O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

Boas Vindas

"ברוכים הבאים ממסורת עתיקה העברים במדבר". Bem vindo á Antiga Tradição dos Hebreus do Deserto ao "Zen Hebreu". Este site não representa o judaísmo, nada tem haver com judaísmo e com nenhuma de suas vertentes. Este "sítio" é um lugar onde Sabedoria é compartilhada

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Capella: A Origem das Almas dos Hebreus Antigos




Na obra áudio visual "B'NEY KOCHAVIM - FILHOS DAS ESTRELAS", está dito: "No principio Ele criou 144.000 estrelas e as espalhou por 72 Constelações. Estas estrelas são as árvores, animais do Jardim do Éden, anjos e as Almas de Adão".

Seriam os hebreus antigos almas exiladas de Capella? A 42.000 au (anos luz) de distância da terra, fica Capella, uma das estrelas mais brilhantes visíveis nos céus à noite. Capella faz parte da Constelação de Auriga e é chamada pelo genitivo "Alfa Aurigae". Auriga significa "Cocheiro/carruagem divina". Já Capella significa "Cabra/bezerro".

Em hebraico Auriga é Eglon (עגלון) e significa "Cocheiro". Sua raiz é a mesma de Agalá (עגלה) que é Eguel (עגל) que é o mesmo de "Eguel ha'Zahav (Bezerro de Ouro)".

Nós sabemos que os antigos hebreus além de nômades, eram os criadores de cabras e na antiguidade os antigos mestres da Sabedoria Escondida eram chamados "Iordei ha'Mercavá" cujo significado é "Aqueles que desceram da Carruagem Divina".

Como explicado acima, Capella fica a 42.000 anos luz de distância do nosso planeta e um dos segredos mais poderosos da Sabedoria Escondida chama-se "O Nome de 42 Letras". De acordo com Chochmat Nistar (Sabedoria Escondida), O Sagrado, bendito seja Ele, levou 42.000 anos divinos para criar o universo.

O termo hebreu é "Ivrí" e significa "Aqueles que vieram do outro lado". Tem raiz no verbo Avar que significa atravessar. Hebreu é então "Avar-Yud" e esta última letra, o "Yud" é a inicial de "Yaqum" cujo significado é "Universo". Hebreu é então o segredo de "Avar Yaqum" cujo significado é "Aqueles que atravessaram o universo".

Poderiam os hebreus exilados de Capella sobreviver em uma terra estranha e sem a força do seu lar natal e de sua estrela mãe?

Mundos Em Colisão

Nas escrituras sagradas, a Estrela Capella é chamada de Al'Debir. Podemos ler isto em Josué capítulo 10 verso 3: "Por isso Adoni-Tzedeq, rei de Jerusalém, fez o seguinte apelo a Hoão, rei de Hebrom, a Piram, rei de Jarmute, a Jafia, rei de Laquis, e a Debir, rei de Eglom".

Em hebraico "Al'Debir melech Eglon". Toda massa solar, todos os sois em todos os sistemas planetários são chamados "Reis" e apesar de Capella ter um nome feminino na cartografia estelar, esta estrela é o Rei de Eglon (Auriga)".

Clique na imagem para alargá-la

Pesquisei o livro bíblico de Josué (Yehoshu'a) no original hebraico e o que encontrei foi isto. Acima, no centro em rosa na posição vertical, temos "Capella (קאפלה)" e cruzando-a em cinza na posição horizontal em saltos equidistantes temos "Estrela (כוכב)". Acima de Capella na posição horizontal e na cor abóbora temos "Al'Debir melech Eglon (אֶל-דְּבִיר מֶלֶךְ-עֶגְלוֹן)" que, literalmente significa "Al'Debir o rei da Carruagem".

A Batalha Nos Céus

Neste verso de Josué a Terra estava lutando por seu lugar no sistema solar. Adoni-Tzedeq é o nosso sol, e por isto é chamado "Rei de Yerushalam (A Terra)", e é neste capítulo onde o mais poderoso milagre já criador teve origem: Josué, em batalha contra os Cananeus, deteve o Sol e a Lua. O planeta em sua batalha para permanecer no sistema solar, fora atingido de raspão por um gigantesco cometa. Podemos ver as consequências disto em Josué capítulo 10 verso 11:

"Quando iam (os cananeus) fugindo de diante de Israel (o planeta terra), e se encontravam na descida de Bet-Horon, fez o Eterno cair dos céus grandes pedras em cima deles até Azekah, e morreram. Foram mais os que morreram pela chuva de pedras de "barad" do que os filhos de Israel mataram à espada".

Em hebraico "be'evenei ha'barad (בְּאַבְנֵי הַבָּרָד)" é literalmente "meteoritos". A Terra fora bombardeada por pedras oriundas da cauda do gigantesco cometa.

Clique na imagem para alargá-la

No mesmo capítulo 10 de Josué, encontrei codificado "Cometa (שביט)" na vertical rosa e cruzando-o está o termo hebraico para estrela "Kochav (כוכב)" porque de fato, um cometa é também um estrela, mas também ele é uma "carruagem celeste" usada por anjos e por esta razão os anjos são também chamados estrelas (Jó capítulo 38) e planetas, uma vez que ambos tem o mesmo termo hebraico. Abaixo de cometa está "Eglon (carruagem/cocheiro)". Marcado em amarelo cruzando cometa está o verso "Quando iam (os cananeus) fugindo de diante de Israel (o planeta terra), e se encontravam na descida de Bet-Horon, fez o Eterno cair dos céus grandes pedras em cima deles até Azekah, e morreram. Foram mais os que morreram pela chuva de pedras de "barad" do que os filhos de Israel mataram à espada (Josué 10:11)".

Chuva de Meteoros
Extraído da Wikipédia

Chuva de meteoros é um evento em que um grupo de meteoros é observado irradiando de um único ponto no céu (radiante). Esses meteoros são causados pela entrada de detritos na atmosfera a velocidades muito altas. Numa chuva de meteoros, esses detritos geralmente são resultado de interações de um cometa com a Terra, em que material do cometa é desprendido de sua órbita, ou quando a Terra cruza essa órbita. A maior parte dos meteoros são menores do que um grão de areia e por isso quase sempre se desintegram e não atingem a superfície do planeta. Chuvas intensas e incomuns de meteoros são também chamadas de surtos ou tempestades de meteoros, nas quais são vistos mais de mil meteoros por hora.


Esses detritos entram na atmosfera com alta velocidade e entram em combustão, formando as chamadas estrelas cadentes. As chuvas de meteoros são fenômenos periódicos anuais. As mais conhecidas e intensas são as Leônidas e as Perseidas. Qualquer outro planeta do sistema solar com uma atmosfera razoavelmente transparente pode ter chuva de meteoros. Marte é conhecido por ter chuvas de meteoros, que acontecem com intensidade e características diferentes das da Terra.



Chuva de Meteoros:

Em "Eichá (Lamentações de Jeremias)" existe um verso enigmático. Ele diz: "Dos céus Ele precipitou sobre a Terra a beleza de Israel (Lamentações 2:1)".

No Bahir, um dos 4 principais livros da Sabedoria Escondida, de autoria de Nehuniáh ben Hakana, os rabis (não "ravs"), estavam discutindo este verso, e perguntaram qual era o seu mistério. Disseram então que, o significado era que, a Terra de Israel caiu do céus, foi literalmente precipitada pelo Sagrado, bendito seja Ele. Israel é um pedaço alienígena de outro mundo. A terra de Israel foi trazida e este mundo por um anjo na cauda de um cometa.

Desta forma, as almas dos hebreus teriam sua própria terra onde pudessem manter sua força natal, pois uma alma fora de sua terra é enfraquecida. Assim, D'us teria prometido "Eretz Cana'an (Israel)" aos hebreus por esta razão secreta? Abordarei este mistério no meu livro "B'ney Kochavim - Filhos das Estrelas".

Enquanto isto, você pode ler outros mistérios elevados no meu Livro "Os Arquivos X" à venda no link a seguir: 

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Pirâmides: Engenharia Angelical



No artigo "O Mistério do Cinturão de Asteroides", revelei que as Pirâmides não são edificações humanoides, mas angélicas. Eis aqui, algumas evidências:

A Pirâmide de Chichén Itzá possui 91 degraus em cada um dos seus quatro lados. O número 91 em gematria hebraica que é o cálculo do valor numérico de cada letra de uma palavra, e a razão do termo "Malach (מלאך)" que traduz-se para "Anjo" mas cujo real significado é "Aquele que foi enviado para cumprir uma ordem Divina".

Na Bíblia nos temos um Tehilim (Salmos) que é considerado o Salmo dos Anjos (מלאכים) que é o Salmo 91. O valor 91 é também o mesmo da palavra Amén (אמן) e talvez, você já tenha ouvido a expressão "Os anjos dizem amen".

A PIRÂMIDE DE CHICHÉN ITZÁ

Para evidenciar esta revelação, quando escrevi o artigo "O Mistério do Cinturão de Asteroides" publiquei junto um código que descobri no livro do profeta Isaías no original hebreu, onde o termo "Pirâmide (פירמידה)" está codificado a cada 91 letras por linha, ou seja פ91י91ר91מ91י91ד91ה91. Explicando melhor, toma-se uma letra conta-se outras 90 e a próxima, a 91ª junta-se à razão, então a cada 91 letras ós temos uma da palavra "Pirâmide". Cruzando a palavra chave "Pirâmide" está a frase "Hu ha'Elohim Yetzará" cuja tradução é "Eles, os Anjos, as construíram".

O Código Pirâmide

O total de degraus é de 364. Estudando a gematria desde número, encontrei alguns mistérios interessantes. O primeiro deles é a frase "Maia Shadê (מיה שדה)" que significa "Campo Maia". Mudando o sentido da frase para "Shadê Maia (שדה מיה)" podemos lê-la como "Shadê me-Yah" cujo significado é "Campo do Eterno", em outras palavras um "terreno místico" um "campo angélico". Encontrei também a frase "Malachei b'Orion (מלאכי ב'ארין)" que é "Anjos de Órion" sendo "Órion" escrito com defeito faltando a letra "vav (ו)" que é "luz" e pode denotar "anjos que caíram". De acordo com o Sefer Chanoch (O Livro de Enoque)" os anjos que desceram à Terra vieram da Constelação de Órion.

Pacal Votan

Um dos lideres Maias foi o rei Pacal Votan. Ele nasceu com seis dedos nas mãos e nos pés. Esta diferença genética é chamada de Polidactismo e é uma caracteristica, de acordo com o Zohar, daqueles seres que são filhos de Anjos com mulheres humanas. Portanto, Pacal Votan era um Nefilim, ou se você preferir "Anunnaki".

PACAL VOTAN

X RAY DE UM POLIDACTILO

Uma pequena estatueta encontrada era a de um ser equipado, ao que parece, com um traje espacial contendo seis asas. No zohar encontramos os mistérios dos anjos de "seis asas - os serafim". Esta é mais uma evidência de que as Pirâmides em todos os lugares do mundo são edificações angelicais.

ESTATUETA DO ANTIGO ASTRONAUTA

Outra evidência está no número de painéis nas laterais da Pirâmide de Chichén Itzá: 52. Em gematria hebraica 52 é o valor do Nome do Mestre do Universo escrito de uma certa forma: O tetragrammaton.

Juntos, os termo Malach e o Tetragrama forma a frase "Malach Adonai" cujo significado é "Enviado do Eterno". O Nome pode ser visualizado em uma das imagens abaixo.

A pergunta que nos cabe fazer aqui é então: Por que os Anjos construíram Piramides não apenas na Terra, mas em todos os planetas do sistema solar? Esta é uma resposta, que, por enquanto, deixarei para que você  encontre.



A Pirâmide de Marte que se encontra sobre a "FACE" foi edificada também pelos Anjos. A pergunta é: O que há sob ela? Ao buscar resposta para esta questão, encontrei outro código que trouxe uma surpreendente revelação:


Como podemos verificar acima, Pirâmide surge no centro do texto hebraico na posição vertical que é cruzada pela frase "Sob a Face de Marte (ADAMAH). Marte (Maadim) surge duas vezes no texto e conectado a eles esta "Conhecimento dos 32 Filhos de Adão". A pirâmide de Marte é uma Biblioteca Mística, mas é também um "Obelisco" deixado por Adão e seus filhos como testemunho para gerações futuras.

Todas as Pirâmides são antediluvianas, e foram edificadas por anjos sob as ordens e conselhos de Chanoch (Enoque) em todo o mundo, no período de 243 anos em que todos os reis da terra aprenderam com ele a Sabedoria. A evidência disto pode ser encontrada na gematria de 243 que é o mesmo valor numérico da frase "בְּכָל הַמָּקוֹם be'Col ha'maqom" cujo significado é "Em todos os lugares". Outro segredo do valor 243 é o título "בעל הסולם Baal ha'Sulam" que é "Mestre da Escada" e todas as Pirâmides são "escadas" assim, como a Pirâmide de Saqqara e a de Chichéz Itzá que possui 91 degraus em cada um dos seus lados.

Outro mistério e evidência esta na soma de Chanoch (חנוך) com número de anos em que ele ensinou os povos que foi 243 e mais as letras que possui o alfabeto hebraico, que são 22:

חנוך+כב+רמג=349

O resultado desta soma é 349 e este por sua vez, é o mesmo que פירמידה (Pirâmide). Chanoch tem valor 84 que é o mesmo de ידע (conhecimento).

Órion & as Pirâmides

A maioria das pirâmides edificadas aqui na terra espelha a constelação de Órion, especificamente o Cinturão de Órion que é formado pelas estrelas Alnitak (HIP 26727 A), Alnilam (HIP 26311) e Mintaka (HIP 25930).


Por que os Nefilim (Anjos Caídos) edificariam pirâmides aqui na terra espelhando a Constelação de Órion? Em hebraico, nefilim tem raiz no termo Nafal que significa cair, descer, em aramaico é Nephila que designa a constelação de Orion, que entre os hebreus era o anjo Shemhazai (Semyaza, Samyaza, Semyaze), conforme relatado no Livro de Enoque. Esta é a razão do porque eles edificaram na terra pirâmides espelhando a constelação de onde vieram: Espelhar sua casa. Particularmente penso que, eles desceram de várias constelações e não apenas de Órion.

Tikal & as Plêiades

Tikal era a maior das cidades maias, situada em Petén, região da atual Guatemala. O nome " Tikal " quer dizer " Lugar de Vozes " ou " Lugar de Línguas " na língua maia. O sítio apresenta centenas de construções antigas significativas, das quais apenas uma fração foi cientificamente escavada em décadas de trabalho de arqueologia. Os edifícios sobreviventes mais proeminentes incluem seis grandes pirâmides de plataformas (ou estágios) que apóiam templos nos seus topos. Elas foram numeradas geograficamente pelos primeiros exploradores, e foram construídas no período mais recente, entre o século VII e o início do século IX .

A área de Tikal está diretamente em alinhamento astronômico com as estrelas da Constelação das Plêiades, como podemos ver na imagem abaixo:


Isto tudo evidência que as Pirâmides construídas no mundo inteiro e também nos planetas do sistema solar, não foram edificadas por seres humanos, mas por anjos e há uma outra evidência disto. No Zohar, somos informados que, quando Moisés edificou e ergueu o Mishkan (Tabernáculo) no deserto, D'us ordenou aos anjos que edificassem um Tabernáculo acima também. Isto tudo deixa claro que a engenharia das pirâmides é celeste e não humana.


O Platô de Tikal

Teotihuacan & Órion

Teotihuacan ou Teotihuacán, é um sítio arqueológico localizado a 40 km da Cidade do México, no México, declarado Património da Humanidade pela UNESCO em 1987. Teotihuacan foi a maior cidade conhecida da época Pré-Colombiana na América e o nome Teotihuacan é também usado para referir a civilização desta cidade dominante, a qual estendeu a sua influência sobre grande parte da Mesoamérica. O nome significa "onde se encontram os deuses (elohim/nefilim)".

Vista de cima, a cidade com sua "avenida celestial" e as Pirâmides do sol e da lua espelham Órion acima e também o mapa do nosso sistema solar.




Os Anunnakis & Órion

O conhecimento sobre os "Anunnakis" veio do sítio arqueológico da antiga cidade de Níniveh, onde tábuas de argilas foram encontradas gravadas com um estranha língua: O Cuneiforme. Anunnaki significa "Aqueles que desceram dos céus" e "Anu" é ´"Órion". Podemos afirmar então que, os Anunnakis são na verdade os "Elohim/Nefilim" que desceram de Órion. Mas, haveria alguma outra evidência?

Níniveh é cidade na Bíblia e foi construída por Nimrod, o bisneto de Noé. A Torah diz que ele era um exímio caçador. Estranhamente é do que a Constelação de Órion é chamada: O Caçador.

haveria algum cruzamento criptográfico entre Níniveh e Anunnaki? Pesquisando, encontrei um código muito interessante em Mishley (Provérbios de Salomão) onde Anunnaki está codificado. A surpresa estava no que surgiu no mesmo texto:

 Clique na imagem para alargá-la

Acima, na matriz, no centro marcada em azul na posição vertical, temos "Anunnaki" e conectado a ela acima temos "Niniveh". Ao lado de Anunnaki temos o nome bíblico da Constelação de Órion "Cassil" que surgiu com duas letras hebraicas à sua frente que são a inicial e final da palavra "Kochav (Estrelas)". Agora temos uma evidência bíblica de que os Anunnaki desceram mesmo de Órion.

Outra evidência também fornecida pelo Zohar Sagrado está na construção do Beit ha'Miqdash - O Templo de Sh'lomô (Salomão). O Zohar nos informa que tanto o corte de pedras megalíticas, transporte e edificação não foi realizado por pessoas, mas por anjos e demônios.


Exploraremos mais este tema no IIº HADEREI TEMAN DE UFOLOGIA MÍSTICA que estou preparando para este ano de 2013. Fique atento.



Contato para Palestras & Conferências
email:

Artesão da Luz

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

O Cometa & o Êxodo Bíblico


O Cometa McNaught
(C/2006 P1) - O Grande Cometa de 2007

À medida em que o conhecimento vai sendo relembrado, que os arquivos cósmicos vão sendo abertos e penetrados, os mistérios bíblicos vão sendo desvendados e a religião vai perdendo sua força sobre a alma da humanidade e a verdadeira espiritualidade vai sendo despertada.

Sempre tivemos perguntas, curiosidade para descobrir como os milagres foram realizados e porque nunca mais vimos maravilhas tais como as narradas nas escrituras. Eis aqui uma delas:

"Eis o que diz o Senhor: nisto reconhecerás que eu sou o Senhor: vou ferir as águas do Nilo com a vara que tenho na minha mão e elas se mudarão em sangue (כֹּה, אָמַר יְהוָה, בְּזֹאת תֵּדַע, כִּי אֲנִי יְהוָה:  הִנֵּה אָנֹכִי מַכֶּה בַּמַּטֶּה אֲשֶׁר-בְּיָדִי, עַל-הַמַּיִם אֲשֶׁר בַּיְאֹר--וְנֶהֶפְכוּ לְדָם)". 

- Êxodo 7:17

O Senhor disse a Moisés: “Estende a mão para o céu, para que caia uma chuva de barad em todo o Egito sobre os homens, os animais e sobre toda a erva dos campos”. 

- Êxodo 9:22 

Barad é a palavra hebraica para "meteorito" que foi traduzida para em todas as Bíblias para "granizo" ou chuva de granizo.

Em seis semanas, a Terra cruzou três vezes a cauda do Cometa Typhon, a causa dos milagres e pragas que caíram não apenas sobre o Egito, mas sobre todas as nações, o planeta inteiro foi sacudido por seu encontro com este gigantesco cometa, a "vara de Deus".

Na última passagem, a Terra cruzou entre a cauda e a cabeça do cometa. A força gravitacional deste gigantesco "Anjo do Senhor" puxou as águas dos mares, rios e cachoeiras para cima, incluindo o "Iam Suf - Mar da Tormenta (Suf vem de Sufá que é tormenta)".

O Cometa McNaught

O cometa era vermelho sangue, por isto, na primeira praga em que o "Cajado de Deus (o próprio cometa)" feriu todas as águas do planeta, quando a Terra cruzou sua calda na primeira vez, elas se tornaram "sangue".

Abraham Rockenbach (1536 - 1611) escreveu: "No ano terrestre de 2453 - como muitos autores acreditados, na base de muitas conjecturas, determinaram - um cometa apareceu, o qual Plínio também mencionou em seu segundo livro. Era luminoso, aparentava um círculo irregular, com uma cabeça envolta, tinha forma de um globo, e era de terrível aspecto. Algumas autoridades asseveram que o cometa foi visto na Síria, Babilônia, Índia no signo de Capricórnio, na forma de um disco, ao tempo em que os Filhos de Israel avançavam do Egito em direção à Terra Prometida, guiados em seu caminho pela coluna de nuvem durante o dia, e pela coluna de fogo à noite".

A coluna de nuvem e de fogo também é o segredo do cometa, visto no leste ao nascer do sol, durante o dia, e no oeste durante ao anoitecer.

Quando a Terra cruzou a cauda do cometa na segunda vez, choveram pedras meteóricas que foram capturadas pela gravidade do planeta.

“Naquela noite, passarei através do Egito, e ferirei os primogênitos no Egito, tanto os dos homens como os dos animais, e exercerei minha justiça contra todos os deuses do Egito. Eu sou o Senhor (וְעָבַרְתִּי בְאֶרֶץ-מִצְרַיִם, בַּלַּיְלָה הַזֶּה, וְהִכֵּיתִי כָל-בְּכוֹר בְּאֶרֶץ מִצְרַיִם, מֵאָדָם וְעַד-בְּהֵמָה; וּבְכָל-אֱלֹהֵי מִצְרַיִם אֶעֱשֶׂה שְׁפָטִים, אֲנִי יְהוָה)". - Êxodo 12:12

Dai a festividade de "Pessach (Páscoa)" cujo termo vem do hebraico "Passach" significando "Passagem", pois a Terra passou através da cauda do cometa.

O Cometa Halley

Em 1910, após 76 anos, o Cometa Halley se aproximou da Terra novamente. Uma série de notícias a respeito do cianogênio, gás letal presente na cauda do cometa, criou um clima de pânico à escala global.

Cometa Halley em 1910

Curiosamente, o que está na origem de todo o alarido são descobertas científicas fidedignas. Pela primeira vez, os astrónomos identificaram os elementos químicos de um cometa, incluindo os componentes venenosos, e a informação saltou para a imprensa. Houve tentativas de explicar que, mesmo ao aproximar-se mais da Terra - na noite de 18 para 19 de Maio -, o cometa não envenenaria ninguém, não desta vez, pois a o planeta não cruzaria a cauda do cometa...

O cometa chamado de Typhon foi a causa dos milagres e pragas que desceram sobre o Egito, e Moisés sabia a época de sua passagem, pois o segredo estava escrito no “Sipra Raziel ha’Malach - O Livro do Arcanjo Raziel - também chamado de o Livro de Adão, que era o próprio “Cajado de Moisés” que fora talha do de Safira no crepúsculo do sexto dia da criação”.

Pretendo explanar mais sobre este assunto e seus mistérios no meu livro "Os Filhos das Estrelas" no qual estou trabalhando.

Fonte: Dr. Immanuel Velikovsky - Mundos em Colisão

C/2012 S1 Ison



Postagem em destaque

Reencarnação Através Do Beijo

Recebendo A Neshamá De Briá Experiência Pessoal (Artigo Em Construção) "Dá-me os teus lábios e eu te darei a minha alma (n...

Leia também...

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".

Advertência

"Todas as palavras postadas aqui tem por finalidade a revelação dos mistérios das escrituras. Por mais duras que algumas vezes possam parecer, elas não tem finalidade de agredir, difamar, caluniar quaisquer pessoas, instituições, religiões ou quaisquer práticas religiosas e seus líderes. É certo que determinadas práticas e seus respectivos lideres precisam sim serem trazidos à luz, mas através da revelação da verdade"

Tradição

"Então, aqueles que são sábios brilharão como o esplendor (Zohar) do firmamento, e aqueles que retornaram à justiça para muitos, serão como as estrelas para sempre (Dani´El Péreq 12, 3º Passuq)".

Aviso

"A Hayk´la Arazuta não possui vínculos ou ligações com quaisquer endidades "judaicas" e nem mesmo com qualquer federação. A Hayk´la Arazuta não é siosnista e não crê no sionismo. Os rabinos da Hayk´la Arazuta não possuem ligação e nem seguem ou servem ao "judaísmo rabínico". A Hayk´la Arazuta avisa que qualquer um que proferir calúnias, difamações, ataques contra a honra da Comunidade, seus lideres e membros, ameaças de quaisquer tipo, os autores serão levados ao Judiciário através de processos cíveis e criminais. Copiar, distorcer e usar pejorativamente assuntos e experiências aqui publicadas, os autores serão processados. A Hayk´la Arazuta d´Madvra é um Orgão da Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav, organização esta devidamente registrada junto ao Governo Federal Brazileiro de acordo com a Lei e possui CNPJ.".