Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

A ALMA ESTÁ NO SANGUE


Quando o mestre Chaim Vital (חיים ויטל) quer me revelar mistérios da Toráh, sua alma em mim faz elevar a minha glicose ao valor da gematria do seu nome, isso porque, foi como esta escrito "A nefesh está no sangue...".

Os médicos pensam que sou diabético, mas não o sou e minha glicemia é abaixo de 100 mg/dl. É um mistério relacionado à reencarnação da alma do Rabino Chaim Vital em mim e tudo está de acordo com a vontade dos céus e pouco me preocupa a opinião, aceitação ou não dos religiosos. D'us realizou este milagre para revelar a alma de Chaim Vital e mostrar ao mundo que ele não o desamparou privando-o da centelha de um dos Seus sábios.

Ontem, dia 21 de novembro de 2018, aconteceu novamente da minha Glikos Ha'Dam (Glicemia) subir e estacionar em 123, isso porque a alma do mestre estava despertar e queria me revelar mistérios. Ei-los:

O dia 21 de novembro é o 325º dia no ano solar e este valor contém a gematria da expressão qabalística " ve'yavô, ve'ani ihiú zocher (ויבוא, ואני יהיו זוכר)" que se traduz "Eles virão, e eu vou me lembrar (dos mistérios das vidas passadas)". Eles virão, no plural, porque Chaim Vital possui outras centelhas de almas que foram a vestimenta da sua néfesh, inúmeras vozes, um conciliábulo repleto de sabedoria. Os dias restante para findar o ano são de 40 dias, e este valor, o 40, contém a gematria do termo "Goel (גואל)" que significa "Redendor" e que alude ao nível da S'firá Biná que a pessoa alcançou e, portanto, mereceu a sua neshamá (alma divina).

O momento no qual minha Glikos ha'Dam alcançou 123 mg/dl (miligramas por decilitro de sangue) foi às 16h40, são 1000 minutos e mil se escreve Élef (אלף) cuja gematria Mispar Kollel é 112 e corresponde à gematria da palavra Yaboq.

Yabóq
O Segredo Do Número 112
Sha'ar Ha'Guilgulim 
Ha'Qadmá 18

"Nesse momento (da transmigração da Neshamáh) a pessoa é chamada de "Homem Completo (Adão)". Isso é dito sobre a pessoa que mereceu e alcançou uma Neshamáh de Briáh sobre a qual brilha o nome Eheyêh (אהיה) e quando, o Nome Adonai (אדני) que reluz sobre a Nefesh[5], o Tetragrammaton (יהוה) que ilumina sobre o Ruach[6] e o Nome Eheyêh que cintila sobre a Neshamáh se conectam dentro da pessoa, resultam na gematria (númerologia) de Yabók  (י"קב) que é 112 e nessa hora ele se tornou Desperto, o Buda, o Cristo, o Messias (Adão). E sobre ele é dito "Salva-nos, ó Adonai! Responde-nos, ó nosso Rei, no dia em que Te invocarmos!" E essas palavras são as iniciais em hebraico de Yabóq. E nesse momento a pessoa estará com a Néfesh de Assiá, com o Rúach de Ietzirá e com a Neshamá de Briá".


Sha'ar Ha'Gilgulim ha'Qadmá 18

A data foi 21/11, e 21 é a gematria do Nome Eheyêh que brilha sobre a Neshamá, conforme revelado acima e o número 11 se escreve echad ésser (אַחַד עָשָׂר‎) cuja gematria é 583 que é a mesma de Rav Misha'Ël que sou eu e, não por acaso, meu nome civil é Paulo (פאולו) cuja gematria (numerologia qabalistica) é a mesma de Chaim Vital, 123! Além desse resultado, 583 é também a gematria de "Elul, ha'eitanim (אלול, האיתנים)" que se traduz "Elul, o poderoso" e que me fez lembrar um sonho que me foi dado sobre Elul para me revelar a centelha de Vital em mim. O sonho está publicado no meu livro "Supernatural - Entre Anjo & Demônios - Guia não oficial da Série de Tevê - publicado no Brasil pela Editora Gryphus.



Por que Elul? Porque Elul contém o segredo de Chaim Vital e que estava escondido em Sha'ar Ha'Gilgulim na Introdução 38 na qual o Mestre Arizal revela ao Rabino Chaim Vital que seu dia, de acordo com a raiz da sua alma, era o dia 13 e a mim foi revelado que o mês era o de Elul, porque Elul contém as iniciais de "Ani Le'Dodi Ve'dodí Lí (אֲנִי לְדוֹדִי וְדוֹדִי לִי)" cuja gematria do passuq (verso) é igual a 185 que é a mesma gematria de "Ani Chaim Vital (אני חיים ויטאל)" que se traduz "EU SOU CHAIM VITAL." Bendito seja ó Atiqá Qadishá e Sua tara'a, que revelam os mistérios. 

Razá Ila"ah
Bën Mähren Qadësh

O Artesão Da Luz