Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Edüt Ha'Shamayim: O Testemulho Dos Céus


Jobar
A Sinagoga Do Profeta Elias

Em Sha'ar Ha'Gilgulim (Portão Das Reencarnações) em diversas Introduções, o Rabino Chaim Vital nos oferece diversos vestígios de que o Profeta Elias descansava no seio do seu mestre, o Rabino Isaac Lúria (Arizal) e, conforme me foi revelado e eu também compartilhei imediatamente após o segredo me ser aberto, parte da alma do Arizal era parte da alma do Ofanim Raziel, o anjo dos mistérios, o professor de Adam ha'Rishon no Jardim do Éden de Qédem. Eis aqui o me que foi revelado pelos céus nesta manhã: A razão secreta da ida do Rabino Chaim Vital para Damasco, na Síria, onde ele faleceu em 1620. 

Após o ocultamento da alma do Arizal em 1572 (5 be'av 5332), sua centelha se uniu à alma do Rabino Chaim Vital por Yibur (tipo específico de reencarnação que acontece com a pessoa ainda viva) e se atou a ele para sempre, e, esta foi a razão secreta de Chaim Vital proclamar, em Sha'erei Qedushá (Portais da Santidade): "Eu e o Ari somos um...". 

Quase no final de seu destino, Chaim Vital foi para Damasco, na Síria, para a Sinagoga de Jobar, o local de onde o Profeta Elias foi elevado aos céus, conforme lemos em Melachim Beit, capítulo 2, versículo 11: "Vay'yehi, hemá holchim haloch ve'dabër, ve'hinêh rakav-êsh ve'sussei êsh vay'pridú bein shenêichem, va'ya'al Eliahu ba'searáh ha'shamayim (וַיְהִי, הֵמָּה הֹלְכִים הָלוֹךְ וְדַבֵּר, וְהִנֵּה רֶכֶב-אֵשׁ וְסוּסֵי אֵשׁ, וַיַּפְרִדוּ בֵּין שְׁנֵיהֶם; וַיַּעַל, אֵלִיָּהוּ, בַּסְעָרָה, הַשָּׁמָיִם.) ." A tradução aproximada deste passuq é "E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.". 

Junto com a alma do Arizal anexada à centelha de Chaim Vital, estavam as faíscas do Eliahu (Sandalfon) e Raziel ha'Malach, o Ofanim, e por estava razão Chaim Vital foi para o local de onde Eliahu havia subido aos céus, na antiga sinagoga de Jobar, hoje destruída. O segredo, conforme me foi revelado nesta manhã, enquanto eu trabalhava no novo livro "Arizal - O Viajante do Tempo" está escondido por gematria na palavra "searáh (סְעָרָה)" traduzida no versículo para "redemoinho" e que eu compreendo melhor como "vórtice". 

A gematria miluí de "searáh (סְעָרָה)" é 336 que é a mesma de "Rabino Chaim Vital (רבי חיים ויטאל)" e este é o mistério sagrado da razão do porque Chaim Vital, plenamente desperto, consciente desse segredo, foi para Jobar, para devolver aos céus, as centelhas sagradas de Sandalfon e Raziel. Ele abriu o vórtice sagrado usando os Nomes Divinos, conforme está escrito "va'ya'al Eliahu ba'searáh ha'shamayim ( וַיַּעַל, אֵלִיָּהוּ, בַּסְעָרָה, הַשָּׁמָיִם) - e subiu Elias no vórtice aos céus.". A cada sete letras a partir da letra "ayin (עַ)" de "va'ya'al (וַיַּעַל)" descobrimos "ayin beit (עַ" בַּ)" e depois "ha'shamayim (הַשָּׁמָיִם)" ou seja "Ayin beit (72) dos "Nomes Sagrados" pois, "ha'shamayim (הַשָּׁמָיִם)" pode ser compreendido como "Shemim (Nomes Divinos)" porque o singular do Nome é "ha'Shem (הַשָּׁם)". 

Este foi o maravilhoso segredo divino que me foi revelado nesta manhã e dantes não havia sido aberto. Abençoado seja o Sagrado que revela os segredos através de Sua tara'á.


Autor
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi
Dipankara Vedas

O Artesão Da Luz