Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia

Curso: Manifestações Ufológicas EM Código Secreto Na Bíblia
O Velho Testamento bíblico e outras partes do livro sagrado estão repletos de alusões a avistamentos ufológicos e contatos com seres extraterrestres, como se verá neste curso, que dá continuidade ao ministrado pelo mesmo professor no ano de 2020. Há até mesmo ocorrências de abduções alienígenas nele descritas com clareza, como a do profeta Elias, que foi levado aos céus. Se lida com uma ótica moderna e interpretada com conhecimentos ufológicos, na Bíblia, principalmente em sua versão hebraica, há ainda inúmeras outras menções a situações inusitadas apresentadas em um código próprio, que hoje é estudado pela chamada Ufocriptologia, que o curso ministrado pelo rabino Misha’ Ël Há’ Levi, como também é conhecido Paulo Sergio Batalini, abordará. Clique na imagem para mais informações.

EU QUERO ACREDITAR

EU QUERO ACREDITAR
CRIPTO-EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA ALIENÍGENA NO PASSADO DA HUMANIDADE

Os Verdadeiros Anunnki

Os Verdadeiros Anunnki
A verdade jamais revelada sobre os Anunnaki

Novo Livro

Novo Livro
Duna - Uma Experiência Verdadeira

Os Ecos De Enoch

Os Ecos De Enoch
Página dedicada à criação online da Obra "Os Ecos De Enoch"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"

PROGRAMA "OS ARQUIVOS X"
Apresentado entre agosto e novembro de 2015. Clique na imagem!

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

O Vampiro Não Está Dormindo


Há muitos anos atrás li, claro, pela internet, um artigo que dizia que, durante o ocupação nazista, os homens da SS tinham viajado até a Romênia e lá, aberto a cripta de Vlad, o Empalador, e surpresos, a descobriram vazia. Fizeram isto sob o comando de Himmler. Se foi verdade, talvez, nunca saibamos. Mas o que é verdadeiro segue aqui:

Em Mishlei (Provérbios de Salomão) existe, no capítulo 30, um verso enigmático. Ele diz: "A sanguessuga tem duas filhas que dizem: Dá-me e dá-me. Estas três coisas nunca se fartam..."

לַעֲלוּקָה, שְׁתֵּי בָנוֹת-- הַב הַב: שָׁלוֹשׁ הֵנָּה, לֹא תִשְׂבַּעְנָה

 Provérbios 30:15

O verso original hebraico diz: "O aluká tem duas filhas que dizem: Dá-me, dá-me". Aluká (עֲלוּקָה) é o termo hebraico para "Vampiro". Em algumas traduções, os tradutores católicos escolheram a sanguessuga para o significado de Aluká e talvez, você que agora está lendo este artigo, seja tentado a concordar com os tradutores. Não tenha pressa, pois eu vou revelar-lhe algo que o fara olhar em outra direção.


Os versos anteriores dizem: "Há uma geração cujos olhos são altivos, e as suas pálpebras são sempre levantadas. Há uma geração cujos dentes são espadas, e cujas queixadas são facas, para consumirem da terra os aflitos, e os necessitados dentre os homens. A sanguessuga tem duas filhas: Dá e Dá. Estas três coisas nunca se fartam; e com a quarta, nunca dizem: Basta!".

יג דּוֹר, מָה-רָמוּ עֵינָיו; וְעַפְעַפָּיו, יִנָּשֵׂאוּ. יד דּוֹר, חֲרָבוֹת שִׁנָּיו-- וּמַאֲכָלוֹת מְתַלְּעֹתָיו: לֶאֱכֹל עֲנִיִּים מֵאֶרֶץ; וְאֶבְיוֹנִים, מֵאָדָם. טו לַעֲלוּקָה, שְׁתֵּי בָנוֹת-- הַב הַב: שָׁלוֹשׁ הֵנָּה, לֹא תִשְׂבַּעְנָה; אַרְבַּע, לֹא-אָמְרוּ הוֹן.

Provérbios 30:13-15

Note que eu marquei algumas letras dentro dos três versos citados acima e se você juntá-las no sentido da esquerda para a direita vai descobrir um nome: Vlád Terceiro!


O nome está soletrado dentro destes três enigmáticos versículos a cada 39 saltos equistantes e não há apenas este segredo. No final do verso 14 diz "dentro à humanidade (מֵאָדָם)" que foi traduzido ou ganhou este significado a partir do termo "me-adam (מֵאָדָם)" que é literalmente "homem" e se seguirmos deste termo para frente temos "me-adam la'aluká shét (מֵאָדָם לַעֲלוּקָה, שְׁתֵּ)..." cuja tradução é "de homem para vampiro se transforma..."


Você ainda poderá questionar, mas, lembre-se: O verso não apresenta apenas a palavra "Aluká (vampiro/sanguessuga) mas também o nome deste vampiro que é Vlad! Na tabela criptográfica acima você pode ver "Vlad" cruzado por "de homem para vampiro se transforma...". A palavra "Shet (שְׁתֵּ)" vem do hebraico bíblico e significa "substituir" como em Gênesis capítulo 4:

"E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela deu à luz um filho, e chamou o seu nome Shet; porque, disse ela, Deus me deu outro filho em substituição a Abel..." 

וַיֵּדַע אָדָם עוֹד, אֶת-אִשְׁתּוֹ, וַתֵּלֶד בֵּן, וַתִּקְרָא אֶת-שְׁמוֹ שֵׁת: כִּי שָׁת-לִי אֱלֹהִים, זֶרַע אַחֵר--תַּחַת הֶבֶל, כִּי הֲרָגוֹ קָיִן.

Gênesis 4:25


O Vampiro Existe e ele não está dormindo


Autor
Bën Mähren Qadësh
Dipankara Vedas

O Artesão Da Luz