O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

Boas Vindas

"ברוכים הבאים ממסורת עתיקה העברים במדבר". Bem vindo á Antiga Tradição dos Hebreus do Deserto ao "Zen Hebreu". Este site não representa o judaísmo, nada tem haver com judaísmo e com nenhuma de suas vertentes. Este "sítio" é um lugar onde Sabedoria é compartilhada

terça-feira, 20 de março de 2012

Cydônia - A Cidade Proibida

ADAMAH
As origens Secretas da Humanidade
Cydônia
A Cidade Proibida

Apresentacão
C
ydonia Mensae é uma região em Marte. Localiza-se no hemisfério norte do planeta numa zona de transição entre a região sul densamente povoada de crateras e as planícies relativamente homogêneas ao norte. Alguns planetólogos acreditam que as planícies setentrionais podem ter sido leito oceânico em algum momento da história do planeta e que Cydonia pode ter sido uma zona costeira (ainda que essa tese permaneça incerta). A região de Cydonia é repleta de inúmeras mesas, algumas das quais atraem tanto interesse científico quanto popular.

Uma das mesas de Cydonia, situada na latitude 40°75' norte e longitude 9°46' oeste, possui uma interessante aparência de uma face humanóide sobre Marte revelada em uma foto tirada pela Viking 1 em 25 de Julho de 1976. Essa descoberta foi feita independentemente por dois engenheiros computacionais do Goddard Space Flight Center, da NASA Vincent DiPietro e Gregory Molenaar.

Fonte:
Wikipédia

Teria sido Cydônia uma cidade outrora habitada por antigos seres que teriam vivido na superfície de Marte?



N
o artigo “Adão & Marte”, nós revelamos as origens secretas da humanidade quando abrimos o mistério de que Adão fora criado da poeira de Adamá que é Marte. Agora, vamos falar sobre Cydônia "A cidade proibida" e os seus mistérios.

Está escrito no Livro do profeta Jeremias: Isso dirás a eles: “Os deuses do céu e da terra que não trabalham, desaparecerão da terra e de debaixo do céu. (Yeremiahu 10:11)”.

Quando a atenção é voltada apenas para a tradução do verso e não para o seu original, a compreensão é limita e falsa, e uma interpretação falsa cria um falso universo no qual a pessoa que o interpretou vagará como um andarilho pobre e mal trajado.
Por que este versículo foi escrito em Aramaico? Com exceção da última palavra? Perguntamos por qual motivo isto foi feito assim? Seria por causa dos santos anjos que não prestam atenção ao Aramaico e não e não podem entendê-lo? Então seria mais apropriado ainda que este verso que fosse escrito em hebraico, de modo que os anjos pudessem conhecer a sua doutrina.
Na verdade, a razão secreta e mesmo por causa dos anjos, porque como eles não entendem o Aramaico, não ficariam com ciúmes do homem e não tentariam destruí-lo. Neste verso os anjos estão incluídos, devido ao uso do termo aramaico “Elahaya (ayhla) que é o equivalente ao hebraico “Elohim (Myhla)” e é geralmente traduzido para “deuses, poderes” cuja a tradução apropriada seria "divindades" e o passuq (verso) ainda diz “di’shemaya ve’Arka” que traduz-se “do céu e da terra” e que aludem a um “céu” e uma “terra” específicos que não são o céu e a terra em que vivemos. Veja abaixo o verso original:



Acima, no passuq (verso) original, as palavras marcadas com uma caixa cinza são “Elahaya (ayhla), “Arka (aqra)” e “Ara (aera).
Conhecemos que isto é assim, pois, na primeira parte do verso é usado o termo “Arka” ao invés da palavra aramaica “Ara” que é o equivalente ao hebraico “Arka” e que seria mais apropriada. Mas, o que seria “Arka?”.

Um País Chamado Arka
A
rka é uma dos sete terras subterrâneas, ais quais foram chamadas na antiguidade de “sheva artzot” e cuja entrada no nosso planeta é através da Caverna de Macpelá, na terra de Hebrom e Israel. Em cada uma destas “sete terras” abaixo existe um portal para outro universo e assim outro mundo. Arka é o lugar que é habitado pelos descendentes de Caim. Assim como nosso mundo, todas estas sete terras abaixo, inclusive o "Jardim do Éden" que fica no centro do nosso planeta, tem o seu equivalente acimna.
Foi revelado no vídeo “Adamáh – As origens Secretas da Humanidade” que Caim foi gerado e nascido em Marte.
O planeta vermelho era o “corpo celeste” do Arcanjo Sama’el (Lucifer) antes do seu “exílio (expulsão)”. Quando Caim foi banido de sobre a face de Adamá, desceu para esse país abaixo e procriou lá sua espécie, conforme está escrito: “Eis que me expulsas de sobre a face de Adamá... (Gênesis 4:14)”.
Esta terra consiste de duas seções, uma envolta em luz, e a outra em trevas, e os lideras lá tem duas cabeças, uma que governa sobre a luz, e outra sobre escuridão. Esses dois líderes estavam em constante guerra um com o outro, em guerra perpétua, até o momento da chegada de Caim, quando eles se reuniram e fizeram as pazes. E agora são um só corpo com duas cabeças.

Os Governantes de Arka
E
sses dois líderes que são da descendência de Caim se chamam “Afrira e Kastimon”. Além disso, eles são como os santos Serafim, que têm seis asas. Um deles tinha o rosto de um boi e o outro o rosto de um águia. Mas quando eles se juntaram assumiram a figura de um homem. Em tempos de escuridão assumem forma de uma serpente de duas cabeças e rastejando mergulham no abismo, e banham-se no grande oceano até chegar à morada de Uzá e Azzael que foram banidos dos céus pelo Sagrado, bendido seja Ele.
Afrira e Kastimon saltam (teleportam-se), em seguida, para as "montanhas da escuridão", pensando que o dia do julgamento divino chegou para comparecerem perante o Santo, Bendito Seja Seu Nome.

Na’ama
A Mãe dos Demônios
E
m seguida, eles nadam através da grande oceano e quando a noite chega, voam até Na’ama, a mãe dos demônios (shedim), mas quando se aproximam dela, ela salta (teleporta-se) seis mil “parasangas (36.000 quilômetros)” e assume todas as formas no meio dos filhos dos homens, e assim seduz e desvia os homens e mantém relações com eles para gerar novos demônios.
Esses dois líderes, Afrira e Kastimon, voam em seguida ao redor do mundo e voltam para casa (Marte), onde eles tomam as filhas de Caim e tem filhos com elas.
O céu sobre Arka não é como o nosso, nem são as mesmas estações de plantio e colheita, como eles só retornam após ciclos de muitos anos. Eles possuem agricultura lá mas não grãos e talvez seja o motivo secreto dos "Crops Circles (Circulos em plantações)", para extrairem sementes as quais possam ser usadas em seus plantios ou para feitura de pão.
E é por isso que este versículo foi escrito em Aramaico, para que anjos não saibam que ele se refere a eles e, assim, queiram apresentar diante de D’us acusações contra nós. Este é também o segredo da última palavra “Eleh”, que é um Nome sagrado e a única no verso escrita em hebraico e que  não pode ser traduzida para o Aramaico.


Os Habitantes De Adamá
D
o Zohar acerca de Adamá nos extraímos estas palavras: “Eles são muito altos, pois são os filhos de Adão, dos cento e trinta anos em que ele viveu com demônios fêmeas, conforme está escrito na Torah: “E viveu Adão cento e trinta anos.. (Gênesis 5:3)”. Estão sempre tristes e não conhecem júbilo algum. Às vezes vêm voando à nossa terra (planeta) e cometem crimes. Sobre está terra, Adamá, nasceram Caim e Abel. Quando Caim pecou, foi expulso de Adamá, mas quando se arrependeu, ele foi transladado à sexta terra, Arka, onde habia a luz do sol. Todos os que vivem em Arka são os descendentes de Caim”.


Abducões Alienígenas
E
stes seres de Adamá, isto é, de Marte, são os que vêm voando ao nosso planeta e abduzem homens e mulheres e fazem experiências com eles a fim de produzirem híbridos, conforme está dito no Zohar: “Às vezes vêm voando à nossa terra e cometem crimes”. Sua tipologia é como descrito pelos abduzidos: Altos, entre 2,10m e 2,50m. São agressivos e visto vestidos em trajes especiais. Suas tipologias humanóides deve-se ao fato de serem eles descendente de Adão, uma vez que o termo Adão é também traduzido para “humanóide”.


A Destruição de Cydonia
M
arte foi amadiçoado devido ao pecado de Adão e Caim tornam-do-se desolado e sem vida na superfície e obrigando seus habitantes a viverem nos países abaixo de Adamá. Ao buscar por evidências desta desolação, encontrei “Cydônia” codificada no livro do Gênesis (original hebraico) com detalhes impressionantes. Veja a matrix abaixo:


Código Cydônia
 Clique na imagem

Nesta matrix acima, no centro na posição vertical e na cor vermelha nos temos “Kidonia hynvdyq (Cydônia em hebraico)”. Na primeira linha da matrix, na posição horizontal e na cor verde temos “Ha’Adamáh hmdah” e logo abaixo deste termo temos conectado a ele “Arka aqra”. O texto hebraico ainda contém informações codificadas sobre a “Face de Marte” junto com a frase “Colina elevada”.
Código Marte I

Continuei a pesquisa e ocorreu-me de procurar por “Marte Mydam (Ma’adim)” no Livro do profeta Jeremias, no verso original citado no início deste artigo.



Acima, no centro na posição vertical e na cor vermelha nós temos “Ma’adim (marte)” e conectado a ele cruzando-o na diagonal na cor verde temos “Ha’Adamah”. À direita da palavra chave central na posição diagonal positiva temos novamente “Ma’adim (Marte)” que é cruzado pelo verso de Jeremias 11 do capítulo 10: “Isso dirás a eles: “Os deuses do céu e da terra que não trabalham, desaparecerão da terra e de debaixo do céu. (Yeremiahu 10:11)”.
Acredito que mais evidências ainda vão surgir, serem descobertas. O que está claro para mim é que eu fui escolhido pelos céus para revelar estes mistérios e que têm-me sido contados pela alma do santo “Ari’zl” o Rabi Isaac Lúria, de abençoada memória.

A Evidência Da Fonte

Diário - 25 de Adar, 5772: Não é por acaso que venho recebendo a revelação de tantos mistérios sobre Ma'adim (Planeta Marte). Ele está na constelação de Ariêh (Leão) desde fevereiro em alinhamento com Gamma Leonis (HIP 50583). 50 é a gematria de "Lechá" que significa "Para você" e 583 é a exata gematria do meu nome e título: Rav Mishael. Bendita seja a alma do "Ari'zl", de abençoada memória que me revelou estes mistérios. O número 50 também é a gematria de “Adamáh”. O código de “Gamma leonis” a alma do Santo Rabi Isaac Lúria esta me dizendo: “lechá Rav Misha’el (ha'sodot) ha'Adamáh (Para você, rav Misha'el, os segredos de Adamáh)”. Bendito seja o Sagrado, que vive para sempre. Umen.



Resumo do Mistério
O
 que aconteceu com os habitantes de Cydônia? Qual foi o destino deles? Viveram outrora sobre a superfície do planeta mas foram banidos para baixo da terra, conforme o verso deixa evidentemente claro: “desaparecerão da terra e de debaixo do céu...”.





Compre Aqui:

sábado, 17 de março de 2012

O Primeiro Astronauta

O Astronauta Antigo



O Zohar é o texto onde profundos mistérios estão codificados. Tudo o que a ciência, a astrofísica e a mecânica quântica revelaram, está nas letras do Zohar. Assim, o próprio Zohar diz que, somente aqueles que são da linhagem do Rei David podem penetrar os mais profundos e secretos mistérios codificados no Zohar. Albert Einstein era da linhagem do Rei David.

E é no Zohar que nós encontramos o segredo sobre o "Primeiro Astronauta". Não, eu não me refiro a Neil Armstrong que, em 1969 pisou na Lua. Eu me refiro a Adão.


O Traje Bio-Luminescente de Adão

Está escrito no Zohar: "Quando Adão habitava o Jardim do Éden superior, ele estava vestido como os seres do Céu: num brilhante traje feito da Luz superior. Mas quando foi deportado do Jardim e forçado a atender suas necessidades mundanas, D'us ensinou a ele como fazer "túnicas de pele" para si próprios".

Revelando O Mistério: 

Este traje usado por Adão para poder permanecer no outro mundo, era feito de "partículas" da Luz superior, ou seja, uma roupagem feita das centelhas da própria "Shekiná - A Presença Divina". Esta partícula da Luz da Shekiná é o que hoje é chamada de "Táquion (טכיון)" cujo deslocamento supera a velocidade da luz. Desta forma Adão não só estava protegido como também podia se deslocar por todo o Jardim do Éden (A Galáxia) a uma velocidade acima à da luz. O táquion é chamado na Qabaláh de "Or Maqif - A Luz Circundante".

Agora, é preciso ter em mente que Adão não tinha está aparência que nós temos hoje, pois esta "forma" humana só surgiu a partir de Noach (Noé) conforme noz revela o Zohar na parashat honônima: "Pavor e medo de vós virão..." (Gênesis 9:2), daqui em diante vocês terão a imagem do ser humano, pois no começo não havia neles a imagem do ser humano"".

Quando Adão pecou, perdeu este traje bio-luminescente, ou seja, a shekiná deixou de vestí-lo como um tecido bio-luminoso e se afastou dele, e esta é a razão do porque, quando D'us veio passear pelo Jardim (A Galáxia), ao questionar Adão onde ele estava ele respondeu que havia se escondido. Na Torah é dito que ele se havia escondido "dentro da Árvore do Jardim" a qual a Qabaláh revela ser a Sefirá de Yesod que é a Lua.

Adão respondeu ao Criador quando este lhe perguntou onde estava que havia se escondido porque está "nú", ou seja, despido do seu traje bio-luminescente que era feito da luz da própria Presença Divina.

Então, a Torah diz que, D'us tomou pele e vestiu Adão e sua mulher. O termo para pele neste passuq em que é mencionado que o Criador os vestiu é "Ór" e refere-se à "pele humana", ou seja, Adão vestiu-se nos seres que já existiam aqui neste mundo, os homens pré-históricos.

Reconstruindo Nosso Traje Bio-Luminoso: O Zohar diz que nós não podemos entrar no outro mundo sem uma roupagem adequada, ou seja, sem uma vestimenta própria daquele mundo. Como faremos então para podermos retornar ao lar sem um traje apropriado?

Imagine que você é convidado para um jantar de gala no palácio do Rei da Inglaterra. Evidentemente você terá que vestir-se apropriadamente para aquele evento, ainda mais porque você vai estar na residência e na presença do rei ou então, não poderá entrar.

O Zohar nos diz que, a cada boa ação que fazemos aqui neste mundo, uma centelha da Luz superior vem para baixo e se une a nós, e a cada centelha nós vamos construindo nosso traje para podermos trafegar no outro mundo.

Esta dito no Zohar: "E a alma, para ser perfeita, deve ter dois trajes: um para o mundo terrestre e outro para o mundo vindouro".

Evidências 

Anteriormente havia escrito e publicado revelando que Adão fora criado da poeira de Marte. Infelizmente, devido ao nosso baixo nível de consciência, nós sempre imaginamos Adão como se parecendo conosco e como dito acima, Adão não tinha esta aparência. Seu corpo era feito de Queratina (קרטין), o mesmo componente das nossas unhas e cabelos. De fato, o corpo de Adão era semelhante às nossas unhas.

O termo Táquion em hebraico (טכיון) tem o valor em gematria de 95 e este por sua vez é o mesmo de Ma'adim (מאדים) que é Marte e também de Malká (מלכה) que é o termo hebraico para "Rainha" e se refere à Shekiná (שכינה). Se vocês prestarem atenção vão notar que todos estes termos hebraicos, inclusive a Queratina, tem as mesmas letras hebraicas em comum.


CLIQUE NA IMAGEM

Táquion surge uma vez codificado em todo o Tana'k no menor intervalo que é de 6 SAEs (Saltos Alfabéticos Eqüidistantes) na Meguilat Esther e como já expliquei no artigo sobre Purim, o termo Megulá vem de Galuí que é revelação. No Centro da matrix em vermelho e na posição vertical temos "Shekiná" e ao lado direito na cor verde e na posição horizontal temos "Táquion". Abaixo de Táquion surge "Seter ha'Malká" cuja tradução é "O Segredo Escondido da Rainha (Shekiná)".

Nós estamos apenas começando a compreender estes mistérios, depois de 2000 de embotamento mental provocado pelas religiões. Certamente existem outros maravilhosos segredos da Mecânica Quântica escondidos entre as letras da Meguilat Esther, e vamos penetrá-los, com a permissão do Criador.


A Partícula de D'us

Durante décadas os cientistas tem buscado um poderoso e místico segredo, a chamada "Partícula de D'us" ou "Bosson de Higgs (בוזון היגס)". O que eles ainda não sabem é que, esta "partícula" especial tem origem, assim como o Táquion, na mesma fonte: A Rainha Shekiná - A Presença Divina.

Reflita a respeito deste mistério! 

Compre Aqui:

Shabath Shalom

terça-feira, 6 de março de 2012

PURIM - VITÓRIA CONTRA AMALEQ


Queridos, amanhã à noite será "Purim" uma das mais importantes e elevadas conexões da prática mística israelita, a Chochmat Nistar, que vocês conhecem como QABALAH. O Purim trata-se de um MOED - a abertura de uma janela espiritual, um portal por onde a "Ór ha'Ganúz - A Luz Entesourada, escondida, ocultada" desce ao nosso “universo”. Trata-se da Luz de Keter que é a cabeça da Árvore das Vidas, O Sagrado, Ele mesmo, bendito seja, e que é derramada uma única vez em nossas vidas no ano. Nós precisamos aproveitar este momento com a consciência exata e com muita alegria.

Mas este momento, este "Tempo Fixado (Moed)" foi criado no principio de tudo, quando o próprio universo estava sendo criado, mas somente foi manifestado no "Olam Assiáh (mundo fisico)" durante a época da Rainha Esther e do Qabalista Mordechai. Foi preciso uma grande restrição, a eminente destruição do povo sagrado, o aspecto positivo chamado "israel" dentro de cada um de nós. Sim, isto mesmo! Israel refere-se a um estado de consciência que pode ser atingido. São chamados "Goyim (Nações)" todos os aspectos negativos em nós e que ainda não foram corrigidos, e portanto não estão aptos a receberem a luz. É preciso sair do Egito (o estado de consciência dogmatizada, escrava da religião e seus preceitos escravizantes) primeiro e alcançar o "Har Sinai - um estado de consciência acima da ira, como o próprio nome diz "Montanha da Ira". O Termo "Montanha" vem do hebraico "Har" cuja raiz é "Hirhur" e que significa pensamento. Precisamos elevar os nossos pensamentos.

O termo "Purim" vem do Persa "Pur" e significa "Escolha" e não sorte no sentido literal como geralmente é traduzido. Esta "Escolha" é determinada de acordo com nossas ações onde podemos entrar num universo de realização, bençãos e alegria, um universo positivo, ou num universo de enorme restrições negativas e ameaça de destruição. Foi o que aconteceu na Pérsia cerca de 2400 anos atrás quando Israel sofreu iminente risco de erradicação.

Para salvar Israel entram em ação os qabalistas Mordechai e Esther, que lideram o povo para uma elevação de consciência para que o "Pur" que houvera sido determinado por "Haman - o arquiinimigo" da consciência Israel, fosse revertido. Haman alude ao 50º degrau da negatividade e que todos nós corremos risco de atingir. É preciso um árduo trabalho espiritual para que isto não aconteça. Todas as pessoas que personificaram o mal neste mundo desceram ao 50º degrau.

Na "Meguilat Esther (Revelação da Luz Escondida)", Haman ergue uma força com 50 cúbitos de altura na qual ele pretendia enforcar "Mordechai (a consciência dos mistérios da QABALAH Sagrada). Ele fez isto depois de haver descido ao 50º. Mas através do Jejum de 72 duas horas promulgado pela Rainha Esther, os hebreus/israelitas se elevaram e reverteram o decreto do "Rei (O Sagrado, Ele mesmo)" de aniquilar o povo santo, e então o próprio Haman é enforcado na forca que ele mesmo houvera levantato. Com o jejum e as kavanot nos 72 Nomes, a força de Haman fora minada.

A palavra "Meguiláh" sempre traduzida para "Pergaminho" vem da raiz da palavra "Galuí" que significa "descoberto/revelado" e Esther do termo Seter que significa "Segredo Oculto" e dai o termo místico "Meguilat Esther" cujo significado é "Segredo Revelado, Descoberto" que é a "Ór ha'Ganúz" e os mistérios da Sagrada QABALAH.

Na meguilat Esther, Haman havia promulgado um decreto ordenando que todos os hebreus se prostrassem diante dele quando ele passasse pelas ruas. Mordechai se recusou e toda vez que Haman passava ele não se prostrava sobre seus joelhos. Qual significado disto? Haman queria fazer com que a consciência elevada chamada "Israel" fosse derrubada por terra. Para entendermos isto, precisamos entender também quem era Haman num sentido mais amplo. Haman era "Amalequita" e Amaleq é simplesmente a "DÚVIDA". Para que esta conexão elevada com Purim funcione plenamente nós termos que "erradicar toda dúvida" do nosso interior. Precisamos ter certeza do que queremos com está conexão. Mas, cuidado para que o "Ego" não mascare este desejo e o confunda com "desejo de receber para si mesmo".

Para compreender este mistério, recomento que você leia o artigo do link abaixo e assista ao filme “A Batalha de Riddick” que fala das “Quatro Faces de Amaleq”.


Espero, com a Graça de Hashem, ter elucidado este maravilhoso segredo sobre Purim, fornecendo-nos uma consciência boa e exata para a conexão de amanhã a noite.



A imagem que você vê acima neste artigo é do código "13 be'Adar Purim (13 de Adar Purim)" que foi encontrado escondido no livro do Gênesis na Bíblia que foi escrito muito tempo antes de Purim ser manifestado no nosso mundo físico. Quando perguntado sobre a possibilidade deste código estar no Gênenis, oculto entre as 78.000 letras hebraicas do Livro, ele respondeu que a possibilidade era "nula" não havia como uma frase tão longa estar codificada ali. No entanto, e milagrosamente ela está lá. A estatística de que ela fosse encontrada era de 0.00000. Sabe o que isto significa? Mesmo que haja 0% de chance de você obter uma benção em Purim, se você erradicar a dúvida, você vai conseguir a sua benção!

Que o Sagrado, Bendito seja Ele, nos abençoe grandemente. Neste momento eu estou escrevendo através de um grande esforço, devido estar me recuperando de um vírus pelo qual fui acometido, e por isto os céus enviaram esta elucidação, pois um esforço foi criado para conectar-me com a Luz, estando com o corpo doente e cheio de dor. Mas a alma está alegre...

Moed ve'chag Purim Sameach a todos.

DESATIVE (PAUSE) O CLIPE DE MÚSICA NO FINAL DA PÁGINA PARA VER O FILME

quinta-feira, 1 de março de 2012

Os Templos de Salomão



Na conferência "Haderei Teman" de "Ufologia Qabalista" realizada no ano passado, descobrimos que o Rei Sh'lomô (Salomão) possuía uma "Máquina Voadora" cuja aparência era semelhante a uma águia. Este mistério está codificado nas páginas do Zohar e no Kebra Nagast - O Livro da Glória dos Reis. Com esta máquina voadora o Rei Salomão visitou todos os continentes, aprendeu com muitos sábios e mapeou todo o mundo. Assim, ele também visitou outros planetas e edificou construções neles. Existem evidências destas edificações salomônicas codificadas em Devarei ha'Iamim Beit (IIº Crônicas).

Hoje encontrei estas evidências de que, quando o Rei Salomão edificou o Beit ha'Miqdash (Templo) neste mundo, edificou outro nas areias de um outro mundo acima. Qual serie este mundo? Logo você descobrirá e poderá verificar as evidências. Mantenha o coração e a mente aberta e livre de dogmas religiosos.

Beit é a segunda letra do alfabeto sagrado, e seu valor numérico é 2 e letra é usada para a palavra casa e por isto Beit ha'Miqdash - Casa Sagrada ou simplesmente O Templo. A Torah começa com a letra beit e o Zohar nos conta a razão secreta disto. Tudo o que existe no nosso universo é duplo, binário. A maioria das estrelas neste universo da letra beit é binário.




Desta forma existiram dois Templos aqui no nosso mundo, e quando o primeiro Templo foi edificado aqui no Har Moriah outro foi edificado no "Har Moriah" acima.

Um Templo Nas Areias De Marte?


O Zohar e o Mishkney Elion, obra do Rabi Moshê Chaiim Luzato, nos diz que, quando D´us ordenou Moisés levantar o Tabernáculo no deserto, ordenou aos Malachim (anjos) que edificassem um Tabernáculo acima também, e ambos estavam alinhados com o Templo edificado acima de todos os universos.


"Tudo o que há embaixo tem uma correspondência acima. Tudo o que existe acima, existe abaixo (Zohar)".

Enquanto eu estudava e meditava sobre este mistério e também nos segredos de outro artigo que houvera escrito (Adão & Marte - As Origens Secretas da Humanidade), eu tive um sonho lúcido com a palavra hebraica "Ma'adim" que é Marte junto com o temo "Har Ha'Moriah" em algum texto do Tana´k (Bíblia Hebraica). Não demorou muito para eu encontrá-lo e descobrir os segredos que me levaram a escrever este artigo.




Vocês mesmos podem verificar na imagem acima que foi encontrada escondida no Livro de IIº Crônicas capítulo 3, os profundos mistérios que D´us codificou no texto: No centro na cor vermelha e na posição vertical está "Ma'adim (Marte)" e ao lado direito na posição horizontal está "Cochav (Planeta)". Abaixo de planeta na cor azul e tamb´me na posição horizontal está "Salomão começou a edificar a Casa do Sagrado em Jerusalém, no Monte Moriah... (IIº Crônicas 3;1)". A frase ao lado esquerdo de "Ma'adim" é "Har Ha'Moriah (Monte Moriah). Como eu havia revelado no artigo "Marte & Adão", o Monte Moriah aqui na Terra tem o seu correspondente acima, no planeta vermelho que fica na região de Cydonia onde se encontra "A Face". O que conhecemos como "A Face" é na verdade o "Monte Moriah" acima.


Mais há muito mais no código. Abaixo á direita de "Ma'adim" que é a palavra chave central, encontrei o termo hebraico "Aviráh" cujo significado é "Atmosfera" e cruzando este termo está "E os sacerdotes trouxeram a Arca da Aliança do Eterno ao seu lugar... (IIº Crônicas 5:7)". Nos sabemos que para cada uma das dez esferas da Árvore das Vidas (Sefirot) exitem outras dez esferas. Assim, guevurá que é Marte tem também suas dez esferas que são: Keter de guevurá, chochma de guevurá, biná de guevurá, chessed de guevurá, guevurá de guevurá, tiféret de guevurá, netzach de guevurá, hod de guevurá, yesod de guevurá e malchut de guevurá. O Santo dos Santos que é o lugar da Arca em cada um dos mundos fica sempre em Keter.


Este código "Aviráh" parece deixar claro que já houve "atmosfera" em Marte ou ela fora criada de forma milagrosa pelo Rei Salomão....


A Máquina Voadora do Rei Salomão

Do Zohar: "E Salomão, o sábio rei de Israel, voltava sua face a cada manhã para os quatro pontos cardeais. Quando, por fim, levantou seus olhos para o Norte, viu avançarem em sua direção dois pilares: um de fogo e outro de nuvem. Acima dos pilares, viu uma águia gigantesca com asas estendidas, sua asa esquerda se apoiando sobre a coluna de nuvem e sua asa direita, na coluna de fogo. A águia desceu diante do Rei Salomão e inclinou-se à sua frente, e colocou a seus pés as duas folhas que carregava no bico. Salomão pegou as folhas, sentiu seu perfume e disse: "A primeira folho me foi enviada por "Aquele que cai" e a segunda folha, por "Aquele cujos olhos estão aberto". Ele soube que os dois demônios lhe haviam enviado notícias. Selou seu trono com seu anel no qual estava gravado o Nome de D´us, montou a águia que se elevou a uma grande altura e saiu voando. A extensão das asas obscureceu a luz do sol, de tal modo que a escuridão reinou por toda a rota de seu vôo. E os sábios, vendo a escuridão, disseram: "Vede, o Rei Salomão está passando". Depois de um vôo de 400 léguas, a águia chegou às Montanhas das Sombras, chamadas na Bíblia de Taramond, ou Montanhas do Deserto. Lá, Salomão apeou, mostrou seu anel e foi-lhe permitido aproximar-se. Quando soube tudo o que queria saber, montou de novo a águia e regressou voando a seu país. Então, quando se sentou em seu trono, pronunciou palavras que mostravam uma tal profundidade de sabedoria que todos os homens se maravilhavam com ele".


Considerações

A primeira pergunta que surge aqui é: para que uma águia precisaria apoiar suas asas sobre dois pilares, sendo um de nuvem e outro de fogo? Sendo que a águia tem autonomia própria de vôo? A segunda pergunta é: Como o Rei Salomão poderia sobreviver a uma grande altura num ar extremamente rarefeito? Evidentemente tratava-se de uma máquina voadora cuja aparência se comparava a uma águia. Torna-se evidente que os pilares tratavam-se de algum tipo de propulsão e que levantava aos céus esta gigantesca máquina voadora dentro da qual o Rei Salomão podia respirar livremente.

Temples of Solomon

At the conference "Haderei Teman" of "Qabalist Ufology " we find that the King Sh'lomô (Solomon) had a "Flying Machine" whose appearance was like an eagle. This mystery is encoded in the pages of the Zohar and the Kebra Nagast - The Book of the Glory of Kings. With flying machine is visited King Solomon and mapped all the continents around the world. Thus, he also visited other planets and buildings built on them.

Today I found evidence that, when King Solomon built the Beit ha'Miqdash this world, and built another in the sands of another world above.

Beit is the second letter of the alphabet sacred, and its numerical value is 2. The Torah begins with the letter beit and the Zohar tells us the secret reason of this. Everything that exists in our universe is double binary. Most stars in the universe of the letter beit is binary.




Thus there were two temples here in our world, and when the first Temple was built here in the Har Moriah another was built in the "Har Moriah" above.


Thus there were two temples here in our world, and when the first Temple was built here in the Har Moriah another was built in the "Har Moriah" above.


A Temple In The Sands Of Mars?

The Zohar and Mishkney Elion, the work of Rabbi Moshe Chaiim Luzato, tells us that when Gd commanded Moses to raise the Tabernacle in the desert, ordered Malachim (angels) that a Tabernacle edificassem up as well, and both were aligned with the Temple built above all universes.


"Everything down there is a match up. Everything that exists above exists below (Zohar)."

As I studied and meditated on this mystery and also the secrets of another article that there had been written (Adam & Mars - The Secret Origins of Mankind), I had a lucid dream with the Hebrew word "Ma'adim" that Mars is in conjunction with the term "Har Ha'Moriah" some text Tana'k (Hebrew Bible). Do not take me long to find him and discover the secrets that led me to write this article.




You can check them in the image above that was found hidden in the Book of Chronicles Chapter 3, the deep mysteries that God encoded in the text: In the center red and upright is "Ma'adim (Mars)" and right side in the horizontal position is "Cochav (Planet)." Under the planet in blue and also in the horizontal position is "Solomon began to build the Sacred House in Jerusalem on Mount Moriah ... (II Chronicles3, 1)." The left side of "Ma'adim" is the phrase "Ha'Moriah Har (Mount Moriah). As I had revealed in the article "Mars & Adam", Mount Moriah on Earth has its counterpart above, the red planet is in the Cydonia region where "the Face." what we know as "the Face" is actually the "Mount Moriah" above.


More is more in the code. Below on the right of "Ma'adim" which is the central key word, I found the Hebrew word "Aviráh" meaning "Atmosphere" and crossing this term is "And the priests brought the Ark of the Covenant of God to his place .. . (Article II Chronicles 5:7)". We know that for each of the ten spheres of the Tree of Life (Sephiroth) has ten other spheres. Thus, gevurah it is Mars also has its ten spheres which are: Keter of gevurah, chochma of gevurah, binah of gevurah, chesed of gevurah, gevurah  of gevurah, Tiferet of gevurah, Netzach of gevurah, hod of gevurah, yesod of gevurah and malchut of gevurah. The Holy of Holies is the place of the Ark in each one of the world is always in Keter. 


This code "Aviráh" seems clear that there have been "atmosphere" on Mars or she was miraculously created by King Solomon ....




The Flying Machine of King Solomon

The Zohar: "Solomon, the wise king of Israel, turned his face every morning to the four cardinal points. When finally lifted his eyes to the north, saw advancing toward her two pillars: a fire and other cloud. Above the pillars, saw a giant eagle with wings outstretched, his left wing leaning on the pillar of cloud and its right wing, the pillar of fire. The eagle came before King Solomon and bowed before him, and placed at his feet the two sheets carrying in its beak. Solomon took the leaves, felt her perfume and said: "The first frill was sent to me by" One who falls "and the second sheet, as" One whose eyes are open. " He knew that the two demons had sent news. He saddled his throne with his ring on which was engraved the name of God, mounted the eagle which amounted to a great height and flew away. The wingspan obscured sunlight, so that the darkness ruled throughout its flight route. And the wise men, seeing the darkness, said: "Behold, King Solomon is going." After a flight of 400 miles, the eagle came to the Mountains of Shadow, Taramond called in the Bible, or the Desert Mountains. There he dismounted Solomon showed his ring and he was allowed to approach. When I learned everything I wanted to know, set up again and returned the eagle fly to your country. So when he sat on his throne, spoke words that showed such depth of wisdom that all men marveled at it. "


Considerations

The first question that arises here is: that an eagle would need to support their wings on two pillars, one cloud and another fire? Since the eagle has its own autonomy flight? The second question is: How King Solomon could survive to a great height in extremely thin air? Of course it was a flying machine whose appearance was like a eagle. It is evident that the pillars are treated in some type of propulsion and raised to the skies this gigantic flying machine into which King Solomon could breathe freely.

Leia também...

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".

Advertência

"Todas as palavras postadas aqui tem por finalidade a revelação dos mistérios das escrituras. Por mais duras que algumas vezes possam parecer, elas não tem finalidade de agredir, difamar, caluniar quaisquer pessoas, instituições, religiões ou quaisquer práticas religiosas e seus líderes. É certo que determinadas práticas e seus respectivos lideres precisam sim serem trazidos à luz, mas através da revelação da verdade"

Tradição

"Então, aqueles que são sábios brilharão como o esplendor (Zohar) do firmamento, e aqueles que retornaram à justiça para muitos, serão como as estrelas para sempre (Dani´El Péreq 12, 3º Passuq)".

Aviso

"A Hayk´la Arazuta não possui vínculos ou ligações com quaisquer endidades "judaicas" e nem mesmo com qualquer federação. A Hayk´la Arazuta não é siosnista e não crê no sionismo. Os rabinos da Hayk´la Arazuta não possuem ligação e nem seguem ou servem ao "judaísmo rabínico". A Hayk´la Arazuta avisa que qualquer um que proferir calúnias, difamações, ataques contra a honra da Comunidade, seus lideres e membros, ameaças de quaisquer tipo, os autores serão levados ao Judiciário através de processos cíveis e criminais. Copiar, distorcer e usar pejorativamente assuntos e experiências aqui publicadas, os autores serão processados. A Hayk´la Arazuta d´Madvra é um Orgão da Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav, organização esta devidamente registrada junto ao Governo Federal Brazileiro de acordo com a Lei e possui CNPJ.".