Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

terça-feira, 25 de junho de 2013

Criando & Transmitindo Nossos Mitos

Por Shim'on Hair

A revelação da Hagadah (Lenda) "mitologia" é um caminho para a perpetuação da sabedoria superior, Eliahú HaNaví foi um "personagem" da tradição, porem o seu mundo foi esclarecido por Hagadah (Hagadah é uma referencia alusiva anterior a Mitologia Grega). A Torah Oral (M'sh'nah Torah) têm Hagadot (Lendas) como parte de sua própria transmissão Divina.

O Adam (humanidade) sempre foi capaz de criar e transmitir suas próprias lendas Hagadot, devemos conscientemente criar e transmitir as lendas de uma tradição para esclarecer a realidade (Criação). As religiões oprimem as lendas, isso porque a religião (religare) não tem essência, têm apenas teologias, a essência está no "mito", quando nos apegamos à essência de uma religião, encontramos o "mito", em geral, esse "mito" já não faz mais parte da teologia da religião.

O Cristo (O piedoso e curador), O Sufi (O amante do Sagrado, do outro e do todo), O Mequbal (O recebedor da sabedoria superior). Todos foram "expulsos" de suas religiões. Ainda existem "religiões" que preservam a sua essência, mas em geral não se reconhecem mais como religião, se reconhecem como Mashiach (O iluminado. Desperto).

A iluminação é o retorno aos nossos "mitos", recriamos um Abrão e Sarah (Avraham, Chessed e Sarai, Gevurah), um Adão (Adam Kadmon, Homem Primordial), um Adão, Adam HaRishom (Primeiro Homem), um Deus de múltiplas manifestações (Nomes e Sefirot), caminhamos em busca (arqueologia espiritual) de uma essência e de toda uma tradição que foi enterrada (perdida) pela abstração do Adam incompleto, do homem incapaz de manter seus "mitos".

O Zôhar trata de Sodot HaHagah (A Essência da Alusão) é um exemplo de "criar mitos", é uma Hagadah Interior. O Zôhar tem revelações (as três grandes revelações, as Idrah) e o conhecimento (Da'at) do essencial alcançados por Sábios do Zôhar.

A expressão PaRDeS não é para destacar os opostos e distantes (descriminação intelectual), é para destacar os níveis de profundidade da Sabedoria Superior.


"TODOS NÓS SOMOS MESSIAS! ABANDONE A RELIGIÃO E SUA MALDADE E CONVERTA-SE À LUZ DA SABEDORIA ESCONDIDA DA TORAH!".

O Artesão Da Luz