Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

domingo, 28 de fevereiro de 2016

The Omen - A Profecia: A Verdadeira Identidade Do Anticristo


"Quando os judeus retornarem a Sião e um cometa riscar o céu, e o Sacro Império Romano se elevar, então você e eu devemos morrer. Do mar eterno ele sobe, criando exércitos em ambas as costas, virando o homem contra seu irmão, 'até que homem não exista mais".

Do filme "A Profecia (The Omen) - 1976"


Não há como instruir as almas que passaram todas suas vidas presas no sistema religioso de Edom sem nos utilizarmos de sua própria linguagem escatológica. É preciso libertar das Qlipot (cascas do mal) os escritos cabalísticos que caíram sob o domínio de Edom (Roma) para que eles possam iluminar as consciências daqueles que estão escravizados pelos grilhões da chamada Grande Prostituta, a S'firá Malchut das Qlipot chamada também de Edom que é o Antimashiach chamado no jargão cristão de Anticrtisto que é a oposição espiritual ao verdadeiro messias que é Israel, ou seja, a S'fira Malchut de Adam Ha'Rishon e que é também chamada de Malchut ha'Elohim - O Reino de Deus - na Árvore das Vidas.

Durante muito tempo busquei uma compreensão mais elevada para o afamado 666 sempre acreditando que qualquer interpretação religiosa católica romana ou cristã protestante é errada e corrompida e sempre estive correto com este pensamento. De fato, este sistema religioso corrompido que é a manifestação da religião de Edom (Malchut das Qlipot) e que é a oposição a Israel, sequer sabe o que realmente tal afamado numeral significa.

Temos que usar o Apocalipse e libertar das cascas do mal este escrito cabalístico para que ele possa iluminar a consciência do povo e permitir a libertação das almas.


SEISCENTOS E SESSENTA E SEIS
O NÚMERO DA BESTA

"Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis."


בָּזֹאת חָכְמָה מִי שֶׁבִּינָה לוֹ יְחַשֵּׁב מִסְפַּר הַחַיָּה כִּי מִסְפַּר אָדָם הוּא וּמִסְפָּרוֹ שֵׁשׁ מֵאוֹת וְשִׁשִּׁים וָשֵׁשׁ׃


Apocalipse 13:18

Na tradução para o hebraico diz "Bazót chachmá mi-she-biná (בָּזֹאת חָכְמָה מִי שֶׁבִּינָה) - Aquele que possui Chochmá (Conhecimento da Sabedoria Escondida da Torá) e possui "Biná (Compreensão Divina) calcule o número da Besta...". Aqui se está aludindo à ciência da Gimatria que é o cálculo do valor numérico do valor atribuído a cada uma das vinte e duas letras do alfabeto hebraico e não adianta usar o grego ou qualquer outra língua, porque não vai funcionar.

A Besta é uma criatura espiritual e por isso se chama no hebraico "Ha'Chayáh" e neste caso é uma alusão as Qlipot malignas, os órgão do Adão Vazio (Belial) onde as centelhas de almas da santidade foram capturadas e aprisionadas. Especificamente neste caso, a Besta é Malchut das Qlipot que é Edom chamada pelo Codename "Tzar-Ha'Mashiach (צַר המָשִׁיחַ) - Opositor do Messias" que é Edom (Malchut das Qlipot) que é a opositora do Messias que é Israel (Malchut da Santidade).

O segredo do 66 é este: Tudo o que provém das Qlipot Malignas recebe a "Marca da Besta" ou seja, a sua gimatria que é 666 que é o valor numérico hebraico de "Mi-Qlipot (מ-קליפות)" e que se traduz para o inglês "From Qlipot - Que provém das Cascas do Mal". Tudo o que possui origem lá recebe a sua marca maligna.

Tudo o que provém de Israel que é Malchut da Santidade recebe a sua Marca, o seu Estigma Santo que é 777, como, por exemplo, a expressão "Rechev Adam Yashar (רכב אדם ישר) - A Carruagem do Homem Justo" possui gimatria igual a 777 e é uma alusão à Malchut da Santidade que é chamada "Mashiach Ben David (Messias Filho de David).


TESHUVÁH

"Teshuvah  (retorno)" e que você deve saber que é "Tashuv -Hê (תשוב-ה)" o retorno das centelhas de almas e da Sefirah Malchut caídas no domínio das Qlipot de Adam Belial e que é chamada Galut  (Exílio).

תשוב-ה

Quando se fala no Retorno dos Judeus a Sião compreenda que é o Segredo do Retorno das centelhas fragmentadas de Adam ha'Rishon caídas dentro das Qlipot à Sefirah malchut a qual o Zôhar revela se chamar Sião.

O Sha'ar ha'guilgulim (O Portal das Reencarnações) também deixa claro que a "Galut (Exílio)" alude a "Shekinah (Malchut)" caída e perdida no reino das Qlipot e isso também se refere às "Dez Tribos Perdidas" que são uma alusão as "Dez Emanações de Malchut" chamadas de "Dez Tribos".

Tudo é um segredo da Reencarnação e não um convite às Senzalas da Religião, a nos tornarmos escravos dos Dogmas religiosos.

O poema acima eu retirei do filme "A Profecia" de 1976. O anticristo é uma alusão às almas de malchut de Adam Belial que é chamada Edom (Roma) e sua reencarnação no mundo de malchut de Zeir Anpin.

Você notou o que está acontecendo neste momento? Quantas pessoas no mundo estão contra o Divino e sua Torah? São pessoas reencarnadas com as almas das Qlipot de Adam Belial que são chamadas "Escória do Mundo" e que recebem o código de "Tzar ha'Mashiach (Anticristo)" pois são contra o Despertar do mundo e sua ascensão à Consciência messiânica que é a Sefirá Malchut de "Adam ha'Rishon (O Adão Primordial). Estas pessoas que são contra o "Messias (Malchut/Israel)" são chamadas também pelo código "Goyim (Gentios)" que não é um adjetivo para pessoas que não são judias, mas para as almas das Conchas que formam o corpo sinistro e vazio de Adam Belial (O Adão das Trevas)".

O Cometa já riscou os Céus e as almas de Adam ha'Rishon estão sendo reencarnadas e ambém com elas a oposição que são as almas de Edom e assim como em cada geração há uma grande centelha messiânica que aponta o caminho da Teshuvá para as almas, assim também há uma reencarnação da perversidade, da energia obscura do Adão das Trevas, de Malchut das Qlipot que é Edom e que recebe o nome de Anticristo.

No poema lemos "Do mar eterno ele sobe (se eleva)". O mar é sempre uma alusão à Sefirá Malchut que é chamada também de "Mar de Povos (almas)". 




O Artesão Da Luz