O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Os Arautos Da Era Messiânica: A Estrela De Balaão


O C/2011 L4 (PANSTARRS) é um cometa não periódico descoberto em junho de 2011 que se tornou visível a olho nu quando estava perto do periélio (máxima aproximação do Sol) em março de 2013. Ele levou milhões de anos atravessando o nosso sistema solar a partir da nuvem Oort - a casa dos cometas . Depois de sair da região planetária do Sistema Solar, o período orbital pós-periélio, é estimado que nós somente o voltaremos a ver em cerca de 106.000 anos. 

Cometas não-periódicos não extremamente exóticos e enviados pelo Criador do universo para cumprir uma única missão. Toda estrela, cometa e planeta é uma "veste angélical" e por isto são chamados de "corpos celestes". 

"Fogo e barad (meteoritos), neve e vapores, e vento tempestuoso executa a palavra d'Ele (אֵשׁ וּבָרָד, שֶׁלֶג וְקִיטוֹר; רוּחַ סְעָרָה, עֹשָׂה דְבָרוֹ.)" - Salmos 148:8 

"Um cometa é um corpo menor do sistema solar que quando se aproxima do Sol passa a exibir uma atmosfera difusa, denominada coma, e em alguns casos apresenta também uma cauda, ambas causadas pelos efeitos da radiação solar e dos ventos solares sobre o núcleo cometário". 

- Wikipédia 

Reinterpretemos o verso: "Radiação e meteoritos, neve e vapores, vento tempestuoso executa a palavra d'Ele".



"Os núcleos cometários são compostos de gelo, poeira e pequenos fragmentos rochosos, variando em tamanho de algumas centenas de metros até dezenas de quilômetros". 

- Wikipédia 

Os fragmentos rochosos de um cometa compõem a sua cauda junto com os vapores liberados pelo aquecimento do núcleo cometário pelos ventos (radiações) solares e que formam a trilha que ele deixa ao cruzar o sistema solar. 

Como um cometa executa a palavra d'Ele? As estrelas e constelações são as letras do alfabeto celeste e ao cruzá-las o cometa deixa uma mensagem que poderá ser lida pelos iniciados na Sabedoria Escondida. 

Scorpion é a Letra "Nun" do Alfabeto Estelar

Como eu conheço este místério? Fui instruído pela alma do Dr. Immanuel Velikovsky e pela faísca do Anjo Metatron e também pelo Zôhar Sagrado. 

O Zôhar (O Livro Selado), se inicia, na Porção Balak, parágrafo 501 citando a profecia de Bilaam (Balaão) - o mago de um só olho: "Vê-lo-ei, mas não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto; uma estrela procederá de Jacó e um cetro subirá de Israel (אֶרְאֶנּוּ וְלֹא עַתָּה, אֲשׁוּרֶנּוּ וְלֹא קָרוֹב; דָּרַךְ כּוֹכָב מִיַּעֲקֹב, וְקָם שֵׁבֶט מִיִּשְׂרָאֵל)" - Bamidbar (Nùmeros) 24:17. 

O Zôhar então, comenta: "Porque alguns desses assuntos se tornaram realidade naquele tempo e alguns deles são para os tempos futuros, no período do Rei Messias (Era Messiânica). Aprendemos que o Santo, abençoado seja Ele, reconstruirá Jerusalém (espiritualmente) e exibirá uma estrela fixa se movendo através de setenta constelações..." - 



A tradução e comentários entre parênteses, são meus. A seguir, na mesma Porção (Parashá), no parágrafo 502, o Zôhar fornece uma profunda elucidação para a identificação desta estrela misteriosa que foi profetizada pelo mago Bilaam há 3.300 anos: 

"No sexto dia, no vigésimo quinto dia do sexto mês, a estrela se tornará visível. Eles estão reunidos no sétimo dia no final de setenta dias". 

Qual a elucidação destas palavras proféticas no Zôhar Sagrado, o Livro Selado de Daniel? Antes de esclarecer este trecho é preciso esclarecer um outro excerto na mesma Porção: 

"No primeiro dia, ela será vista na cidade de Roma e, naquele dia, três muros superiores cairão na cidade de Roma, e o grande palácio que está lá cairá. O governador daquela cidade morrerá. Então essa estrela se espalhará e se estenderá para ser vista no mundo inteiro". 


No dia 16 de fevereiro de 2013, um terremoto magnitude 4.8 atingiu a cidade de Roma e no mesmo dia o Sumo Pontífice, o Papa Bento XVI anunciou a sua renuncia papal. Sua morte espiritual estava decretada. No dia 28 de fevereiro o cometa PanStarrs se tornou visível a olho nu e na mesma noite o Papa Bento VXI renunciou ao seu pontificado fazendo surgir a necessidade urgente de um novo conclave para a escolha de um novo Sumo Pontífice. Voltemos agora no inicio do parágrafo 502: 

"No sexto dia, no vigésimo quinto dia do sexto mês, a estrela se tornará visível. Eles estão reunidos no sétimo dia no final de setenta dias (na cidade de Roma)". 

O mês hebreu de Adar é o décimo segundo a partir do primeiro mês que é Nissan e o sexto mês a partir de Elul que é o sexto a partir de Nissan. O dia 25 de Adar caiu numa quinta feira, dia 7 de março de 2013. E o que lemos nos jornais neste dia? 

"O último cardeal que participará do conclave para eleger o sucessor de Bento 16 chegou em Roma nesta quinta-feira (7). O vietnamita Jean-Baptiste Pham Minh Man compareceu, na tarde desta quinta-feira (7), à quarta reunião pré-conclave no Vaticano depois que seu avião aterrissou na Itália nesta manhã". 

- Jornal "Ultimo Segundo". 


Porque este dia não "coincidiu" como a profecia do Zôhar Sagrado? Porque Roma mexeu inúmeras vezes no calendário solar acrescentando e decrescendo dias a fim de adaptá-los aos seus dogmas religiosos. Mas, na sexta-feira, dia 8 de março o conclave foi marcado para o dia 12, dia no qual o cometa estava em máxima aproximação do Sol realizando a profecia do Zôhar Sagrado sobre os Arautos da Era Messiânica, mas, outra estrela (cometa) se tornaria visível neste mesmo ano e se você prestar atenção verá que o Zôhar está aludindo a duas estrelas. 

Em hebraico "ha'Kochav ha'Zôhar (הכוכב הזהר)" resulta, em numerologia cabalista no valor igual a 270 e este, por sua vez, é o mesmo valor de "Kochav mi-Ya'akov (כּוֹכָב מִיַּעֲקֹב)" que foi como o mago de um só olho chamou a sua estrela quando vaticinou sua profecia. 

Duzentos e setenta dias depois do dia 7 de março quando todos se reuniram em Roma, o cometa Ison cruzou o Sol, no primeiro dia do Festival bíblico de Hannuká (25 de Kislev) chamado de "Festa da iluminação" e também de "A Festa do Messias". 

Bilaam (Balaão) viu a realização do seu vaticínio, o cumprimento da sua própria profecia? Sim, ele viu e este mistério você encontrará nas páginas do meu livro. Bem-vindos ao início da Era Messiânica. 



Autor
Deepak Sankara Veda 
Bän Mahëran Qadësh
Kalamus Elohai 
O Mistério Do Cometa.

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".