Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

sábado, 19 de agosto de 2017

Jonas & O Grande Peixe


"O diabo ama mistérios não revelados" 

- do Filme "No Coração Do Mar". 

Venha, Leia e contemple este grande mistério: "É disseram para ele: Conta-nos, rogamos-te, porque este mal sobreveio sobre nós (וַיֹּאמְרוּ אֵלָיו--הַגִּידָה-נָּא לָנוּ, בַּאֲשֶׁר לְמִי-הָרָעָה הַזֹּאת לָנוּ:)" - Yonáh 1:8 Compreenda! Ao implorarem a Jonas, os marujos usam o termo hebraico "ha'guidáh (הַגִּידָה) que se refere a um "mistério escondido em uma história, numa parábola". Ha'guidáh significa "dar a conhecer o que dantes estava escondido". Por exemplo, em Shofetim (Juízes) capítulo 16 versículo 13, lemos: "E disse Dalila a Sansão: Até agora zombaste de mim, e me disseste mentiras; declara-me  (הַגִּידָה) pois, agora, com que poderias ser amarrado?". Note que  coloquei entre parênteses o termo hebraico que ela usou que foi "ha'guidáh", porque ela requiriu dele que lhe revelasse o seu segredo. Outro exemplo do uso do mesmo termo nós encontramos em Iº Samuel 14 versículo 43: "Disse então Saul a Jônatas: Declara-me (הַגִּידָה) o que tens feito. E Jônatas lho declarou, e disse:".

Quando eles perguntam do "mal" que recaiu sobre eles, usam o termo hebraico "ha'ra'áh ha'zot (הָרָעָה הַזֹּאת)" que é feminino. Primeiro, ha'ra'áh (הָרָעָה) por temurá (permutação cabalística) se transforma em "ha'eráh (הֶעֱרָה)" que se traduz para "descobrir, tornar nu" e "ha'zot (הַזֹּאת)" alude a malchut na Árvore das Vidas (עץ החיים) e que é a Toráh Escondida. O Zôhar declara em Parashat Tzav sobre "Zêh (זֶה)" e "Zót (זֹאת)". Zêh é masculino e se refere à Zeir Anpin - A Face Curta de D'us na Árvore Sefirótica (chessed, guevurá, tiféret, netzach, hód e yesód) e Zót é malchut que é a Torá neste mundo.

O que os marujos estavam pedindo? "Conta-nos o segredo, nos revela este mistério, descobre para nós a Torá!".

Veja e contemple: "E preparou Adonai um grande peixe para engolir Jonas, e esteve Jonas no ventre do peixe três dias e três noites (וַיְמַן יְהוָה דָּג גָּדוֹל, לִבְלֹעַ אֶת-יוֹנָה; וַיְהִי יוֹנָה בִּמְעֵי הַדָּג, שְׁלֹשָׁה יָמִים וּשְׁלֹשָׁה לֵילוֹת)" - Yonáh 2:1. O peixe é a letra aramaica "Nun (נוּן)" que significa "peixe", é a letra da consciência messiânica e a inicial da palavra "nistar (נסתר)" e que alude à Sabedoria Escondida da Toráh. Jonas é a Era Messiânica. 

A letra Nun vem depois da letra Mem (מֹם) mem, as águas do mar, e que é o meio natural da letra nun que é o peixe. O nun "nada" no mem coberta pelas águas do "mundo oculto". As criaturas do "mundo oculto" carecem de autoconsciência, de serem reveladas. Estas criaturas do mundo oculto são chamadas "chayot (חַיּוֹת) - seres viventes" Ao contrário dos peixes, animais terrestres estão revelados na face da Terra, estão visíveis e possuem autoconsciência. Os peixes precisam ser "pescados" para que seja vistos.

O Zõhar declara que  a letra mem criou as águas (מַיִם) e também a Torá e, portanto, a Torá é chamada "águas" e "mar". Mem é a inicial de malchut (מַלְכוּת) e a gematria de malchut que é 496 é a mesma de Leviathan (לִוְיָתָן) que é a Torá que esconde o mistério que é a letra nun.

"O peixe disse a Jonas, não sabe que o meu dia chegou de ser devorado pela boca do Leviatã? Jonas respondeu ao peixe: Leve-me ao lado dele (do Leviatã), e eu vou libertar-me e também a você da sua boca. O peixe o trouxe ao lado do Leviatã. e Jonas disse ao Leviatã: Na sua conta, desci para ver a sua morada no Mar, pois, além disso, no futuro, irei descer novamente e colocar um anzol em sua língua, e eu irei te pescar e preparar você para grande banquete dos justos (tzadiqim)".

Pirkê d'Rabbi Eliezer

As almas dos tzadiqim realmente consumirão a própria raiz da consciência de nosso nível atual de alma, para integrar (digerir) em um nível de consciência totalmente novo e superior que dantes estava escondido.

Contemple este maravilhoso mistério o qual dantes não fora revelado: "E falou Adonai ao peixe; e vomitou a Jonas em terra firme (וַיֹּאמֶר יְהוָה, לַדָּג; וַיָּקֵא אֶת-יוֹנָה, אֶל-הַיַּבָּשָׁה.)" - Yonáh 2:11 

Venha comigo, e penetremos juntos esta revelação: Três dias e três noites são 72 duas horas e o valor 72 alude ao Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes de D'us - os quais Moshê usou para abrir o mar. O peixe é o mistério do messias, o revelador dos segredos divinos e Jonas que é Elias é a própria Era Messiânica que vem a terra novamente (reencarnação) trazendo a revelação da Tecnologia da Alma e a inauguração da Era do Messias, o Despertar Crístico da humanidade.

A letra nun (נוּן) é a décima quarta letra do alef-beit e quatorze é o valor numérico de "David", o progenitor do Reino eterno de Israel (consciência) que é malchut - a carruagem da consciência messiânica global. O herdeiro de David é Mashiach ben David (o mundo todo iluminado, desperto). Nossos Sábios nos ensinam que um dos nomes do Mashiach é Yinon (יִנּוֹן) que signfica "ele irá governar". O tehilim 72 verso 17, diz: "O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão Yinon (יְהִי שְׁמוֹ, לְעוֹלָם-- לִפְנֵי-שֶׁמֶשׁ, ינין (יִנּוֹן) שְׁמוֹ:)".

Jonas é uma tradução latina para "Yonáh (יוֹנָה)". A letra "Hê (ה)" de "Yonáh" possui gematria Ayak Bachar (אי"ק בכ"ר) igual a 50 que é o valor da letra "nun (ן)". Ao aplicarmos temurá (permutação cabalística em "Yonáh (יוֹנָה)" e permutando a letra "Hê (ה)" através de Ayak Bachar Yonáh se transforma em "Yinon (יִנּוֹן)". Jonas é a Era messiânica.

"E eles lhes respondeu: "Nenhum sinal vos será dado, senão o do Profeta Jonas". 

- Matitiahu 12:39. 

Vamos e nos regozijemos, pois a Era Messiânica é chegada, a Era do Despertar e da Iluminação, a Era de Aquário (águas), a Era na qual todos seremos Cristos.

Autor
Dipankara Vedas
Bän Mahëran Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi


O Artesão Da Luz