Projeto Jardim Do Éden

Projeto Jardim Do Éden
A Associação Qabalista Mundial – Gará Kulam Moshav, na voz do seu fundador e presidente Misha´El Yehuda ben Yisrael, lançou, em 2006, o “Projeto Jardim do Éden” cuja intenção era conseguir a doação, empréstimo ou mesmo arrecadar fundos para a compra de um Sitio ou Chácara onde será instalada a sede da sua Comunidade Mística, o Centro Brasileiro de Estudos da Qabalá. Clique na imagem, conheça o projeto e faça uma doação.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

sábado, 24 de abril de 2021

O Retorno De Rabino Shimon

 


Rabino Shimon bar Yochai viveu há 2.000 anos, na palestina. Ele foi o maior cabalista que já existiu em todos os tempos. Um homem de tal nível de santidade que os mais elevados anjos e as almas dos justos que agora vivem no jardim do éden superior, pediram autorização para descer e lhe revelar todos os segredos do universo. Estas revelações lhe foram dadas enquanto ele esteve oculto em uma caverna por treze anos. Duas vezes por dia, Moisés e o profeta Elias lhe apareciam para ensinar-lhe os segredos. Estas revelações estão unidas em uma obra sagrada e de tal nível de pureza, que aqueles que a possui, são considerados como estando ligados ao próprio rabino Shimon. Esta obra maravilhosa chama-se “Zohar – O Livro do Esplendor”.

 Após doze anos, rabino Shimon saiu de seu esconderijo, e tão irado ele ficou ao ver a decadência espiritual do povo, que de seus olhos saiam labaredas de fogo e muitos foram queimados. Então ele foi comandado a voltar para a caverna e permanecer lá por mais um ano, até que aprendesse a controla o seu poder.


Acerca do Zôhar está escrito em Daniel 12:3-4: Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente. Tu, porém, Daniel, encerra as palavras e sela o livro, até ao tempo do fim, muitos o estudarão minuciosamente, e o conhecimento se multiplicará”. Este livro citado no verso é o Zohar Sagrado.

A respeito de rabino Shimon, está dito que, quando ele se preparava para o seu “ocultamento”, revelava a seus discípulos uma grande quantidade de segredos, rabino Abba os estava anotando, e quando rabino Shimon cessou de falar, rabino Abba disse: “Não pude levantar a minha cabeça. Pois a luz que o rodeava era tão grande e brilhante que não podia olhar para ela”. Eu pus o meu rosto sobre a terra, e chorei em voz alta”. Então rabino Elezar (filho de rabino Shimon) e rabino Abba levantaram-se e o vestiram com seus ornamentos sepulcrais, e depositaram-no no ataúde. Quando chegaram a Meron, onde ele seria sepultado, ao abrirem o ataúde, ele, o corpo de rabino Shimon elevou-se pelos ares envolto e rodeado por um fogo flamejante.

Quando ele foi levado para dentro da caverna onde seria sepultado, escutou-se uma voz que dizia: “Este é ele, que perturbou a terra e fez tremer os reinados”.

E relação a ele, rabino Shimon, está escrito em Daniel 12:13: “ E, quanto a ti mesmo, vai até o fim, e descansarás, mas te levantarás para tua porção ao fim dos dias”. E isso nem poderia se provar verdadeiro, se no próprio Daniel 12 não estive codificado o nome Yochai, e não apenas uma, mas, duas vezes.


Yochai está codificado no Livro de Daniel capítulo 12 que é onde o Zôhar é mencionado como "O Livro Selado". O código surge duas vezes no mesmo texto, sendo que um deles cruza os pessuqim (versículos) 3 e 4: "Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente. E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará (Daniel 12:3,4)." Na matriz, o Código "Yochai" está marcado em abóbora e os versos mencionados em verde. O termo "Zohar" está marcado em vermelho. Isso evidencia que Shimeon Bar Yochai existiu mesmo e que estava destinado desde o princípio dos tempos a revelar o "Livro Selado".

Se pode esconder a verdade, se pode alterá-la, mas não se pode ocultá-la por muito tempo e nem alterar o que D'us mesmo codificou nas Suas Escrituras Sagradas. Rashbi (acrônimo de Rabi Shimon Bar Yochai) também está codificado no mesmo capítulo de Daniel. Na matrix em verde na vertical, confirma que RASHBI recebeu os ensinamentos secretos de Yeshu'a, pois ele era o seu irmão e discípulo chamado Shimon Bar Halfai. Marcado também em verde na horizontal à direita e tudo no capítulo 12 de Daniel. Codificado no mesmo capítulo de Daniel que revela o Zôhar, está codificado também o Rabino Berg, e esse código revela que ele veio com uma centelha de Daniel (e também de Eliahu, o que ele mesmo me revelou em um sonho em 2010), para revelar o Zôhar no fim dos dias...



O significado disto é que, agora, no fim dos dias, rabino Shimon estaria de volta, andando entre os vivos. As centelhas da sua alma estariam encarnadas para ajudar-nos na propagação da Sagrada Cabalá. Dezenas de mestres que agora habitam o jardim do éden tem descido à terra, a aparecido a muitos, revelando os segredos do Zohar, e ajudando-os a propagá-los sobre a terra.

Acerca disto está escrito no Zohar: “E uma coluna de fogo aparecerá do céu a terra, e queimará por quarenta dias”. A coluna de fogo é a sabedoria do Zohar Sagrado. Assim como em Daniel, os anos são referidos como dias, assim também, quarenta dias são uma referencia aos anos. Em 1966, o rabino Phillip Berg, encontrou com seu mestre, o rabino Yehuda Brandwein, com quem estudou a sabedoria do zohar por três anos. A coluna de fogo fora acesa, e agora fazem quarenta anos que ela é vista do céu a terra. 

Nós devemos nos esforçar mais para que a Sabedoria do Zohar possa ser espalhada sobre a terra, pois em breve a coluna de fogo se esconderá, para depois reaparecer novamente.

"E disse para eles o Ancião: Venham e comam. E nenhum dos discípulos ousou perguntar quem ele era, pois creram ser Ele. E pegou o Ancião o pão e o peixe e abençoou-os e deu-lhes. E quando eles comeram, o Ancião de dias disse a Simão: Tu, Simão, filho de Qlopas, tu me amas? Ele disse a ele: Sim, meu Senhor. Ele disse a ele: Cuida dos meus cordeiros. E novamente disse para ele o Ancião de dias: Tu, Simão, filho de Alfeu, amas-me muito? Ele disse a ele: Sim, meu Senhor. Disse-lhe: Cuida das minhas ovelhas. E novamente disse-lhe o Ancião: Simão, o Zeloso, amas-me a mim? E entristeceu Simão pelas três vezes que o Ancião de dias lhe disse isso. E disse- lhe Simão: Tudo Tu sabes; que te amo, tu o sabes! E ele disse-lhe Cuida de minhas ovelhas. Amén, Amén, tu és Simão, o filho de Alfeu, serás chamado Bar Yohai – que significa em aramaico “filho do Senhor Vivo” –, e disse-lhe o ancião: Eis aqui meu servo, que sustento; o meu escolhido, que minha alma tem imenso prazer. Pus o meu Espírito sobre ele. Ele revelará a Verdadeira Justiça e a porá em execução entre as nações (Isaías 42:1). Amén, Amén, vos digo que saiam meus filhos, saiam de Jerusalém, pois que o mal vem do Norte e a grande desgraça! E num instante abriram-se os olhos deles e ele sumiu diante deles. E fugiram para a cidade de Pella no caminho do deserto de Judá. E foi ali em Pella, nas Dez Cidades, que encontraram o Livro Oculto que Daniel, o profeta, escondeu. Como diz: E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro até o tempo do fim: e vaguearão muitos e aumentará o Conhecimento (Daniel 12:4)."

MEEMRO D’AVOHAIN 

Os ditos dos nossos pais

CAPÍTULO 1O


Autor

Bën Mähren Qadësh

Misha'Ël Ha'Levi

ESCRITO EM 2006

 

O Artesão Da Luz