Projeto Jardim Do Éden

Projeto Jardim Do Éden
A Associação Qabalista Mundial – Gará Kulam Moshav, na voz do seu fundador e presidente Misha´El Yehuda ben Yisrael, lançou, em 2006, o “Projeto Jardim do Éden” cuja intenção era conseguir a doação, empréstimo ou mesmo arrecadar fundos para a compra de um Sitio ou Chácara onde será instalada a sede da sua Comunidade Mística, o Centro Brasileiro de Estudos da Qabalá. Clique na imagem, conheça o projeto e faça uma doação.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quarta-feira, 2 de junho de 2010

O Telescópio Hubble & O Livro do Gênesis

3.318 anos atrás, um evento de proporções significativas, uma experiência transcendental, mudou a vida de três milhões de Israelitas: A revelação da Torah.

Apesar desde imenso corpo de conhecimento ser conhecida desde o inicio dos tempos, por alguns poucos sábios como Abraão, foi somente no evento acontecido numa manha chuvosa há 3.318 anos atrás, que toda uma nação teve sua alma coletiva, iluminada e incandescida como uma tocha. As almas de Israel foram vestidas de forma que eles tornam-se semelhantes aos mais elevados anjos em suas vestimentas.

Cinco livros foram entregue ao Rabino Moisés: Gênesis, Êxodo, Levitico, Números e Deuteronômio. Falemos um pouco então, da sabedoria, escondida no Gênesis.

O texto original contem 78.000 letras hebraicas, e nele estão escondidos todos os mistérios da criação. Mistérios que agora estão sendo revelados à ciência, mas que já era partilhado por homens como Abraão e Moisés.

Um exemplo maravilhoso é a narrativa da criação no Gênesis capitulo um, verso um, que diz: “Bereshit bará Elokim et HaShamaim v´et HaAretz (No principio criou D´us os Céus e a Terra)”.

Este verso contem seis palavras, e a primeira delas, seis letras, que são dividas em duas palavras: “Bará-Shit”. Estas duas palavras são lidas assim: “Criou Seis”. Isto é uma referencia aos seis dias da criação.

A sabedoria da cabalá nos informa que, estes seis dias foram na verdade 42.000 anos divinos. Ao aplicarmos um pouco de matemática, descobrimos uma informação preciosa. O Salmo 90, escrito por Moisés, contem uma informação que nos ajudará a decifrar o segredo da criação. Ele diz: “Ante Ti, mil anos são com um dia que passou, uma vigília noturna”.

A aritmética usada é bem simples: procedemos em multiplicar os informados 42.000 anos divinos pelo numero de dias que contem o ano divino. Para descobrirmos, qual o período decorrido em um ano divino, multiplicamos 1.000 por 365,25 dias do calendário solar. Vejamos:

1000 X 365,25=365.250

O resultado obtido é de 365.250 anos. Ao multiplicarmos este valor pelo numero de anos divinos em que a criação ocorreu, descobriremos o que somente agora a ciência esta afirmando.

42.000 X 365.250=15.3

A criação ocorreu em quinze bilhões, trezentos e quarenta milhões e quinhentos mil anos. Mas isto é apenas o começo da sabedoria escondida no Gênesis. Como eu havia dito, o livro contem 78.000 letras hebraicas. Em setembro de 2003, o telescópio espacial “Hubble” foi apontado para os confins do universo, que segundo a ciência tem 78 bilhões de anos-luz, e o que ele descobriu nos deixa a todos com um sentimento de extrema humildade perante a obra do Criador. Clique no botão no centro da tela, veja e ouça está maravilha.




O Rabino Eliahu de Vilna afirmou no século XVI: "Tudo o que existe, existiu e existirá está contido na Torah com todos os seus detalhes." O universo possui 78 bilhões de anos luz do início ao fim, isso não nos diria muito se, o Gênesis, o livro da Criação não possuísse exatas 78.000 mil letras hebraicas. Cada letra hebraica do Bereshit (Gênesis) possui uma profundidade de 1.000.000 (milhão) anos luz.

O Artesão Da Luz