O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

segunda-feira, 29 de março de 2010

Espaço Qabalat Movies - Ghost Rider



Ontem em nosso encontro no Espaço Qabalat Movies, tivemos um místico momento de descontração e uma aula fantástica sobre os níveis da alma "nefesh, ruach e neshamá" e um pincelada no segredo chamado de "Goel Ha-Dam (O Vingador do Sangue)". Usei o filme "Ghost Ride (Cavaleiro Fantasma)" e suas alusões místicas. Notem, por exemplo, a abertura do filme narrada pelo ator Sam Elliot:

"Dizem que o Oeste foi construído em cima de lendas, contos que ajudam a explicar histórias aterrorizantes demais para se acreditar. Esta, é a lenda do Cavaleiro Fantasma. Cada geração tem o seu Cavaleiro, uma alma amaldiçoada que vaga pela terra recolhendo as almas para o demônio. Há muitos anos, um Cavaleiro Fantasma foi enviado ao vilarejo de San Venganza, para cumprir um pacto de mil almas que pertenciam ao demônio. Mas este pacto era tão poderoso, que o Cavaleiro sabia que não podia deixar o demônio por as mãos nestas almas. Então ele fez, o que, nenhum Cavaleiro fez antes: Ele fugiu! Mas o detalhe das lendas é que, as vezes, elas são reais!".

O "Oeste" é uma alusão ao Sefirot de Yesod na Etz Ha-Chaiim (Árvore das Vidas) que é o "Olam Ha-Sódot - O Mundo dos Mistérios". A palavra "Lenda" vem do aramaico "Agadá" que é uma história que esconde um mistério e é também a raíz do verbo "Le´aguid" que significa "Contar" e que alude a "contar um segredo místico".

As "Almas" são uma alusão às "Nafeshot" termo este que é plural de "Nefesh" e se refere à "Alma animal", cuja a residência é o ventrículo esquerdo do coração onde há sangue, assim nos revela o Likutei Amarim Tânya.



O CAVALEIRO FANTASMA


O primeiro cavaleiro fantasma sobrenatural é o motociclista de dublê Johnny Blaze, que, para salvar a vida de seu pai, que estava morrendo de câncer, concordou em entregar sua alma a "Satan (mais tarde revelado como um arqui-demônio chamado Mephisto). À noite e quando cercado pelo mal, Blaze possui sua carne consumida pelo fogo do inferno, fazendo com que sua cabeça se torne um crânio flamejante. Ele monta uma motocicleta de fogo e usa explosões do fogo do inferno de seu corpo, geralmente de suas mãos esqueléticas. Ele finalmente descobre que ele foi ligado com o demônio Zarathos que é um personagem fictício que aparece nos quadrinhos americanos publicados pela Marvel Comics. Ele é descrito geralmente como um vilão em histórias com o personagem Ghost Rider . Um ser demoníaco que tortura e devora almas.

Como explicado em Ghost Rider # 77 (série de 1973), o físico, corpo de pedra do demônio Zarathos ficou inerte e inanimado sob a terra por eras até que seu espírito foi convocado por um feiticeiro tribal nativo americano chamado K'Nutu para ajudar sua tribo. Foi então oferecido a Zarathos um suprimento constante de almas para serem consumidas em troca de sua ajuda para derrotar os inimigos da tribo de feiticeiros e para oferecer seu poder a seu serviço. Esta aliança se mostra mutuamente benéfica, floresce e um forte culto se constrói em torno de Zarathos, o que chama a atenção de Mephisto, que decide que Zarathos tem muitos seguidores e está privando ele e os outros Lordes do Inferno das almas. Mefisto eventualmente confronta Zarathos e o derrota (pelo uso enganoso de seu peão sem alma, Centurioso). Zarathos é então forçado a servir Mephisto por muitos séculos no Netherworld , uma terra extra-dimensional dos mortos, às vezes chamada de "Inferno", embora ainda poderoso o suficiente para evitar o confinamento total. Mephisto envia seu vassalo indisciplinado de volta para a Terra em ocasiões, ligando-o a hospedeiros humanos e permitindo que ele destrua almas (em menor escala). Nos tempos modernos, Zarathos está ligado a Johnny Blaze  e esta entidade combinada Blaze/Zarathos se manifesta como um esqueleto flamejante vestido de couro conhecido como Ghost Rider, servindo ao lado de "bem" enquanto ainda usa meios infernais, o que dá ao Ghost Rider uma reputação de medo e Johnny Blaze um interminável sentimento de culpa.

A etimologia do nome Ghost Rider quando traduzido para o hebraico (גוסט ריידר) nos ajuda a penetrar mistérios muito interessante, pois, as iniciais de "Ghost Rider" formam o acrônimo "Gër (גר)" e que, de acordo com o Portão das Reencarnações são as iniciais de "Gilgul Ruach" que significa "reencarnação do espírito". O que sobra de Rider (יידר) resulta no termo "yiaréd (יידר)" que pode ser compreendido como "aquele que desceu" e então, o resultado final é "a reencarnação do espírito que desceu" aludindo à alma de um dos nefilim que desceram à terra e tiveram, de acordo com o Pirkê D'Rabbi Eliezer, seus corpos transformados em pedra.

Sobre o nome Zarathos, sua transliteração para o hebraico nos fornece alguma pista. As letras hebraicas transliteradas de Zarathos (זרתוס) contém as letras da temurá (permutação) "s'thur (סְתוּר)" e "zar (זָר)" que se torna em "segredo estranho" ou "estranho segredo".

SAN VENGANZA

O Contrato de San Venganza (também grafado incorretamente como " Contrato de San Vengeanza ") foi um pergaminho antigo criado por Mephisto e contém o enorme poder de todas as almas de todos os condenados habitantes de San Venganza e desempenha um papel importante em Ghost Rider. . O contrato em si é uma poderosa arma demoníaca. É o resultado de toda a população de San Venganza vendendo suas almas para o diabo, dando assim ao contrato um enorme poder. Não querendo que Mephisto se tornasse quase todo poderoso, o ex-Texas Ranger Carter Slade, escondeu o Contrato por séculos. Johnny Blaze, o novo Ghost Rider, foi forçado pelo demônio Blackheart , filho renegado de Mepistopheles, a lhe dar o contrato em troca da vida de Roxanne Simpson. Blackheart usou o poder do Contrato para se tornar Legião, um demônio poderoso o suficiente para derrotar e destruir até mesmo Mephisto. Infelizmente para Blackheart, a ligação de tantas almas malignas dentro dele o tornou vulnerável ao famoso "Olhar da Penitência" do Ghost Rider, imediatamente resultando na morte de Legião, e permitindo a Johnny Blaze dstruir o contrato.

O OLHAR DA PENITÊNCIA

Sobre o "Olhar da Penitência" que é uma "arma" usada pelo Cavaleiro Fantasma para queimar a alma manchada dos pecadores, ele revela um mistério da Torah que é chamado de "Caret (Corte)". A "Sentença de Caret" é dada para uma alma (Nefesh) que peca criando uma mancha em si mesmo e causando assim o seu "Corte" da estrutura metafísca, fazendo com que ela seja separada do seu "marido" o "ruach (espírito)", pois, de acordo com o Sha´ar Ha-guilgulim do Rabbi Chaiim Vital, uma nefesh manchada não pode mais permanecer do mesmo corpo com um ruach retificado.

Quando a "Sentença de Caret" é aplicada sobre uma nefesh manchada, ela, a nefesh, é retirada do corpo e incinerada e suas cinzas são espalhadas no Gan Éden (Jardim do Éden) para serem pisadas pelos Tzadiqim (justos)". É é justamente isto que vemos no filme Ghost Rider.

O vilarejo de "San Venganza" é uma alusão ao "Goel Ha-Dam - O Vingador do Sangue" cujo o mistério é citado no Livro Bíblico de Números (Ba´Midbar - No Deserto) que é aquele que requer a vingança sobre o sangue inocente derramado, as vezes uma alma que volta ao mundo para requerer a vida do seu assassino.

Dois outros mistérios aludidos no filme são "O Pacto de Sangue" e o "Olhar da Penitência". Sobre o "Pacto de Sangue (Pactum Pactorum - do Latim)" onde a pessoa vende a sua alma assinando o Pacto com seu prórprio sangue. O segredo disto está codificado no verso na Torah onde diz "A alma (nefesh) está no sangue" e então, ao fazer o pacto de sangue, a pessoa vende a sua alma.


MEFISTÓFELES

A palavra pode derivar do hebraico מֵפִיץ (mêp̄îṣ) que significa "espalhador, dispersor" e tophel, abreviação de ט֫פֶל שֶׁ֫קֶר (tōp̄el šeqer) que significa "estucador de mentiras". O nome também pode ser uma combinação de três palavras gregas: μή (mḗ) como uma negação, φῶς (phō̃s) significando "luz", e φιλις "philis" significando "amante", fazendo com que signifique "não-amante da luz" ou "o que não ama a luz", possivelmente parodiando o latim "Lúcifer" ou "portador da luz".



Gostou? então venha participar comigo do Espaço Qabalat Movies e aprender mais destas maravilhosas "Agadot (Lendas)". O número de pessoas que podem participar é limitado, portanto, escreva-nos e peça informações:

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".