Projeto Jardim Do Éden

Projeto Jardim Do Éden
A Associação Qabalista Mundial – Gará Kulam Moshav, na voz do seu fundador e presidente Misha´El Yehuda ben Yisrael, lançou, em 2006, o “Projeto Jardim do Éden” cuja intenção era conseguir a doação, empréstimo ou mesmo arrecadar fundos para a compra de um Sitio ou Chácara onde será instalada a sede da sua Comunidade Mística, o Centro Brasileiro de Estudos da Qabalá. Clique na imagem, conheça o projeto e faça uma doação.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

sábado, 19 de outubro de 2019

Tecnologia Alienígena: O Shamir


"O pecado de Judá está escrito com um ponteiro de ferro, com a unha do Shamir, gravado na tábua do seu coração e nas pontas dos vossos altares."
חַטַּאת יְהוּדָה, כְּתוּבָה בְּעֵט בַּרְזֶל--בְּצִפֹּרֶן שָׁמִיר:

Jeremias 17:1

שמיר

Descobri, na noite passada (18/10/2019), detalhes impressionantes sobre o Shamir, o vermezinho radioativo que o rei Salomão usou para "criar" o templo o qual o versículo de Melachim Alef (Iº Reis) afirma que era uma única pedra (וְהַבַּיִת, בְּהִבָּנֹתוֹ--אֶבֶן-שְׁלֵמָה מַסָּע, נִבְנָה; וּמַקָּבוֹת וְהַגַּרְזֶן כָּל-כְּלִי בַרְזֶל, לֹא-נִשְׁמַע בַּבַּיִת בְּהִבָּנֹתוֹ.).

Eu já havia publicado sobre o Shamir anos atrás no artigo O Mistério Do Cinturão De Asteroides mas conhecia sobre ele desde meados de 2002. Na shabat de 18 de outubro de 2019, penetrei o mistério.

Descobri várias referências e detalhes sobre o Shamir no Talmude, Midrash, Lendas dos Judeus etc. Todos estes textos afirmam que não havia nada duro o bastante no mundo que não pude ser cortado pelo shamir e que ele era capaz de dividir a mais dura rocha em duas e também cortar diamantes.

"O shamir, um tipo de inseto do tamanho de um grão de cevada. Quando o seguraram sobre as pedras pintadas com tinta, ele se separara. Com ele formaram as pedras do éfode e do chósen (peitoral do sacerdote) como escrito no Êxodo 28:20: Com ele, a escrita, a forma das letras gravadas nas tábuas, a inscrição, sendo lidas pelos quatro lados e as próprias tábuas foram criadas. Elas eram de safira. O comprimento delas era seis; a largura, seis, e a espessura, três, como uma pedra cujo comprimento, largura e espessura são uniformes, dividida em duas; e podiam ser enroladas e talhadas do orbe solar.”

Pirkê Avot 5

Os textos dizem que, ao ser colocado sobre uma dura superfície pintada, o shamir se divida em "micro-insetos" que eram do tamanho de um grão de cevada e que, para não destruir tudo ao seu redor, ele era guardando em uma caixa de chumbo.

Eu fiquei um bom tempo meditando sobre estas citações e depois dormir e sonhei e no sonho o segredo apareceu e ele tem apenas um nome: Nano-máquinas! Nanotecnologia

“Desde o momento em que o Primeiro Templo foi destruído, o shamir deixou de existir. Os sábios ensinaram: Este shamir é a criatura com a qual Salomão construiu o templo, como é afirmado: “Porque a casa, quando foi construída, foi construída de uma pedra inteira da pedreira (1 Reis 6: 7)."

Talmude Sotha 48b 

O shamir foi criado por Elohim no crepúsculo do sexto dia da criação (na érev shabat cósmica) junto com outras dez coisas maravilhosas, como o "peixe" que engoliu Yonáh (Jonas).

O shamir se trata de nanotecnologia e foi com ele que as pirâmides, as pedras de Puma punku, o tempo de Salomão e outras edificações milagrosas foram edificadas.

A Pirâmide De Kululkan


“Um versículo afirma: “E martelo, machado e qualquer ferramenta de ferro não foram ouvidos na casa (Templo de Salomão) quando ela estava sendo construída (1 Reis 6: 7).”

Clique

Dentro do texto hebraico no qual o versículo acima é encontrado, nós descobrimos Shamir codificado a cada 305 SAEs e que é cruzando pelo próprio versículo supramencionado.

“A Gemara responde: Como está escrito em relação à construção do Templo: “Pois a casa, quando estava sendo construída, foi construída de pedra preparada na pedreira; e não houve nem martelo, nem machado, nem ferramenta de ferro ouvida na casa enquanto ela estava sendo construída (1 Reis 6: 7)”. Salomão disse aos sábios: Como farei para que a pedra seja cortada com precisão sem usar ferro? Eles lhe disseram: Não há uma criatura chamada shamir que pode cortar as pedras e que Moisés trouxe usou para cortar as pedras do éfode?”

Gittin 68a

Deve notar e ter claro na mente que, no versículo está "pedra" no singular e não "Evenim (pedras)" no plural e portando, o templo era uma peça única escupida pelo shamir.

No ano passado, uma pessoa sonhou comigo e me escreveu para relatar o sonho no qual eu apareci para ele e lhe revelei um grande segredo sobre a edificação do Beit ha'Miqdash. Eis o sonho:

"Mishael, você apareceu para mim num sonho, no último shabat (18 de agosto), no qual me dizia que o Beit HaMikdash de Shlomoh hamelech havia sido construído a partir de uma única pedra e, a exemplo, levava-me à Etiópia para me mostrar um templo também esculpido numa única pedra. Na ocasião, você também me dizia que havia uma abertura bem no meio do Beit HaMikdash, a qual se fechava quando o povo fazia teshuvá. Foi impressionante."

Prof. Henrique Lopes

O templo em Lalibela talhado de uma única pedra

DE ONDE MOISÉS TROUXE O SHAMIR QUE USOU PARA PREPARAR O EFOD? Salomão LHES PERGUNTOU (aos rabinos): Onde é encontrado (o shamir)? Disseram-lhe: Traga um demônio masculino e um feminino e os atormente. É possível que eles saibam onde e, devido ao sofrimento, revelarão o lugar para você. Salomão trouxe um demônio masculino e um feminino e os atormentou juntos, e eles disseram: Não sabemos onde encontrar o shamir. Talvez Ashmedai (asmodeus), rei dos demônios, saiba.”

Depois de encontrar e aprisionar Asmodeus em uma armadilha, Salomão o interrogu e depois lhe respondeu:

“Não preciso de nada de você. Quero construir o templo e preciso do shamir para isso. Ashmedai disse-lhe: O shamir não foi dado a mim, mas foi dado ao ministro angélico do mar e somente sob juramento ele o devolve. E ele o dá apenas ao pássaro selvagem, também conhecido como dukhifat ou hoopoe, em quem confia pela força de seu juramento para devolvê-lo. Salomão perguntou: E o que o pássaro selvagem faz com ele? Ashmdai respondeu: Ele o leva a montanhas que não são adequadas para habitação, e coloca o shamir na rocha escarpada e a montanha se divide. E ele pega e traz sementes de árvores, as joga ali, e torna-se apto para habitação. E é por isso que interpretamos a palavra dukhifat como “um cortador de montanhas (naggar tura), ou seja, a tradução aramaica da palavra dukhifat na Bíblia é naggar tura que significa “cortador de montanhas”.


“Eles investigaram e encontraram o ninho do pássaro selvagem no qual havia filhotes, e eles o cobriram com vidro translúcido. Quando o pássaro chegou, ele quis entrar no ninho, mas não conseguiu. Foi e trouxe o shamir e a colocou em cima do vidro para o quebrar. O servo de Salomão jogou um monte de terra no pássaro e ele  derrubou o shamir . O homem o pegou e o pássaro selvagem foi e se estrangulou pelo fato de não ter cumrprido juramento retornando com o shamir e o devolvendo ao ministro angélico do mar.”

Os mesmos textos dizem que as letras nas duas tábuas de safira na qual os dez mandamentos foram esculpidos, o foram também pelo shamir e, um detalhe surpreendente é mencionado la: QUE AS SAFIRAS FORAM TALHADAS DO ORBE SOLAR! Os textos dizem também que, após a destruição do primeiro templo, o shamir deixou de existir...

Autor
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi


O Artesão Da Luz