O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

Boas Vindas

"ברוכים הבאים ממסורת עתיקה העברים במדבר". Bem vindo á Antiga Tradição dos Hebreus do Deserto ao "Zen Hebreu". Este site não representa o judaísmo, nada tem haver com judaísmo e com nenhuma de suas vertentes. Este "sítio" é um lugar onde Sabedoria é compartilhada

domingo, 25 de abril de 2010

Supernatural



Supernatural é Real
Demônios
Segundo a sabedoria, os demônios têm pés de pássaros, e cada pessoa pode verificar a presença de demônios em sua casa polvilhando o andar com farinha próximo à cama, e verificando pistas pela manhã. Também se conheceu que os demônios ocultavam cuidadosamente os seus pés com meias, mantos, e assim por diante eles se faziam passar por seres humanos.
O judaísmo desenvolveu uma demonologia (estudo dos demônios) muito rica, que muitas vezes era alimentada por várias culturas que rodearam as comunidades judaicas em todo o mundo. Muitos dos primeiros contos sobre demônios carregam uma semelhança come idéias egípcias e persas, enquanto as criações que foram emprestadas do folclore francês e alemão foram reconhecidas ou adotadas na Idade Média. Muitas dessas criações sobrenaturais foram más ou pelo menos malévolas, especialmente a fascinante noção cristã de que todos os demônios são o anti-D´us, e todos foram enviados pelo Satan. Você acreditaria se eu lhe dissesse que alguns são "demônios judaicos" e trabalharam para D´us, punindo pecadores? E se eu lhe dissesse que existem outros que estudaram Torah?. Poderia fazê-lo sentir-se pouco confortável. Usado fora do contexto, isto poderia levar alguém a acreditar que os Judeus são adoradores do diabo ou algo semelhante e igualmente ridículo. Bem, se você está admirado, eles existem, e de acordo com a cabalá, estes demônios judaicos são passiveis de serem transformados. Quanto aos cristãos, eles usaram demônios em histórias para aludir à tentação que conduz ao pecado, e a força da maldade que trabalha contra o honrado, com a intenção de eximir o homem da responsabilidade de pecar, atribuindo aos demônios e desta forma nenhuma pessoa era obrigada a corrigir seus atributos espirituais que se opunham ao criador (e assim é até hoje). Eles executaram o exorcismo também. Mas eles também criaram histórias interessantes, e em algumas delas, os demônios eram judaicos.
Isto, contudo, não implica que os demônios gostam de seres humanos, Judeus ou de outros povos. E nem implica que devemos convidá-los a sair para almoçar, hahaha.
Classes De Demônios
O Zohar, um dos livros mais importantes da cabalá, nos ensina que há três tipos de demônios: Aqueles que são semelhantes aos anjos, os que se parecem com seres humanos, e aqueles que não tributam nenhuma honra e respeito a D´us, e se parecem com animais (o porco, por exemplo).
Ensina que os demônios que se parecem com anjos voam e não têm nenhuma forma física permanente. Daqueles que se parecem com seres humanos comem, se reproduzem e conseqüentemente morrem, e estes tem uma aparência particular: Nãp possuem cabelos sobre a cabeça, ou tem calvíce particial.
Baseado no conhecimento da cabalá podemos destinar a maior parte de demônios a uma destas três categorias:
  1. Demônios "judaicos". Foram criados no crepúsculo do sexto dia da criação e que deveriam ser parecidos com anjos. Ele, Há´Shem, tinha feito as suas almas e tinha-lhes dado a sua inteligência e o poder, mas com a rebelião ocorrida dentro da Árvore da Vida e a entrada do Shabbath não houve tempo para dar-lhes corpos. Então, eles se tornaram demônios, Crentes em D´us, e sujeitos a Ele. Contudo, por causa do seu estado inacabado, eles ficaram ressentidos e ciumentos do gênero humano. Esses demônios são às vezes mencionados como “sublunares (isto é, terrestres)”. Considera-se que eles são judaicos, vivem bastante se casando à moda judaica e circuncidando as suas crianças.
Como uma regra geral, esses demônios não procuram ativamente prejudicar os seres humanos a menos que eles tenham, uma boa razão. Por exemplo, se eles são presos contra a sua vontade ou enganados, sua casa violada, e eles sejam provocados, etc. Os Demônios atormentarão só as pessoas que os aborreceram. Rabino Judah Há-Hassid escreveu no Sefer Hassidim (o Livro dos Piedosos) detalhes, citando um número de atividades que aborrecem os demônios. Existem práticas que são executadas e são consideradas feitiçaria (aquilo que não é cabalá prática), atividades que foram largamente usadas e criadas como uma maneira de implicar a convocação e a prisão dos demônios.
Ashmedai (também conhecido como Asmodeus) é muitas vezes chamado de o rei dos demônios judaicos, muitos dos quais estudam Torah, e não prejudicariam um erudito que estuda a Torah! Diz-se que o próprio Ashmedai ascende ao Céus para estudar. Ele também parece ter senso de humor. Há um número de histórias acerca dele e de como o Rei Salomão o consultava e de como, certa vez, ele expulsou Salomão do trono e assumiu à sua aparência, até que Salomão voltou e o expulsou novamente.
O demônios de Ashmedai são sujeitos a D´us, e são às vezes encontrados a Seu serviço para punir os ímpios e os malévolos. Por exemplo, aqueles que cometem pecados contra as leis de pureza (Tahorá) podem ser sujeitos aos seus ataques. Há um demônio que pune aqueles que maltratam livros sagrados. Pobres dos ignorantes religiosos que tratam os judeus e a Sabedoria da Cabalá como coisa do demônio, que D´us tenha misericórdia deles. Não é um anjo, mas um demônio! Em outro exemplo, o Rabino Judah escreve que não devemos dar aos pássaros migalhas de pão, pois o demônio da pobreza ressente-se quando uma pessoa dá aos pássaros farinha de rosca. Ele diz: “Depois que este colega encheu a sua barriga de pão, ele dá aos pássaros a sobra. Ele é tão cruel que destruiria o mundo inteiro se ele pudesse. Por este motivo o demônio vai atormenta-o”.
Alguns desses demônios originais, como Samael e o seu anfitrião, são puramente maus. Esses são mais cosanguíneos aos anjos caídos da cristandade.
  1. Lilith e a sua Descendência: Segundo a cabalá, antes de Eva, D´us fez Lilith, da mesma forma, isto é, do barro, como Ele fez Adão. Embora Adão fosse superior, Lilith não aceitava isto, exigindo que ela tivesse a mesma estatura que ele. Eles brigavam constantemente (em particular sobre sexo), até que finalmente Lilith ficou enfurecida e abandou o Jardim do Éden. Ela instalou-se em uma caverna, onde as suas relações com demônios produziram a primeira de suas crianças. Diferentemente dos demônios "originais", Lilith e as suas crianças híbridas são tipicamente maliciosas e ativamente procuram prejudicar os seres humanos de um modo ou de outro.
Lilith não é mencionada explicitamente no Livro do Gêneses, mas ela é mencionada na Bíblia no livro de Isaías e em alguns ou outros trabalhos religiosos. A história dela como a primeira esposa de Adão, e a sua "ocupação" subseqüente como um demônio, existe há séculos.
Alguns dizem que ela foi emprestada dos assírios, mas ela está mencionada implicitamente no Gêneses 1:27:
“E Deus criou o homem na Sua própria imagem, na imagem de Deus Ele criou-os; o macho e a fêmea criou-os”.
Lilith é a causadora da chamada “Morte no Berço” e também da “Diarréia, da Difteria e da Epilepsia”. Eu acredito e isto é aconselhável, que nenhuma mãe ou mulher use seu nome como seudônimo, pseudônimo, nickname, ou qualquer outra coisa do gênero, pois a estará atraindo, chamado para si mesmo e colocando seus filhos em risco. Pois Lilith e Na´amá (outra demônia) visitam os homens sem nenhuma espiritualidade e que moram sós, para manter relações sexuais com eles nos seus sonhos e produzir as suas proles. Zohar aconselha nem deixar as crianças dormir sem roupas por causa delas. Também nos ensina que, quando a criança está rindo para o nada, é porque Lilith está “flertando” com ela, e nos diz para interromper isto imediatamente. Também nos ensina sobre como nos proteger de Lilith.
  1. Os Favoritos da Sitra Achra (O Outro Lado). Sitra Achra pode ser traduzido para o "outro lado". Alguns filósofos acreditaram que todas as coisas foram criadas por e sujeitas a D´us (inclusive os demônios), mas os outros acreditam quês as coisas que são tão inexprimivelmente más tiveram as suas origens em outro reino fora da ordem de D´us, uma dimensão da maldade onde os habitantes não tem nenhum respeito a Deus em absoluto onde os habitantes são puramente maus e renunciaram completamente a Deus, existindo só para satisfazer os seus caprichos pervertidos. Diz-se às vezes que o demônio Samael (quem muitas vezes é comparado erroneamente com o Satan) viva lá. Algo da Sitra Achra seria completamente mau, malévolo, e muito perigoso. O Porco é uma criação da Sitra Achrá, e por isto D´us proibiu o seu consumo.


Nesta cena de Supernatural, nós vemos a fantástica aparição do Principe Mica´El usando sua "Vestimenta Humana" e queimando um dos "anjos rebeldes". Clique e espera o carregamento do vídeo.

Dúvidas sobre este assunto e suas alusões místicas? Escreva para:

hayklaarazuta.dmadvra@gmail.com

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Espaço Qabalat Movies: 13º Andar


Sua Realidade é uma Ilusão

"Ashton: - O que você fez com o mundo?
Douglas Hall: Desliguei" - do filme 13º Andar
Você entra em seu escritório, em um lugar especialmente separado para tal nas dependências de sua casa. Está escrevendo uma carta, usando óculos e possui uma bela caneta com a qual desenha cuidadosamente as letras sobre o papel. O desejo de tomar uma deliciosa xícara de café surge e se torna irresistível. Você se levanta e vai até outro ambiente. Enquanto caminha em direção a cozinha, ao passar pela sala, você nota a abundante chuva que cai através da janela. Você prepara seu delicioso café e quando retorna, pretende retomar a escrita da carta. É ai que você nota: a caneta não está mais em sua mão. Então começa a procurá-la. Após alguns minutos, começa a ficar pensativo, pois tinha certeza que você a segurava em sua mão.
Uma sensação desconfortante se instala no seu interior, como se a caneta houvesse simplesmente desaparecido, mudado de dimensão.
Dias se passam, e você não consegue se lembrar onde está a caneta. Durante minutos, nestes vários dias, sua mente se ocupa, com o este problema. Até que, em uma noite, você tem um sonho. Neste sonho, vê que a caneta está em uma caixa colocada em cima do guarda roupas. Você desperta do sonho, e tem uma esquisita sensação. Mas no fundo, tem também uma certeza de que a caneta está mesmo na caixa em cima do guarda roupas. Então, se levanta, sobe no velho e bom “banquinho da penteadeira”, pega a caixa, desejando que isto não seja verdade, e surpreso, encontra dentro dela a caneta que procurava por muitos dias.
O que aconteceu? A maioria das pessoas passa por experiências semelhantes a esta. A maioria as colocará de lado, simplesmente por “preguiça mental”, por não querer gastar tempo tentando encontrar uma resposta satisfatória para um acontecimento tão fora do comum.
Há uma pergunta a ser feita neste caso, desta experiência, esta é: “será que fui eu realmente quem pegou a caneta, e a pus dentro da caixa em cima do guarda roupas?”. A maioria das pessoas daria a seguinte resposta: “Talvez sim, inconscientemente”.
O que muitos não estarão percebidos, e que: “Inconscientemente” que dizer “Não Estar Consciente”, e portando, não ter sido capaz de ter pego a caneta, e tê-la posto na caixa em cima do guarda roupas. Bem, e se eu, ou você não fizemos isto, quem foi então?



Aqueles que são íntimos da Chochmat Nistar Ha´Torah (Sabedoria Escondida da Toráh) e ainda mais, aqueles que são íntimos do Sefer Yetziráh, sabem o mistério daquilo que Ha´Shem disse para Adão: "Da Árvore da Penetração do bem e do mal não comerás...". Sobre a Esferá de Da´at (Árvore do bem e do mal) o Sefer Yetziráh diz: "O seu fim está ligado ao seu começo, e o seu começo ao seu fim...", aludindo à Esfera de Malchut (reino) que é o nosso mundo, e este por sua vez é um resultado da queda de Da´at do seu lugar provocada pela desobediência de Adão.
Sim! é isto mesmo: "O seu mundo é uma ilusão!" e por esta razão este mundo é chamado "Maya (do Sanscrito "Ilusão")".
Claro que vocês se lembram do filme Matrix, pois bem, Matrix é um acrônimo de "Maya Trix" ou "Ilusão Tripla". A primeira ilusão é a física, a segunda e a psífica e a terceira e última é a espiritual, e aqui entram as religiões que controlam e dominam o mundo com suas falsas interpretações das "Kituvei Ha´Qodeshim (Escrituras Sagradas)" como resultado de uma mente corrompida.
Nesta aula assistimos ao filme “13º Andar” para compreendermos melhor os aspectos envolvidos nesta terrível verdade e obtermos a tão terrível verdade. A primeira vez que dei aula com este maravilhoso filme, foi dois anos após tê-lo visto pela primeira vez, e um dos meus alunos mais queridos, me disse: "Este filme tira a esperança da gente". Ele disse isto como resultado da compreensão de que o mundo é mesmo uma ilusão.
Descobrindo a Ilusão
Alguns dias depois desta aula e de compreender este poderoso segredo, ele chegou em casa vindo do trabalho, e cansado que estava, deitou-se e dormir sem ao menos tirar os sapatos. Sonhou que estava caminhando em um campo gramado. Ao acordar, no dia seguinte, percebendo que ainda tinha nos pés os sapatos, procedeu em tirá-los, para descobrir aterrorizado que possuía fios de capim entre os dedos dos pés.
Há um código muito importante nesta experiência, e este está escondido nos pés. Na estrutura metafísica da Árvore das vidas, os pés aludem à Esfera de Malchut que é o nosso reino físico, e portanto, ao acordar e despir os pés dos seus sapatos, Avraham (este é o nome do meu querido ALUNO), estava despindo-se desta realidade ilusória para entrar na verdadeira realidade.
"Não te chegues para cá. Tira teus sapatos dos pés porque o lugar em que tu estás é terra santa (Êxodo 3:5)".
"Quando você sonha você está acessando a verdadeira realidade, o mundo superior chamado "Zeir Anpin" ou "A pequena face de D´us". Quando você está "aparentemente acordado" você está se movendo dentro da ilusão que a Torah chama de "Árvore da Morte".
Morte é uma palavra chave para "término, esquecimento, queda", enfim, tudo aquilo que tem sua vida interrompida, foi tocada pela "Árvore da Morte" que é este mundo, e por esta razão, D´us disse para Adão: "Pois no dia em que dela comeres, certamente morrerás (Gênesis 2:17)".
Agora que você conhece parcialmente este segredo, cabe a você decidir se permanecerá dentro da ilusão, ou se fugirá para a verdadeira realidade. Pense nisto...
UMA CÓPIA DE VOCÊ PODE ESTAR LENDO ESTE MATERIAL AGORA...
...em uma outra dimensão.
"Você sabe onde estão seus óculos agora? Se você colocou a mão no rosto a procura deles, então deve assistir está aula".
Dúvidas sobre este assunto e suas alusões místicas? escreva para:

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Vamos ao Encontro da Noiva


E é chegado mais uma oportunidade de sair ao campo para encontra a Rainha Shabat, a gloriosa Shabat, a Divina Presença. Obrigado Hashem por mais uma oportunidade de Santificar a Shabat do Eterno nosso D´us.

Zohar:

"R. Abba discurrió sobre el versículo: Si apartares tu pie del Sábado, de hacer tus placeres en mi día santo, y llamaras al Sábado delicia... (Isaías péreq 58, passuq 13). Dijo: Benditos son los israelitas a quienes el Santo distinguió de entre todas las naciones para la camaradería con El y, de amor, les dio la Torá y el Shabat (Sábado). ¡El Shabat, el más santo de los días., el más reposado, el más gozoso! El Shabat que iguala en significación a toda la Torá, de modo que quien guarda el Shabat es como si guardara a toda la Torá. “Y llamarás al sábado delicia” (Isaías 58:13). Una delicia para el alma y una delicia para el cuerpo; una delicia para los que están arriba y una delicia para los que están abajo. “Y llamarás a sábado”. Llamarlo, invitarlo, como uno invita a un visitante honrado y prepara todo adecuadamente y se concentra en él, “no haciendo los quehaceres propios, ni encontrando el placer propio, ni hablando palabras profanas” (Isaías 58:13). Pues cada palabra que el hombre habla, ya sea buena o mala, produce una vibración en las esferas más altas y quien perturba la alegría del sábado profiriendo palabras profanas, trae una mancha al día santo".

Está é a porção daqueles que amam ao Sagrado, bendito seja Ele, que amam e respeitam a Shabat, e não se ocupam com coisas profanas no dia santo. Honra aqueles que mesmo na dificuldade não apartaram seus pés da Shabat do Eterno Rei de Isra´El, aqueles que mesmo na pobreza e na fome, não desviaram seus pés da Torah de Hashem, e que mesmo sendo acusados, caluniados, não se desviaram da Torah e não deram às suas bocas para dizerem coisas profanas para trazer uma mancha ao dia santo.

"Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras. Então te deleitarás no SENHOR, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do SENHOR o disse (Isaías péreq 58, 13 & 14 pessuqim)".


Shab´ta sh´lamá

Leia também...

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".

Advertência

"Todas as palavras postadas aqui tem por finalidade a revelação dos mistérios das escrituras. Por mais duras que algumas vezes possam parecer, elas não tem finalidade de agredir, difamar, caluniar quaisquer pessoas, instituições, religiões ou quaisquer práticas religiosas e seus líderes. É certo que determinadas práticas e seus respectivos lideres precisam sim serem trazidos à luz, mas através da revelação da verdade"

Tradição

"Então, aqueles que são sábios brilharão como o esplendor (Zohar) do firmamento, e aqueles que retornaram à justiça para muitos, serão como as estrelas para sempre (Dani´El Péreq 12, 3º Passuq)".

Aviso

"A Hayk´la Arazuta não possui vínculos ou ligações com quaisquer endidades "judaicas" e nem mesmo com qualquer federação. A Hayk´la Arazuta não é siosnista e não crê no sionismo. Os rabinos da Hayk´la Arazuta não possuem ligação e nem seguem ou servem ao "judaísmo rabínico". A Hayk´la Arazuta avisa que qualquer um que proferir calúnias, difamações, ataques contra a honra da Comunidade, seus lideres e membros, ameaças de quaisquer tipo, os autores serão levados ao Judiciário através de processos cíveis e criminais. Copiar, distorcer e usar pejorativamente assuntos e experiências aqui publicadas, os autores serão processados. A Hayk´la Arazuta d´Madvra é um Orgão da Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav, organização esta devidamente registrada junto ao Governo Federal Brazileiro de acordo com a Lei e possui CNPJ.".