Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quarta-feira, 4 de abril de 2018

432: O SEGREDO DO IDIOMA DIVINO


Uma antiga lenda judaica diz que o mundo foi criado pelo Deus Único, através de "falas" e cantos que trouxeram os mundos à existência. As 22 letras hebraicas (27 com a 5 letras finais) em  combinações pré-determinadas foram usadas para realizar essa tarefa. Então, em essência, Deus criou o mundo e o universo inteiro através da música. As letras hebraicas foram os meios que canalizaram as forças físicas usadas na criação.

A língua hebraica é o Idioma Divino, o Codex da Criação. A sabedoria do Zôhar nos revela que, dois mil anos divinos antes de criar os universos, o Criador criou primeiro o Seu idioma Sagrado, o Codex Divino e com ele se alegrou durante estes dois mil anos divinos (730.500.000 anos terrestres) e, somente então, Ele deu inicio à Sua criação e o Zôhar descreve este processo narrando como cada um das letras do Codex Divino se apresentou diante do Sagrado oferecendo argumentos para que o Santo, abençoado seja Ele, inicia-se o Seu universo com ela e de como o Santo as foi rejeitando até que a letra beit (a segunda) entrou e forneceu o melhor argumento de todas e é por isso que a criação se inicia com ela, como lemos "Bereshit bará Elohim et ha'shamyim ve'et ha'aretz (בְּרֵאשִׁית, בָּרָא אֱלֹהִים, אֵת הַשָּׁמַיִם, וְאֵת הָאָרֶץ.) - Gênesis 1:1.

"Aquele que possui o conhecimento de como formar a combinação correta de sons hebraicos pode criar e destruir mundos ...."

A expressão "Idioma Divino" é, em hebraico, a "Lashon Elohai (לשון אלהי)" e como no hebraica as letras também são números (gematria) o valor numerológico de "Lashon Elohai" é igual a 432 e este valor em gematria é exatamente o mesmo de "Mispar Elohai (מספר אלוהי)" que significa "Número Divino". Creio que a maioria que acompanha as publicações da Sabedoria Escondida que realizo aqui sabem que meus instrumentos musicais são afinados em 432 hertz e nunca em 440 hertz. O valor 432 é a finação que conecta e que canaliza a luz divina. Já o valor 440 é a gematria (valor numerológico) da palavra "Mët (מֵת)" cujo significado é "Morte".

"Os teóricos da conspiração lhe dirão que essa sintonia perniciosa foi promovida pelos nazistas - Joseph Goebbels, principal propagandista do Terceiro Reich, impôs a sintonização de 440 Hz como parte de um plano hediondo para distorcer a consciência das massas. E as gravadoras podem estar em conluio com esses nazistas. "A indústria da música apresenta essa freqüência imposta que está" agrupando "as populações em maior agressão, agitação social psíquica e sofrimento emocional que predispõe as pessoas à doença física", afirma o Dr. Leonard Horowitz em seu artigo "Musical Cult Control (Fonte: https://www.thedailybeast.com/are-we-all-mistuning-our-instruments-and-can-we-blame-the-nazis)".

A afinação 440 hertz reverbera a morte, conecta com a energia de falência e canaliza destruição, e foi por esta razão, apensar de ter oferecido um argumento poderoso, a letra "Tav (ת)" que é a vigésima segunda do Codex Sagrado, foi rejeitada como instrumento para a criação do universo. O Zôhar nos revela que, o Divino, abençoado seja Ele, disse a ela: "Eu não vou criar o universo com você, Tav, pois você é a final na palavra "Mët (מֵת)". 

Aproveitando para instruir e com o coração ausente de preconceito mas, que se torna necessário para a instrução, devo comentar sobre o mundo religioso em si, onde seus músicos, que proclamam estar conectando pessoas com suas canções, usam a afinação 440 hertz, pois jamais, mesmo proclamando serem cheios do Ruach ha'Qodesh (Espírito Santo) foram instruídos pelo Divino que este tipo de afinação conecta e canaliza a energia da morte e, a implicação espiritual disto é perversa pois, ao invés de estarem conectando as almas com o Sagrado Criador do universo, estão conectando pessoas com o Adversário e canalizando morte e doenças, falência, etc. Eles estão conectando pessoas com a "Fúria do Satan" expressão esta que, em hebraico se diz "Aff Satan (אַף שָׂטָן)" cuja gematria é exatamente 440. A palavra "Aff" também significa "Nariz" ou como se diz no nordeste "Venta". O Zôhar nos aconselha dizendo "Se afastem daquele cuja a respiração está em suas ventas" indicando que não devemos andar ou nos associar com pessoas dirigidas pelo furor, pela raiva, pela ira. É comum no nordeste se dizer "Aff" que é o mesmo que "ai que raiva". 

441 Hertz
"וְתֵדְעוּ אֶת הָאֱמֶת וְהָאֱמֶת תְּשַׁחְרֵר אֶתְכֶם."
הַבְּשׂוֹרָה עַל־פִּי יוֹחָנָן

Há uma outra afinação que pode e deve ser usada na música para substituir a de 440 hertz que é a de 441 hertz. Em hebraico, o valor 441 é a gematria da palavra "Emet (אֶמֶת)" cujo significado é "verdade" ou "aquilo que procede da verdade" ou ainda "que é verdadeiro". Okay! podemos fazer a prova dos 9: 4+4+1=9.

Existem um universo dos sete universos mencionados no Zôhar Sagrado, que reverbera na sintonia de 432 hertz. Este universo é chamado "Tevël (תֵּבֵל)" e sua gematria é exatamente 432.

"Brame me louvor o mar em sua plenitude, e o Tevël e todos os seus habitantes (יִרְעַם הַיָּם, וּמְלֹאוֹ; תֵּבֵל, וְיֹשְׁבֵי בָהּ)" - Tehilim (Salmos) 98:7

Meu nome hebreu "Misha'Ël Ha'Levi (מישאל הלוי)" possui gematria igual a 432 que é duas vezes 216 que é o segredo do Santo Nome de 216 letras que é o segredo da ressurreição dos mortos. Quem canta, seus males espanta? Bem, isso depende da afinação, não é verdade? 

Autor
Bën Mähren Qadësh
Misha'Ël Ha'Levi
Deepak Sankara Veda​

O Artesão Da Luz