O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Shearim: Portais Para A Terra Oca


A existência da Terra interior não deve ser uma surpresa para ninguém. Esse conhecimento tem sido sabido há muito tempo em culturas antigas por milhares de anos, mesmo se expandindo pelos oceanos. Mesmo os antigos Hopis americanos nativos sabem desses lugares. Mesmo no domínio da ciência, houve alguns nomes famosos que abraçam o que se tornou conhecido como a teoria da Terra oca. Tais cientistas incluem, entre outros, Sir Edmund Halley, famoso pelo cometa que recebeu o nome de sua descoberta, cometa de Halley.

A existência da Terra interna ou oca é muito mais do que uma mera declaração teológica feita pelos sábios da Torá. Houve numerosos encontros entre os seres humanos da superfície e os numerosos outros tipos de vida que habitam os reinos internos. Nem todos esses encontros foram benignos. Nossos sábios esboçaram que a Terra interna é realmente dividida em sete seções que em hebraico são chamadas de Sheva Artzot. Estes são enumerados em detalhes no Zohar. Enquanto alguns dos modernos Rabis querem descrever o Sheva e Artzot como sendo todas massas terrestres aqui na superfície da Terra, aqueles que proclamam isso o estão fazendo de forma falsa. Eles não estão lendo o que nossos sábios ensinaram ou estão mentindo sobre o que nossos sábios ensinaram. O Jardim do Éden é dito ser apenas um dos muitos locais na Terra Interior. O Zohar ensina que foi aqui que Adão se materializou na Terra; Era do domínio mais central (Éden) na Terra Interior e da qual ele fora expulso (deportado). Foi em outros domínios na Terra Interior que ele viveu e que Cain e Abel nasceram. Foi afirmado que Adão deixou inúmeras outras progênies em toda a Terra ao longo dos séculos de sua vida (930 anos). O Zohar diz que muitos que escaparam da destruição da Torre de Babel fizeram isso se mudando para a Terra Interior. O intra mundo foi explicado como sendo o domínio dos anjos caídos - os Nefilim - mencionados em Gênesis capítulo seis. A Terra interior também é o domínio de muitos animais que há muito consideramos mitológicos, como o unicórnio, a fênix, o minotauro, o centauro e o dragão, os habitantes da Terra Oca foram revelados como existindo em muitas formas e tamanhos diferentes, o que chamaríamos de gigantes, ou como escreveu e publicou o autor de O Senhor Dos Anéis, os Hobbits; na verdade, até mesmo foi explicado como sendo uma espécie um ser humano com duas cabeças. Todas essas coisas são proclamadas pelos nossos sábios como fisicamente reais. O Zohar afirma que o Jardim do Éden é um verdadeiro lugar físico existente no Interior do planeta.

No "Jardim" o Zôhar afirma que existem inúmeros "palácios". Isso indica que o Jardim não é uma mera localização botânica, mas sim, um domínio construído semelhante a uma cidade moderna. Um dos "palácios" no Jardim é o Palácio de Mashiah (Messias). O Zohar ensina que Mashiah reside aqui no intra mundo e, a partir daqui, recebe "poderes e habilidades muito além dos homens mortais". É daqui no Jardim interior que Mashiah se dirige para a Terra Exterior para lutar as guerras de HaShem e conquistar a superfície para Ele.

A Entrada Para O Jardim Do Éden



Há um grande mistério escondido na história da Torá sobre o enterro de Sarah esposa de Abraão. Este mistério não é apenas mais uma lição religiosa mística filosófica "mambo-jambo" chata que nos faz querer bocejar. Não, esse mistério é sobre uma realidade geológica e geográfica, falada há séculos na literatura da Torá e ecoou na literatura de inúmeras culturas de todo o mundo. O que estou falando é que o Jardim do Éden é um verdadeiro lugar físico e o segredo da sua localização real. Então, onde está o Jardim? É a pergunta que você deve fazer? E quem está morando lá agora? Para responder a essas perguntas, vamos aprofundar na investigação da Torá, do momento da morte de Sara até o lugar de seu enterro, a "dupla" Caverna de Macpelá em Hebron. A história da Torá é bem conhecida; Sarah, a amada esposa de Abraão, mãe de Yitzhak, morre na idade madura de 127 anos. Abraão, rico como ele era, ainda não possuía nenhuma propriedade em sua pátria recém-adotada, em seguida chamada de Canaã (hoje em dia Israel). Naqueles dias, não havia cemitérios. Os mortos eram geralmente colocados em cavernas que eram seladas e protegidas como túmulos familiares. Abraão procurou comprar tal caverna para uma herança familiar, onde mais tarde ele seria enterrado ao lado de seus filhos e netos. A Caverna dos Patriarcas em Hebron ainda é um lugar venerado até hoje. Agora, de todas as cavernas da região, por que Abraão escolheu essa especificamente, conhecida como Macpelá. Enquanto o texto da Torah escrita não aprofunda a questão, a Tradição Oral que remonta a esses dias nos traz enormes detalhes, sem os quais muito da Torah escrita nunca será entendida. A Torá Oral proclama uma história repetida em muitos comentários da Torá. De acordo com a lenda do Midrash, que pode ou não ser histórica, Abraão estava cuidando ovelhas um dia, quando uma delas fugiu. Ele a seguiu pelas colinas e entrou numa caverna. Ao entrar na caverna Abraão foi dominado pelas fragrâncias doces vindas do fundo da caverna. Ele entra mais para o fundo e, para sua surpresa, ele descobre que há uma segunda caverna dentro da primeiro e dentro desta segunda caverna estavam enterrados um homem e uma mulher cujos corpos não haviam se decomposto. Impressionado com isso, Abraão ora a Deus pedindo por respostas, o que era esse lugar e quem estava enterrado lá. O corpo masculino então se senta e fala, dizendo a Abraão que ele é Adão e que esta caverna é o caminho de entrada para o Jardim do Éden. Esta caverna era a caverna de Macpelá e esse episódio era o motivo pelo qual Abraão especificamente desejou adquiri-la para o seu próprio túmulo para os seus entes queridos. Então, esta é a história. Agora, nos deixe colocar a legenda de lado e fazer as perguntas necessárias. Se houver alguma legitimidade para Macpelá ser um caminho de entrada para o Éden, como isso é fisicamente possível? Jardins são colocados onde as árvores crescem e a flora floresce. Mas estes exigem a luz do sol para que eles cresçam. Todos sabemos que as cavernas são buracos na terra, algumas bastante profundas, algumas indo quilômetros e quilômetros terra adentro, e ainda o que todos elas compartilham é que estão profundamente subterrâneas sem qualquer exposição à luz solar.

Não se pode ter um Jardim crescendo em uma caverna. Como então a caverna de Macpelá é o caminho de entrada para o Jardim do Éden? Onde na Terra está o Jardim, ou talvez seja melhor perguntar onde dentro da Terra está o Jardim. Os sábios da Torah reconheceram que o Jardim do Éden é uma localização física em algum lugar da Terra. Desde os tempos mais antigos, a Caverna de Macpelá foi associada ao Jardim e é reconhecida como sendo a sua entrada. Mais uma vez, se há mais do que uma lenda para isso, onde está o Jardim? Para responder a isso, devemos investigar um dos maiores segredos guardados pelos sábios da Torá. Não há melhor maneira de revelá-lo além de ser direto e definitivo. Há uma Terra Interior e o Jardim do Éden está no centro da Terra a centenas de milhas abaixo, diretamente embaixo da Caverna de Macpelá. A proclamação surpreendente está afirmada de forma tão clara no Zohar e em outras fontes antigas.

Portais Para Outros Universos

Cada uma destas sete terras abaixo possui um portal que conduz a cada um dos sete outros universos. Estes universos foram revelados no artigo "Adão & Marte". Abaixo, a tabela com os universos, seus céus, terras, planetas, etc.

Universo
Céus
Terras
Sefirá
Day
Planeta
7
Qodesh há’Qodashim
Vilon
Erets
Chessed
Domingo
Júpiter
6
Ratson
Rakia
Adamá
Guevurá
Segunda
Mars
5
Ahavá
Shechakim
Arqa
Tiféret
Terça
Sun
4
Zechut
Zevul
Charva
Netzach
Quarta
Venus
3
Nogáh
Maón
Iabasha
Hod
Quinta
Mercúrio
2
Etsem Shamayim
Machon
Tevel
Iesód
Sexta
Lua
1
Livnat há’Sapir
Arvot
Chalad
Malchut
Sábado
Earth


Sheva Artzot - O Código

Sem mais delongas, vamos ao que nos interessa de imediato que é um código enigmático que encontramos no Tana'k e que muito nos surpreendeu:


Clique Para Ampliar

Elegemos "Sheva Artzot (שְׁבַע אַרְצוֹת)" como termo central e buscamos em toda a Bíblia. Sete resultados se apresentaram e num deles havia uma menção criptográfica que jamais poderia ser ignorada: Jeremias 10 versículo 11.

"Assim lhes direis: Os deuses que não fizeram os céus e a terra desaparecerão da terra e de debaixo deste céu".

כִּדְנָה, תֵּאמְרוּן לְהוֹם, אֱלָהַיָּא, דִּי-שְׁמַיָּא וְאַרְקָא לָא עֲבַדוּ; יֵאבַדוּ מֵאַרְעָא וּמִן-תְּחוֹת שְׁמַיָּא, אֵלֶּה.

Um outro enigmático verso cruza Sheva Artzot e afirma todo este assunto que revelamos aqui. Ele se encontra no livro de Ezequiel:

"E o príncipe entrará pelo caminho do vestíbulo do Portal, por fora, e permanecerá junto da ombreira do Portal; e os sacerdotes prepararão o holocausto, e os sacrifícios pacíficos dele; e ele adorará junto ao umbral do Portal, e sairá; mas o Portal não se fechará até à tarde". 

וּבָא הַנָּשִׂיא דֶּרֶךְ אוּלָם הַשַּׁעַר מִחוּץ, וְעָמַד עַל-מְזוּזַת הַשַּׁעַר, וְעָשׂוּ הַכֹּהֲנִים אֶת-עוֹלָתוֹ וְאֶת-שְׁלָמָיו, וְהִשְׁתַּחֲוָה עַל-מִפְתַּן הַשַּׁעַר וְיָצָא; וְהַשַּׁעַר לֹא-יִסָּגֵר, עַד-הָעָרֶב.

Ezequiel 46:2

O mais incrível é que, dentro do código central "Sheva Artozt (שְׁבַע אַרְצוֹת)" o termo "Sha'ar (שַּׁעַר)" que é Portal está codificado.

שְׁבַעאַרְצוֹת

E, para encerrarmos este assunto, vamos falar sobre "Arka - O Portal para Marte": No código que encontramos, o termo central que elegemos foi "Sha'ar Maadim (שַּׁעַר מַאֲדִים) - Portal de Marte" e que surgiu com Arka conectado a ele.


O Homem De Arka 

Em alguns programas dos quais participei e fui entrevistado pela querida Cris D Paschoal II, revelei que Alienígenas vieram, permaneceram e estudaram Torá com os sábios de Israel na antiguidade. No programa no qual falei sobre o Stargate, revelei pela primeira vez, sobre o Alien que veio através do Stargate de Bavel e aqui, hoje, vou escrever sobre o Alienígena Intra terreno que veio aprender com os Rabis. O relato encontra-se no Zôhar, na Porção Vayetzê e ele foi chamado de "O Homem de Arka". Ei-la: "Rabi Yosi e Rabi Chyia estavam caminhando enquanto falavam os mistérios da Torá. Sentaram-se diante de uma fenda em uma rocha quando foram surpreendidos por um homem apareceu diante deles. Rabi Yossi perguntou: Quem é você? O homem respondeu: Eu sou do Povo de Arka. Quando perguntado, Existem pessoas lá? Ele disse: Sim, e eles costuram e colhem. Alguns são de uma forma estranha que é diferente de mim. Eles têm duas cabeças. Eu vim até você para aprender o nome da terra em que habitam. Ele disse: Ela é chamada de "terra" (Heb. Eretz), porque é a terra dos vivos, como está escrito: "Quanto a terra (Eretz), dela procede o pão (Iyov 28: 5)". Pão vem da terra. Outras terras não têm pão ou, se o fizerem, não é um dos sete tipos de sementes". Este relato foi escrito há dois mil anos no Zôhar e eis nele uma pista do porque os Cripto Agroglifos (Circulos em Plantações) são feitos em suas grande maioria em campos de trigo e plantações de milho; Tais aliens não possuem tais sementes para fazer pão. Arka é um dos sete nomes de uma das sete terras intra terrenas que foi inclusive mencionada em uma super produção de cinema chamada "Doom". Quando revelei que os cripto agroglifos tem mensagens sobre a sabedoria divina que tais aliens deixam, existem provas, porque eles a aprenderam com os Rabis do Zohar e do Talmude.

A Terra De Nód

"E saiu Caim de diante da face do Senhor, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden (וַיֵּצֵא קַיִן, מִלִּפְנֵי יְהוָה; וַיֵּשֶׁב בְּאֶרֶץ-נוֹד, קִדְמַת-עֵדֶן.)".

Gênesis 4:16

"O rabino Yitzchak disse: Venha e veja: quando Caim matou Abel, ele não sabia como sua alma poderia deixá-lo, isto é, que, por meio de suas ações, ele poderia, com efeito, extrair a alma de Abel e matá-lo. E ele estava mordendo-o com os dentes, como uma serpente. Naquele instante, o Santo, abençoado seja ele, amaldiçoou Caim. Ele vagou em todas as direções, mas nenhum lugar o aceitou até que ele bateu na cabeça e se arrependeu diante de seu Mestre. Então a terra o recebeu em um dos compartimentos inferiores, porque seu arrependimento não era completo e, portanto, não era aceito neste mundo".

"Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará (הֵן גֵּרַשְׁתָּ אֹתִי הַיּוֹם, מֵעַל פְּנֵי הָאֲדָמָה, וּמִפָּנֶיךָ, אֶסָּתֵר; וְהָיִיתִי נָע וָנָד, בָּאָרֶץ, וְהָיָה כָל-מֹצְאִי, יַהַרְגֵנִי.)".

Gênesis 4:14

"De acordo com o rabino Yitzchak, no entanto, a Terra só aceitou Caim a um nível abaixo dele, como está escrito: "Eis que hoje me lanças da face de Adamá (Gênesis 4:14)". Ele foi expulsado da face da terra (Adamá), mas não de debaixo dela. Ele foi levado pelo compartimento inferior embaixo. Assim, o rabino Yitzchak discordou da interpretação do rabino Yosi. A posição do rabino Yitzchak era que Caim foi admitido apenas no nível inferior. Por quê? Porque seu arrependimento era incompleto". Ele perguntou: "E em que lugar a terra o admitiu?" E ele respondeu, em Arka, que é um dos sete níveis físicos da terra. De todos os que residem ali, está escrito: "Estes perecerão da terra e de debaixo dos céus" (Yirmeyah 10:11)". Ali, ele estabeleceu seu lugar de vida. Este lugar é referido nas palavras: "E habitou na terra de Nód a leste do Éden (Gênesis 4:16)". Isso alude ao compartimento inferior chamado "Arka". Este compartimento também é chamado de "Nod" porque os moradores têm duas cabeças e balançam de um lado da escuridão para o outro lado da luz".

Zôhar Bereshit B

Os Portais são mencionados também em "Legends Of The Jews (Lendas dos Judeus)" as quais reproduzo aqui:

"Correspondendo aos sete céus, Deus criou sete terras, cada uma separada da próxima por cinco camadas. Sobre a terra mais baixa, a sétima, chamado Erez (ארץ), situa-se sucessivamente o abismo, o "Tohu ve'Bohu", o mar e as águas. Então a sexta terra é alcançada, a Adamá, a cena da magnificência de Deus. Do mesmo modo, Adamá está separada da quinta terra, Arka (Jeremias 10:11), que contém o Gehenna (Inferno), e Sha'arêi Mawet (Portais da Morte), e Sha'arêi Zalmawet (Portais do Vale da Sombra da Morte) e Beer Shahat, Tit ha-Yawen, o Abaddon e o Sheol, e lá as almas dos ímpios são guardadas pelos Anjos da Destruição. Da mesma forma, Arka é seguida por Harabáh, o deserto interior, o lugar dos ribeiros e córregos, apesar do seu nome. A próxima é chamada Yabbasháh, o continente, contém os rios e as nascentes. Tevel, a segunda terra, é o primeiro continente habitado por criaturas vivas, trezentas e sessenta e cinco espécies, todas essencialmente diferentes da nossa própria terra. Algumas têm cabeças humanas colocadas sobre o corpo de um leão, ou uma serpente, ou um boi; outros têm corpos humanos cobertos pela cabeça de um desses animais. Além disso, Tevel é habitada por seres humanos com duas cabeças e quatro mãos e pés, de fato com todos os órgãos dobrados, exceto apenas o tronco. Às vezes acontece que as partes dessas duplas se contestam, especialmente quando comem e bebem, quando cada uma reivindica as melhores e maiores porções para si. Esta espécie da humanidade é distinguida por grande piedade, outra diferença entre ela e os habitantes da nossa terra". Excerto de "Legends Of The Jews 1:1 

Nota: Sobre Tevel, encontramos no Tehilim (Salmos) 98 versículo 9 "julgará Tevel com justiça e os povos com equidade (לִפְנֵי יְהוָה-- כִּי בָא, לִשְׁפֹּט הָאָרֶץ: יִשְׁפֹּט-תֵּבֵל בְּצֶדֶק; וְעַמִּים, בְּמֵישָׁרִים)"

SÓD HA'GEMATRIOT

Inúmeros segredos se escondem dentro dos valores numerológicos das letras, palavras, frases e expressões em hebraico. Tomando por base o plural de Sha'ar (Portal) que é Shaerêi (Portais) e usando como exemplo o termo para a terra de onde Adão foi formado, Adamá, nós teremos "Shaerêi le'Adamá (שערי לאדמה)" e a sua gematria é igual a 660 que é o mesmo valor das letras "mem, rêsh, vav e zayin (מם ריש ואו זן)" quando soletradas e que são as letras iniciais do nome Meroz. Mas, o quê ou quem é Meroz?

"Desde os céus pelejaram; até as estrelas desde os lugares dos seus cursos pelejaram contra Sísera (מִן- {ר} שָׁמַיִם, נִלְחָמוּ; {ס} הַכּוֹכָבִים, מִמְּסִלּוֹתָם, נִלְחֲמוּ, עִם- {ר} סִיסְרָא.)". 

Juízes 5:20

O Tana'k nos diz que houve uma batalha nos céus contra um invasor celeste chamado Sisrá e que todos os planetas guerrearam contra ele, lutando por suas órbitas, e mais à frente lemos:

"Amaldiçoai a Meroz, diz o anjo do Senhor, acremente amaldiçoai aos seus moradores; porquanto não vieram ao socorro do Senhor, ao socorro do Senhor com os valorosos".

אוֹרוּ מֵרוֹז, אָמַר מַלְאַךְ יְהוָה--אֹרוּ אָרוֹר, {ר} יֹשְׁבֶיהָ: {ס} כִּי לֹא-בָאוּ לְעֶזְרַת יְהוָה, {ס} לְעֶזְרַת {ר}


Juízes 5:23

O talmude diz que Meroz era uma estrela e seus moradores o seu campo planetário e que não vieram ao socorro de Israel (a terra). Seria Meroz Marte?




Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas

Baseado Em
OUT OF THE BOTTOMLESS PIT
Zôhar
Midrash
Talmude

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".