Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

sexta-feira, 25 de maio de 2018

A METAMORFOSE


A MOSCA
"UMA CONVERSA SOBRE SABEDORIA"

"Você tem medo de mergulhar na piscina de plasma, não é? Você tem medo de ser destruída e recriada, não é? Aposto que você acha que me acordou com os assuntos da carne, não é? Mas você só conhece os limites estreitos da sociedade quanto à carne. Você não pode penetrar além do medo doentio, cinzento da carne que a sociedade possui. Beba profundamente, ou não prove, a primavera do plasma! Viu o que estou dizendo? E não estou falando apenas de sexo e penetração. Estou falando de penetração além do véu da carne! Um profundo mergulho penetrante na piscina de plasma!"

Seth Brundle - A Mosca

O filme "A Mosca" é baseado na obra do autor judeu Franz Kafka chamada "A Metamorfose" sobre a qual mencionarei mais adiante. Eu tomei emprestado este diálogo do filme porque ele é sobre o despertar que só pode acontecer enquanto estamos em um corpo e o corpo é chamado de "Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal - Etz ha'Daat tov ve'rá (עֵץ, הַדַּעַת טוֹב וָרָע)". A palavra "rá (רָע) - mal" quanto sofre temurá (permutação qabalística) se transforma em "ër (עֵר)" que significa "desperto".


Alguém somente pode se tornar um desperto se tiver conhecimento e, além de tudo, conseguir romper o véu da carne e mergulhar na piscina de plasma que é a sefirá Biná na Árvore das Vidas que é a Compreensão Divina.

Por que se menciona o sexo e penetração? Porque sexo e penetração são ferramentas para se romper o véu da carne e ambas vem da mesma palavra hebraica que é "yada (יָדַע)" que é conhecimento mas que também significa "penetração". Veja o que diz a Torá Sagrada:

"E Adão conheceu Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a... (וְהָאָדָם, יָדַע אֶת-חַוָּה אִשְׁתּוֹ; וַתַּהַר, וַתֵּלֶד אֶת)..."

O verso contém muito mais do que uma mente que não pode romper os limites da carne possa imaginar. Os qabalistas permutam as letras para revelar os segredos.

"E Adão penetrou (יָדַע) o alfabeto divino (אֶת) da sabedoria e compreensão (חַוָּה) sua esposa, a Torá (וַתַּהַר) e abriu o alfabeto sagrado..."

Adão penetrou além do véu e revelou os segredos escondidos da Torá sagrada. Sei que muitos não vão compreender como extraí tudo isso de um único versículo. O segredo é a permutação. Simplesmente troque as letras de posição depois que meu espírito as viu acima.

"- Estou dizendo, sou um inseto que sonhou que era homem e amou, mas agora esse sonho acabou e o inseto está acordado".

Seth-Brundle-Fly

"Todos nós já fomos algum inseto ou animal algum dia metamorfoseados em alguma transmigração (reencarnação) e as recordações do inseto-animal ainda estão lá, no profundo da nossa psiquê, ou talvez, sejamos ainda insetos sonhando com nossa humanidade perdida algum dia..."

Bën Mähren Qadësh

Brundle-Fly
(Digitando)
"Se o segundo elemento é mosca, o que houve com ela?

Computador
-Fusão

Brundle-Fly
(Digitando)
-Assimilação?
Brundle absorveu a mosca?

Computador
-Negativo!
Fusão de Brundle e com a mosca em nível genético molecular!

Toda esta sabedoria sobre reencarnação vem da sabedoria revelada pelo Ari (Isaac Lúria) e está exposta em Sha'ar Ha'Gilgulim (Portão das Reencarnações). No inicio do filme enquanto Seth Brundle está em uma festa falando com a reporter Verônica, um neon na forma de um balão escreve "ARI".

O LOBISOMEM
אָדַם זְאֵב

Mas, o assunto não era sobre Lobisomens? Então por que inciar com citações do filme A mosca? Porque se trata de reencarnação ou, se preferir, metamorfose do humano para o animal ou para o inseto e do inseto ou animal para o humano.


Lobisomens Existem? Ou seriam uma fantasia criativa de mentes obscuras, produto de almas caminhantes da escuridão? A sabedoria da QABALAH possui narrativas sobre homens vistos no deserto se transformando em bois e bois em homens e também sobre homens transformados em símios e criaturas sinistras escondidas sob o manto das trevas. Há um verso na Torah Mishpatim (Porção que contém as sentenças sobre o karma) que diz: "E visto que vocês são um povo sagrado, carne do campo trefá (inapropriada) não comereis e o que comer deverá ser lançado aos cães (וְאַנְשֵׁי-קֹדֶשׁ, תִּהְיוּן לִי; וּבָשָׂר בַּשָּׂדֶה טְרֵפָה לֹא תֹאכֵלוּ, לַכֶּלֶב תַּשְׁלִכוּן אֹתוֹ. {ס})" - Shemot 22:30. Em Sha'ar ha'Guilgulim, o Arizal (Rabbi Isaac Lúria) pelas mãos de seu fiel aluno Chaim Vital, explica que este verso, como os outros nesta porção, e sobre reencarnação e a sentença aqui é que, aqueles que violam os preceitos serão reencarnados em cães para sofrer a reparação pela violação desta mitzvah. Aprendemos que homens podem ser transformados em cães e cães em homens assim como os bois-homens que foram vistos no deserto. E não foi sobre isto que escreveu Franz Kafka em sua novela A Metamorfose? Na qual o caixeiro-viajante Gregor Samsa e transformado num monstruoso inseto? É não é sobre este mistério o filme A Mosca que se inspirou na obra de Fraz Kafka? Pois como ensinou o Arizal, se uma mosca insiste em voar ao teu redor, não possui ela uma alma que te conhece? Assim também seriam lobisomens apenas uma lenda fantasiosa criada por algum célebre autor sob as flamas de uma vela acesa em seu rústico escritório em algum lugar na Europa medieval? 

O lobisomem é o animal que anseia por uma alma elevada (ruach) e por isso requer o sangue (porque a alma está no sangue...) e ele somente aparece em noite de lua cheia que somente acontece no décimo quinto dia do luach hebraico, noite que é chamada de "A noite de todos os justos (laila col ha'tzadiqim)" que é quando as almas dos tzadiqim estão disponíveis, elas descem ao mundo na noite de shabat e se vestem nos que observam a Torá com kavanná (introspecção) para lhes revelar os segredos da Sabedoria escondida. Então, o humano que só tem uma nefesh (alma animal), pode receber um ruach (espírito) e se transforma do animal (nefesh) no humano pois revelou segredos.

LICANTROPIA

No folclore, licantropia é a capacidade ou maldição caída sobre um homem que se transforma em um lobo. Em psiquiatria, é um distúrbio onde o indivíduo pensa ser ou ter sido transformado em qualquer animal. O termo provém do grego lykánthropos (λυκάνθρωπος): λύκος, lýkos ("lobo") + άνθρωπος, ánthrōpos ("homem").

O lobisomem é um ser lendário, com origem em tradições europeias, segundo as quais um homem pode se transformar em lobo, ou em algo semelhante a um lobo, às 21 horas de sextas-feiras de lua cheia, só voltando à forma humana novamente quando o sol nasce.



Continuará...

Autor
Deepak Sankara Veda​

O Artesão Da Luz