Projeto Jardim Do Éden

Projeto Jardim Do Éden
A Associação Qabalista Mundial – Gará Kulam Moshav, na voz do seu fundador e presidente Misha´El Yehuda ben Yisrael, lançou, em 2006, o “Projeto Jardim do Éden” cuja intenção era conseguir a doação, empréstimo ou mesmo arrecadar fundos para a compra de um Sitio ou Chácara onde será instalada a sede da sua Comunidade Mística, o Centro Brasileiro de Estudos da Qabalá. Clique na imagem, conheça o projeto e faça uma doação.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

O Evento Ufológico Do Sinai


O Salmo capítulo 68 é um dos textos hebraicos que mais possuem referências ufológicas, e hoje, possuindo ferramentas de cripto-análise, podemos verificar se realmente o episódio do Sinai, foi, como já afirmei, o maior evento ufológico já testemunhado.

"As carruagens dos deuses, ribbotaim, são duas vezes onze mil, e todas vieram com Adonai quando Ele veio ao Sinai em santidade." 

רֶכֶב אֱלֹהִים, רִבֹּתַיִם אַלְפֵי שִׁנְאָן; אֲדֹנָי בָם, סִינַי בַּקֹּדֶשׁ.

Tehilim 68:18

Muitas traduções foram feitas sobre este versículo, e aqui, minha tradução se baseia nas menções dos antigos mestres da Cabalá de que, quando os céus se abriram acima do Monte Sinai, na manhã de 6 de Sivan do ano hebreu 2448 (14 de junho de 1313 antes da era contemporânea), vinte e duas mil carruagens divinas passaram pelo "Stargate" aberto sobre o Sinai, também chamado de "A Montanha de Elohim (Har ha'Elohim)". Foi dito inclusive que, estas Chariots Of Gods, possuíam estandartes que representavam as constelações acima.


Fazendo uma cripto-análise, busquei pela ocorrência do acrônimo para OVNIs devidamente transliterado para o hebraico (עב"מים). A expectativa estatística para o surgimento de OVNIs apenas neste capítulo foi abaixo de zero, na verdade o número foi 0.83400 e, no entanto, 3 resultados se apresentaram. Estatisticamente, um milagre...

Um dos resultados é cruzado pelo versículo mencionado acima no qual os termo Rechév Elohim (רֶכֶב אֱלֹהִים) cujo significado é "Carruagens De Elohim/Deuses" e Ribbotaim (רִבֹּתַיִם) são mencionados. Sobre Ribbotaim, o Dicionário de Anjos de Gustav Davidson, publicado em 1967, explica que, este termo se refere a anjos pilotos que conduzem as Rechév Elohim, também mencionado em 3 Enoch.

O milagre dos códigos aqui é que ele confirma que os céus sobre o Sinai estavam repletos de OVNIs pilotados pelos Ribbotaim e, como mencionaram alguns dos Elders (antigos), cerca de 22.000 UFOs.


O que houve lá? Foi o que revelei no meu livro "EU QUERO ACREDITAR" que a montanha inteira foi arrancada do chão e virada de ponta cabeça sobre os israelitas e Adonai repousou os pés sobre a base da montanha. Muitos hebreu morreram ao ouvir a Voz e os Shofarot que ressoavam das carruagens e, o Zôhar diz que, um balsamo fluiu do Santo, fazendo com que as almas fossem devolvidas aos seus corpos ressuscitando os israelitas mortos.

AS TABLETES DE SAFIRA EXTRATERRESTRE

O Zôhar revela que, no crepúsculo do Sexto Dia da Criação, Elohim tomou duas gotas do "Tal (טל) que o fluído que preenche o crânio do Atiqá Qadish (Ancião Sagrado) e as endureceu e as escondeu no lugar no qual, dois mil quatrocentos e quarenta e oito anos depois, Moisés ergueria sua tenda. Mesmo assim, as Tabletes permaneceram rústicas e sem lapidação. Elas foram preparadas porque a Torá não podia ser escrita em jóias deste mundo. O Zôhar também nós conta que, assim que Moisés desenterrou as Tabletes, era foram lapidadas por Elohim através de um "ruach (vento)" que Elohim soprou e somente então, elas foram gravadas com as letras da Torá.

Isso tudo revela uma tecnologia elevadíssima e certamente, extraterrestre. Além destas menções, encontramos no Midrash que, apesar das Tabletes serem de safira e serem duras, elas podiam ser enroladas como um pergaminho.

Cada uma das Tabletes pesava uma tonelada mas, levitavam como papel ao vento, divido as letras Samech e Mem que flutuavam sobre elas.

עב"מים

Não é uma verdadeira evidência ufológica que o termo-acrônimo moderno para OVNIs no plural hebraico esteja codificado neste Salmo que foi escrito há 3.000 anos?

Compre aqui o livro 'EU QUERO ACREDITAR'

O Artesão Da Luz