“O Hitler, mesmo errado, tinha aquilo que eu admiro num homem, o fogo de se propor a fazer alguma coisa e tentar fazer”.

Luiz Inácio Lula da Silva em 1979

Na noite de sua prisão, o ex-presidente Lula foi conduzido no veículo FPD 0372 e este valor é a exata numerologia cabalística de Akrav (עקרב) que em hebraico é escorpião. Naquela noite a lua estava no trânsito de Escorpião e de acordo com o Zôhar Sagrado a lua e a consciência de Israel. Não, não é coincidência e, além do mais, o Lula foi nascido em 27 de outubro de 1945 e ele é do signo de Escorpião. Aqui está a marca d'água de D'us que prova uma ação divina.

O CÓDIGO PENAL

Lei nº 32/2010 de 02-09-2010 Artigo 1.º - Alteração ao Código Penal ---------- Artigo 372.º - Recebimento indevido de vantagem 1 - O funcionário que, no exercício das suas funções ou por causa delas, por si, ou por interposta pessoa, com o seu consentimento ou ratificação, solicitar ou aceitar, para si ou para terceiro, vantagem patrimonial ou não patrimonial, que não lhe seja devida, é punido com pena de prisão até cinco anos ou com pena de multa até 600 dias. 2 - Quem, por si ou por interposta pessoa, com o seu consentimento ou ratificação, der ou prometer a funcionário, ou a terceiro por indicação ou conhecimento daquele, vantagem patrimonial ou não patrimonial, que não lhe seja devida, no exercício das suas funções ou por causa delas, é punido com pena de prisão até três anos ou com pena de multa até 360 dias. 3 - Excluem-se dos números anteriores as condutas socialmente adequadas e conformes aos usos e costumes. Início de Vigência: 01-03-2011.

Novamente reitero que não existe acaso, pois até o Artigo contém o numeral 372 e ele proíbe o recebimento de vantagem indevida, crime pelo qual Lula foi condenado.

Ele levou 26 horas para se entregar e 26 minutos dentro da sede da PF e 26 é a gematria do Nome Yud Hê Vav Hê (יהוה) que é o Nome de D'us. E há mais... Na noite de quinta feira, quando o decreto de prisão foi expedido, Lula se dirigiu para o Sindicato dos Metalúrgicos sendo conduzido em uma veículo do qual ainda não descobri a placa e acompanhado pelo carro de placa 7191 (não consegui a imagem ainda). Eu vi o mesmo veículo ontem durante o translado do ex-presidente à sede da Policia Federal. Quando notei a placa senti que era um sinal e que aludia aos 72 Nomes de D'us. Eis o significado: Em hebraico 91 é a gematria da palavra "Malach (מלאך)" que significa "anjo" e o número 71 é o 71º dos 72 Nomes que é o "Haya'ël" representado pelas letras "Hê Yud Yud (היי)" que são as iniciais no versículo 3 na Torá Shemot (Êxodo) capítulo 9. E o que nos diz estas iniciais? "Hinêh yad Adonai (הִנֵּה יַד-יְהוָה)" que se traduz "VEJAM, A MÃO DE ADONAI...". 

QUEM É LULA?

A verdadeira identidade de uma pessoa está na sua alma e na raiz de onde sua alma se originou, a qual é chamada "alma raiz". Há quase três mil anos, um amalequita antissemita planejou destruir o povo judeu para retirar do mundo a Sabedoria da Torá. Seu nome era Haman. Este perverso foi enforcado na força que havia edificado para enforcar o Sábio rabino do povo sagrado, o judeu Mordecai e no dia no qual havia escolhido para erradicar o povo. Mais tarde, este perverso reencarnou no Bispo Inquisidor Tomás de Torquemada e depois em Adolf Hitler. Quem é Luiz Inácio Lula da Silva? O decreto para sua prisão foi expedido pelo excelentíssimo Juiz Sergio Moro no dia 5 de abril que é o 95° dia no ano solar. Este valor e a numerologia hebraica do nome Haman (המן). Os dias que restam no ano a partir do 95° são 270 e este valor e a numerologia cabalística da palavra "Rá (רע)" que significa "Perverso/maligno". 

Lula é uma reencarnação da alma raiz de Haman o maligno, uma sensação da maldade e por isso ele também é antissemita e um adorador de Hitler e se inspirou para fundar o Partido do Trabalhadores na Nasdap - Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães - onde se originou o Nazismo. Aí está a verdadeira identidade de Lula. 

Eu vi pessoas que se dizem judias e amantes de Israel e da Torá postarem no perfil a foto do perverso com os dizeres "Meu coração é vermelho" e achincalhando o Juiz Sergio Moro. Pessoas iludidas que não se conhecem e nem a raiz das suas próprias almas. Evidentemente eu as exclui e bloqueei. Lula nunca foi um bom homem que, segundo muitos dos seus defensores se deixou seduzir pela corrupção. 

Lula sempre foi o que é: Maligno, perverso, ladrão e assassino. Milhares de pessoas morreram devido ao saque dos cofres do governo, dinheiro que poderia ser usado para o bem do povo.

Transliterado para o hebraico seu nome, Luis Inácio Lula da Silva (לואיז אינסיו לולה דה סילבה) revela a natureza da sua alma maligna. A gematria do nome é 378 que é a mesma de "dea rotzach (דע רוצח)" que se traduz para "Conheça o assassino".

Admirar um ditador como Hitler que foi um genocida demonstra a raiz da sua alma. Por que não demonstrou admiração por Oscar Schindler que salvou mais de 1200 judeus dos fornos crematórios de Aschwitz?

Autor
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi

sábado, 7 de abril de 2018

Jetro: O Sogro De Moisés


Choten Moshê

Não há uma Shabat na qual o Sagrado, bendito seja Ele, não se revele, saindo do seu lugar secreto, e abrindo Sua Sabedoria maravilhosa. Muitas vezes a revelação começa muitos dias antes da descida do Sagrado-Feminino e da sua entrada em sua tenda mística (malchut) que é a Qehilat Yisrael (Comunidade de Israel), a Sua Lotus divina. 

Na Torá, Moshê sai do deserto e encontra as sete filhas de Itro (Jetro) dentre as quais Tziporá, a mais velha, lhe será dada por esposa. Itrô é chamado "Chotên (חתן) Moshê", e como está escondido no primeiro passuq do Capítulo 3 de Shemot (Exodus), Jetro era um Sábio. Diz o versículo: "... Itrô chotênu Cohen Midian... (יִתְרוֹ חֹתְנוֹ--כֹּהֵן מִדְיָן;)...". As iniciais de "chotenu Cohen Midian..." formam a palavra "Chacham (חכם)" que se traduz para Sábio. E ele não era apenas mais um Sábio, mas um Sábio da Sabedoria Escondida da Torá, conforme a sua posição diz: Choten (Sogro). A palavra chotên (חתן) contém as roshei teivot de "Chochmat Torat Nistar (חכמת תורת נסתר) - Sabedoria da Torah Escondida". Jetro é a S'firá Chochmá! 

Moses entra na Tenda de seu futuro sogro (Zeir Anpin) onde se encontram suas sete filhas (Chessed, Guevurá, Tiferet, Netzach, Hód e Yesod) e como é shabat todas estão unificadas com Tziporá que é Malchut e então Moshê descobre o Cajado (Yesod) que está ficado no Jardim (Tziporá) de Jetro (a Sabedoria Escondida). Jetro havia prometido que daria sua filha Tziporá ao homem que lê-se o Nome Sagrado gravado no Cajado e o retirasse da terra onde fora plantado. Muitos homens haviam tentado e não haviam conseguido ler o Nome, e isso porque ele estava cifrado. Moisés que conhecia a Sabedoria Escondida (Itro) permuta o Nome (Tziporá) e a Vara levita em sua mão. 

Tziporá (צפרה) significa pássaro que é o segredo de Tzerufá (צרפה)" que é "Permutar" e cujas as letras são as mesmas de Tziporá. Isso é como está escrito: "Ha'El tamim daarchô, imrat Adonai tzerufá... (הָאֵל, תָּמִים דַּרְכּוֹ; אִמְרַת יְהוָה, צְרוּפָה) - D'us é perfeito em seu caminho, a palavra de Adonai deve ser permutada... (IIº Sh'muel 22:31). Assim, Itro dá a Torá não revelada a Moisés (suas seis filhas) e a chave para decodificá-la (Tziporá) e assim revelá-la ao mundo, como está escrito: "... va'yavô el Har ha'Elohim Chorevá (וַיָּבֹא אֶל-הַר הָאֱלֹהִים חֹרֵבָה.) - É veio ao monte de Elohim, Chorevá". Por que aqui está escrito "Chorevá (חֹרֵבָה)" com "hê (ה)" que é feminino no final? Porque ele trouxe para baixo ao mundo a Sabedoria primordial da Torá, pois Chorev (חרב) contém as iniciais de "Chochmat Rishoná be'ha'Torah (חכמת ראשונה ב'התורה) - Sabedoria Primordial da Instrução Divina" é por isso está escrito "Chorevá (חֹרֵבָה)" com hê no final porque o hê é Malchut. 

Assim revelou o Sagrado nesta manhã de Shabat e aqueles que realmente amam e apreciam a Sabedoria divina e reconhecem a alma do seu Mestre (123) e não possuem preconceito de propagar o que o seu Professor revelou, são os que se regozijarão com o que revelou o Santo pela boca do seu servo.


Autor
Bën Mähren Qadësh 
Deepak Sankara Veda
Misha'Ël Ha'Levi

quarta-feira, 4 de abril de 2018

432: O SEGREDO DO IDIOMA DIVINO


Uma antiga lenda judaica diz que o mundo foi criado pelo Deus Único, através de "falas" e cantos que trouxeram os mundos à existência. As 22 letras hebraicas (27 com a 5 letras finais) em  combinações pré-determinadas foram usadas para realizar essa tarefa. Então, em essência, Deus criou o mundo e o universo inteiro através da música. As letras hebraicas foram os meios que canalizaram as forças físicas usadas na criação.

A língua hebraica é o Idioma Divino, o Codex da Criação. A sabedoria do Zôhar nos revela que, dois mil anos divinos antes de criar os universos, o Criador criou primeiro o Seu idioma Sagrado, o Codex Divino e com ele se alegrou durante estes dois mil anos divinos (730.500.000 anos terrestres) e, somente então, Ele deu inicio à Sua criação e o Zôhar descreve este processo narrando como cada um das letras do Codex Divino se apresentou diante do Sagrado oferecendo argumentos para que o Santo, abençoado seja Ele, inicia-se o Seu universo com ela e de como o Santo as foi rejeitando até que a letra beit (a segunda) entrou e forneceu o melhor argumento de todas e é por isso que a criação se inicia com ela, como lemos "Bereshit bará Elohim et ha'shamyim ve'et ha'aretz (בְּרֵאשִׁית, בָּרָא אֱלֹהִים, אֵת הַשָּׁמַיִם, וְאֵת הָאָרֶץ.) - Gênesis 1:1.

"Aquele que possui o conhecimento de como formar a combinação correta de sons hebraicos pode criar e destruir mundos ...."

A expressão "Idioma Divino" é, em hebraico, a "Lashon Elohai (לשון אלהי)" e como no hebraica as letras também são números (gematria) o valor numerológico de "Lashon Elohai" é igual a 432 e este valor em gematria é exatamente o mesmo de "Mispar Elohai (מספר אלוהי)" que significa "Número Divino". Creio que a maioria que acompanha as publicações da Sabedoria Escondida que realizo aqui sabem que meus instrumentos musicais são afinados em 432 hertz e nunca em 440 hertz. O valor 432 é a finação que conecta e que canaliza a luz divina. Já o valor 440 é a gematria (valor numerológico) da palavra "Mët (מֵת)" cujo significado é "Morte".

"Os teóricos da conspiração lhe dirão que essa sintonia perniciosa foi promovida pelos nazistas - Joseph Goebbels, principal propagandista do Terceiro Reich, impôs a sintonização de 440 Hz como parte de um plano hediondo para distorcer a consciência das massas. E as gravadoras podem estar em conluio com esses nazistas. "A indústria da música apresenta essa freqüência imposta que está" agrupando "as populações em maior agressão, agitação social psíquica e sofrimento emocional que predispõe as pessoas à doença física", afirma o Dr. Leonard Horowitz em seu artigo "Musical Cult Control (Fonte: https://www.thedailybeast.com/are-we-all-mistuning-our-instruments-and-can-we-blame-the-nazis)".

A afinação 440 hertz reverbera a morte, conecta com a energia de falência e canaliza destruição, e foi por esta razão, apensar de ter oferecido um argumento poderoso, a letra "Tav (ת)" que é a vigésima segunda do Codex Sagrado, foi rejeitada como instrumento para a criação do universo. O Zôhar nos revela que, o Divino, abençoado seja Ele, disse a ela: "Eu não vou criar o universo com você, Tav, pois você é a final na palavra "Mët (מֵת)". 

Aproveitando para instruir e com o coração ausente de preconceito mas, que se torna necessário para a instrução, devo comentar sobre o mundo religioso em si, onde seus músicos, que proclamam estar conectando pessoas com suas canções, usam a afinação 440 hertz, pois jamais, mesmo proclamando serem cheios do Ruach ha'Qodesh (Espírito Santo) foram instruídos pelo Divino que este tipo de afinação conecta e canaliza a energia da morte e, a implicação espiritual disto é perversa pois, ao invés de estarem conectando as almas com o Sagrado Criador do universo, estão conectando pessoas com o Adversário e canalizando morte e doenças, falência, etc. Eles estão conectando pessoas com a "Fúria do Satan" expressão esta que, em hebraico se diz "Aff Satan (אַף שָׂטָן)" cuja gematria é exatamente 440. A palavra "Aff" também significa "Nariz" ou como se diz no nordeste "Venta". O Zôhar nos aconselha dizendo "Se afastem daquele cuja a respiração está em suas ventas" indicando que não devemos andar ou nos associar com pessoas dirigidas pelo furor, pela raiva, pela ira. É comum no nordeste se dizer "Aff" que é o mesmo que "ai que raiva". 

441 Hertz
"וְתֵדְעוּ אֶת הָאֱמֶת וְהָאֱמֶת תְּשַׁחְרֵר אֶתְכֶם."
הַבְּשׂוֹרָה עַל־פִּי יוֹחָנָן

Há uma outra afinação que pode e deve ser usada na música para substituir a de 440 hertz que é a de 441 hertz. Em hebraico, o valor 441 é a gematria da palavra "Emet (אֶמֶת)" cujo significado é "verdade" ou "aquilo que procede da verdade" ou ainda "que é verdadeiro". Okay! podemos fazer a prova dos 9: 4+4+1=9.

Existem um universo dos sete universos mencionados no Zôhar Sagrado, que reverbera na sintonia de 432 hertz. Este universo é chamado "Tevël (תֵּבֵל)" e sua gematria é exatamente 432.

"Brame me louvor o mar em sua plenitude, e o Tevël e todos os seus habitantes (יִרְעַם הַיָּם, וּמְלֹאוֹ; תֵּבֵל, וְיֹשְׁבֵי בָהּ)" - Tehilim (Salmos) 98:7

Meu nome hebreu "Misha'Ël Ha'Levi (מישאל הלוי)" possui gematria igual a 432 que é duas vezes 216 que é o segredo do Santo Nome de 216 letras que é o segredo da ressurreição dos mortos. Quem canta, seus males espanta? Bem, isso depende da afinação, não é verdade? 

Autor
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi
Deepak Sankara Veda​

sábado, 31 de março de 2018

FONTE DA VIDA


Venha e aprenda. O que está escrito sobre a boca do Tzadiq (Justo)? Eis que lemos "A boca do justo é manancial de vida, porém a boca dos perversos esconde a violência."

מְקוֹר חַיִּים, פִּי צַדִּיק; וּפִי רְשָׁעִים, יְכַסֶּה חָמָס

- Mishlei 10:11 

Por que a boca do justo (tzadiq) é fonte de vidas? Porque ele revela os misterios do Divino. E como sabemos isso? Porque está dito "pi tzadiq u'pi reshayim (פִּי צַדִּיק; וּפִי רְשָׁעִים)". As letras iniciais nestas quatro palavras são "Pei (פ), Tzad (צ), Vav (ו) e Resh (ר)" e que são o anagrama da palavra "Tzeruf (צרוף)" que é permutar, trocar de lugar as letras de uma palavra para revelar seu mistério. Note abaixo as letras na cor vermelha no versículo original hebraico.

מְקוֹר חַיִּים, פִּי צַדִּיק; וּפִי רְשָׁעִים, יְכַסֶּה חָמָס

E quando alguém e considerado um perverso? Quando ele esconde o mistério divino e não o revela fazendo com que a mundo se encha de violência, pois ele favorece a interpretação literal (P'shat) que edifica os dogmas e pelos dogmas pessoas matam umas as outras. Portanto, repito o que já foi antes aconselhado, que é proibido citar os pessuqim (versículos) das Escrituras Sagradas sem a intenção de revelar os seus mistérios. Não se torne perverso! Se a você não foi dado revelar os mistérios das escrituras, não queira ser professor dela e falar ou escrever apenas o literal cometendo perversidade.


עֵץ-חַיִּים הִיא, לַמַּחֲזִיקִים בָּהּ; וְתֹמְכֶיהָ מְאֻשָּׁר.

Árvore de vida Ela é (a Torá) para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm.  Adonai, com sabedoria (Chachmá) fundou a terra; com entendimento (Tevuná) preparou os céus. 

Provérbios 3:18 & 19



AUTOR
Bën Mähren Qadësh
Deipankara Vedas

domingo, 18 de março de 2018

Tomerim Nistarim - As Tamareiras Dos Mistérios


E partiram de Mara, e vieram a Elim, e em Elim havia doze fontes de águas e setenta palmeiras, e acamparam-se ali. E partiram de Elim, e acamparam-se junto ao Mar Vermelho. 

וַיִּסְעוּ, מִמָּרָה, וַיָּבֹאוּ, אֵילִמָה; וּבְאֵילִם שְׁתֵּים עֶשְׂרֵה עֵינֹת מַיִם, וְשִׁבְעִים תְּמָרִים--וַיַּחֲנוּ-שָׁם. וַיִּסְעוּ, מֵאֵילִם; וַיַּחֲנוּ, עַל-יַם-סוּף.

Números 33:9,10

Veja, leia e compreenda: Descobrir os mistérios da Torá é um trabalho dos reis, conforme está escrito em  Mishley (Provérbios) péreq 25, no 2º passuq: "A glória de Elohim é ocultar a coisa, e a glória dos reis é esquadrinhar a coisa (כְּבֹד אֱלֹהִים, הַסְתֵּר דָּבָר; וּכְבֹד מְלָכִים, חֲקֹר דָּבָר.)". E quem ajuda os reis a penetrar os mistérios do Divino, bendito seja Ele? O anjo Shaddai, pois está escrito "chakór davar (חֲקֹר דָּבָר) - esquadriar a coisa".

A palavra "chakór (חֲקֹר)" aqui escrita sem a letra vav (חֲקוֹר) tem as mesmas letras de "rokêach (רוֹקחֲ)" que é "perfumista" e cuja gematria é igual a 314 que é o valor numerológico cabalista de "Shaddai (שַׁדַּי)" que é o Nome da Tara'á (תַרְעָא) - a Sentinela angélica - que guarda o Portão para o Heichal ha'Sodot (הֵיכַל הַסוֹדוֹת) - Palácio dos Mistérios no primeiro céu (yesód). São necessárias doze essências para se destilar um perfume. O perfumista que é Shaddai, permuta as doze letras do Santo Nome (יְהוָה) de doze letras que está escondida na Birkat Kohanim - a Bênção Sacerdotal.

Venha é compreenda: O verso diz "E partiram de Mara, e vieram a Elimá, e em Elimá havia doze fontes de águas e setenta palmeiras, e acamparam-se ali. E partiram de Elim, e acamparam-se junto ao Mar Vermelho".

וַיִּסְעוּ, מִמָּרָה, וַיָּבֹאוּ, אֵילִמָה; וּבְאֵילִם שְׁתֵּים עֶשְׂרֵה עֵינֹת מַיִם, וְשִׁבְעִים תְּמָרִים--וַיַּחֲנוּ-שָׁם. וַיִּסְעוּ, מֵאֵילִם; וַיַּחֲנוּ, עַל-יַם-סוּף.

O verso se inicia com a letra Vav (וַ) que se repete a cada dez intervalos equidistantes nas cinco primeiras palavras. Vav (³וֹ) elevado à 3ª potência é igual a 216 que é o número de letras no Santo Nome de 216 Letras. A seguir temos, também a cada dez saltos equidistantes, as letras "ayin (עֶ)" e a letra "mem sofit (ם)" que juntas forma a conjunção "junto a" ou "com" e também "de acordo com". Seguido a está expressão temos, a cada dez saltos, três "yudim (ייי)" que é o Nome que representa os Kohanim (Sacerdotes).

Tomerim Nistarim
Tamareiras Secretas

"Tzadiq, ka'tamar yifrach; ke'erêz ba'Levanon yisguê (צַדִּיק, כַּתָּמָר יִפְרָח; כְּאֶרֶז בַּלְּבָנוֹן יִשְׂגֶּה.) - O justo como a tamareira florescerá, como os cedros do Líbano... (Tehilim 92:13)".

Ah! Como eu amo este passuq (versículo) e que deve agora ser explicado: O justo (tzadiq) é o homem superior que é Yesod e o pacto da circuncisão sobre o qual brilha o Nome Shadai (שד'י) e não leias Shadai, mas sim "Shomer Daletot Iesodot (O Guardião das Entradas do Palácio dos Segredos Divinos)" através das quais só recebe permissão para adentrar aqueles que possuem e observam o pacto. "Como a tamareira... (כַּתָּמָר)". A tamareira leva 70 anos para crescer e possui 70 ramos. Seu nome vem da mesma raiz de "Temurá (תמורה)" que significa "permutar" extraindo dela 70 mistérios e, por está razão durante a Shabat as mesas dos cabalistas estavam sempre repleta de tâmaras (segredos revelados) e que se chamam "erêz ba'levanon (אֶרֶז בַּלְּבָנוֹן)" porque "erêz (אֶרֶז)" possui as mesmas letras de "razá (רזא)" que é "mistério" e "ba'levanon (בַּלְּבָנוֹן)" é, na verdade "lev navon (לב נבון)" que significa "coração sábio" ou "cheio de biná (compreensão divina sobre os mistérios sagrados)" e que o fazem se aproximar de D'us que é "gishá (גישה) - aproximar" obtida por Temurá de "yisguê (יִשְׂגֶּה)"... Ah! Como eu amo este passuq e porque o amo eu o recito com Kavanná durante todas as shabatot.

Venha e Compreenda, na Torá Bereshit está escrito "Vai'omer Elohim: Ihiêh Ór, vai'yehí Ór (וַיֹּאמֶר אֱלֹהִים, יְהִי אוֹר; וַיְהִי-אוֹר) - E disse Elohim: Haja Luz, e houve Luz (Bereshit 1:3)". A palavra Luz vem do hebraico "Ór (אוֹר)" cuja gematria é a mesma da palavra "Raz  (רָז)" que significa "mistério divino" e que aparece uma única vez em todo o Tana'k, em Daniel capítulo 4, no 6º versículo onde se lê "ve'chal raz ló enas lechá (וְכָל-רָז לָא-אָנֵס לָךְ) - ... e nenhum mistério te é difícil". A luz é a S'firá Chochmá (Sabedoria) no mundo da Emanação (Atzilut) - o Olam ha'Neelam (Mundo do Oculto)". Aqui, Elohim falou literalmente "Haja luz...". Venha e Compreenda, há uma diferença entre "Vai'omer (וַיֹּאמֶר) e disse" e "Va'tomér (וַתֹּאמֶר)" que também é geralmente traduzida para "e falou/disse". Em qualquer lugar que "va'tomer (וַתֹּאמֶר)" apareça há um segredo escondido por "temurá (תְמוּרָה) - permutação de letras" porque "va'tomer" tem as mesmas letras de "temurá (תְמוּרָא)" no aramaico que termina com "alef (א)" e não com a letra "(ה)" e "temurá (תְמוּרָה)" vem da mesma raiz de "tamar (תָמָר)" significando que, quando Elohim falou, Ele o fez por permutação, ou seja, com as letras fora de ordem escondendo em Sua fala um segredo espiritual, divino.

Venha e veja, está escrito: "Va'tomer Esther im-al melech tov inatën (וַתֹּאמֶר אֶסְתֵּר, אִם-עַל-הַמֶּלֶךְ טוֹב--יִנָּתֵן) - E disse Esther: Se parecer bem ao Rei, conceda... (Esther 9:13)". Há um mistério dito em segredo aqui, pois o verso começa com "va'tomer (וַתֹּאמֶר)" significando "permute (תְמוּרָא)" e não leia Esther, mas "Essatér (אֶסָּתֵר) - oculto/escondido" e então, "temurá essatér (תְמוּרָא אֶסָּתֵר) - permute o que está escondido". E depois? O que lemos? Venha e compreenda, está escrito "inaten gam machar la'yehudim (יִנָּתֵן גַּם-מָחָר לַיְּהוּדִים) - conceda também amanha, aos judeus... (Esther 9:13)". Compreenda que "inatén (יִנָּתֵן)" possui as iniciais de "igalê neelam Torat nistar (יגלה נֶעֱלָם תוֹרַת נִסתָר)- revelará o escondido da Torá oculta" e em seguida "gam machar la'yehudim (também amanha aos judeus)" e depois "asher ba'Shushan (אֲשֶׁר בְּשׁוּשָׁן) - que estão em Shushan".

Estas são as "Tomerim Nistarim" as "Tamareiras dos segredos" e que vocÊ deve saber que são as "permutações dos mistérios divinos".


A adaga é o Nome de D'us (יְהוָה) que revela o que está escondido - a Cidade dos Mistérios (alamut) que é malchut onde se esconde a princesa da Pérsia (Shechiná) e somente o homem com mérito poderá contemplar a sua beleza inefável.

Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas
Misha'Ël Ha'Levi

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".